Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (3 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading ... Loading ...

Ah, jovens e sagazes bebedores, como foram de Carnaval? Ainda sobre o leve torpor do álcool? E como foram os relacionamentos, muitos amores de verão? Ressaca eu sei que vocês não tiveram, pois vocês leram meu artigo de como evitar a ressaca no carnaval

Afrodisíaco, beleza, nome legal, mas é de comer?

Estátua de Afrodite contra o sol

Afrodite, Afrodisíaco… Ahnnn

Créditos: Oleg Milyutin

A palavra afrodisíaco tem origem no grego aphrodisiakós, relativo ou pertencente à afrodisia, que restaura as forças geradoras, ou excita o apetite carnal. E se lermos um pouco de Filosofia, verificamos que existiu uma deusa que provocava este apetite nos homens, Afrodite (Venus do Latim), a deusa grega do amor e da beleza.

O nome dela então passou a ser usado em relação aos assuntos amorosos. Hoje em dia a palavra “afrodisíaco” é usada com o significado de algum processo que ajude a melhorar o desempenho nas relações sexuais. Partindo daí, podemos dizer que as bebidas afrodisiácas, são verdadeiros elixires do amor.

Boa, mas isso deveria fazer o que?

Coruja com um olhar de questionamento

Mas faz o que esse negócio aí?

Créditos: Henrik Nilsson

Antes que possamos dizer que determinado produto funcione, precisamos entender o que ele teria que fazer para funcionar. No caso dos afrodisíacos: o que acontece no corpo e no cérebro quando estamos sexualmente excitados? Tanto para homens quanto para mulheres, tudo se resume em hormônios, sobretudo a testosterona.

Ou seja, nosso impulso sexual é controlado pelos níveis hormonais, com a testosterona sendo o carro-chefe. Se houver desequilíbrio, as coisas não funcionam como deveriam. Quando há equilíbrio, tudo se encaixa perfeitamente.

Uma reação em cadeia tem início quando vemos, ouvimos, sentimos, pensamos, tocamos, cheiramos ou de outro modo nos deparamos com alguma coisa sexualmente estimulante. O processo é mais ou menos assim: primeiro, os sinais são enviados do lobo límbico do cérebro, através do sistema nervoso, até a região pélvica. Esses sinais fazem com que os vasos sangüíneos se dilatem. Essa dilatação gera uma ereção (tanto em homens quanto em mulheres – os tecidos eréteis femininos ficam no clitóris e na região que circunda a entrada da vagina). Os vasos então se fecham para que os tecidos eréteis mantenham a ereção. Essa ereção é acompanhada por freqüência cardíaca elevada. Ao mesmo tempo, o cérebro libera noradrenalina e dopamina, neurotransmissores que comunicam ao corpo que essa reação é boa e agradável.

Se não tivermos testosterona suficiente, o interesse pelo sexo pode diminuir. Além disso, o estresse, a fadiga e a depressão também podem causar impacto sobre o interesse sexual.

fonte: HowStuffWorks

Então o que é preciso para uma bebida afrodisíaca?

Mulher nua com uma maçã escondendo a vagina

Ingrediente Secreto?

Créditos: Giovanni Teti

Podemos partir do princípio que para estimular nosso corpo de forma sexual, precisamos provocar alguns sentidos / sensações, certo? E além disso, há substâncias químicas / alimentos que podem ajudar no processo, como:

  • Zinco
  • Feniletilamina e Serotonina (sensação de prazer / felicidade)
  • Capsicum (principio ativo da pimenta, aumenta o metabolismo e a circulação periférica)
  • Álcool (em quantidades moderadas, reduz a timidez e aumenta a circulação periférica)
  • Mel (rico em boro, que ajuda a metabolizar o estrogênio e vitaminas do complexo B que ajudam na produção de testosterona)
  • Manjericão (aumenta a circulação periférica)

E que tal algumas receitas?

Fora algumas receitas que você encontra no nosso artigo de dia dos namorados, seguem mais algumas:

Caipirinha Afrodisíaca

  • 40mL de cachaça ou vodka
  • 1 caju fatiado
  • 1 colher-de-chá de gengibre ralado
  • 2 colheres-de-chá de polpa de maracujá
  • 3 morangos
  • 1 pimenta dedo de moça sem as sementes
  • açúcar e gelo à gosto

Modo de preparo da Caipirinha Afrodisíaca

Macere o caju, o morango, o gengibre, a pimenta e o açúcar e depois misture com o gelo e a cachaça /vodka em uma coqueteleira. Adicione a polpa de maracujá e sirva.

Tesão

  • 20 mL  de vodka
  • 1 colher de sopa de amendoim torrado
  • 2 colheres de leite condensado
  • 10 ml de catuaba
  • calda de chocolate e gelo picado

Modo de preparo do Tesão

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva.

Elixir Afrodisíaco

  • 50 g de açúcar mascavo
  • ½ colher de canela
  • ½ colher de hortelã
  • ½ colher de noz moscada
  • ½ colher de cardamono em pó
  • 1 cálice de licor de curaçao

Modo de preparo do Elixir Afrodisíaco

Misture todos os ingredientes em uma coqueteleira. Preencha a metade de um copo com água fervente e o restante com a mistura. Decore com cascas de limão e sirva.

Finalizando

Morango mordido

Hmmmm que delícia

Créditos: Kim Hopf

Na verdade, sabemos que há substâncias que ajudam a deixar as situações mais propícias para o seu ápice, mas como conclusão eu diria que não há afrodisíaco melhor do que os nossos próprios sentidos. Poder sentir a pele, ou uma roupa delicada com as mãos, sentir o cheiro de um bom perfume, o gosto e a textura de uma boca tocando a outra, ouvir palavras quentes sussurradas, e olhar silhuetas dançantes a meia luz? Se você souber juntar essas táticas com as substancias acima, ninguém te segura!

Sobre o Autor

Desenvolvedor e entusiasta de novas tecnologias. Amante de gadgets, cerveja, whisky, video-games geringonças de última geração e incrédulo em relação ao poder de auto-destruição dos seres humanos. Explico facilmente o que não entendo com técnicas duvidosas e teorias mirabolantes.