Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 6.60 out of 10)
Loading ... Loading ...

Fala galera! Muito bom estar com vocês aqui toda quinta e ainda deixar sua vida com um gostinho de quero mais. Como de costume, sempre trago histórias do meu cotidiano com a #EquipePdB e essa começa com um pastel de cachaça.

A história do QG e pastel de cachaça

Porção de pastel de cachaça

Créditos: Bier Hoff

Quando o antigo QG (Quartel General) da #EquipePdB era na Glória. Todo domingo rola a famosa feira livre da Glória. A Equipe ia praticamente todos os domingos para a feira, mas claro, nem sempre pra comprar frutas e legumes, pois acordávamos meio ressaqueados/bêbados. Por isso, nossa primeira parada era na barraca do pastel com caldo de cana/garapa.

Quase a nossa igreja, íamos tomar um caldo de cana e comer vários pastéis para curar a ressaca. E era assim, quase sempre, os nossos domingos. E com esse saudosismo que começamos nossa receita hoje, que é uma variação do pastel tradicional, só que é um pastel de cachaça.

Ingredientes do pastel de cachaça

Porção de pastel de cachaça

Créditos: Ivam Grambek

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chá de óleo
  • 1 colher de sopa sal
  • 1 ovo
  • 1/2 dose de pinga
  • 1 colher de chá vinagre
  • 250 ml de água

Modo de preparo do pastel de cachaça

  1. Misture os ingredientes em uma tigela e amasse com as mãos
  2. Sove bem a massa sobre uma superfície lisa enfarinhada
  3. Utilize um rolo para esticar a massa e deixá-la na espessura desejada
  4. Corte a massa no tamanho que quiser fazer os pastéis
  5. Recheie e frite em óleo bem quente.

Você pode rechear com o que você quiser, fica a seu critério. Use muçarela, ou carne moída, ou frango com catupiry, mas eu recomendo rechear o pastel de cachaça com carne seca, fica bom pra “carai”.

E pra beber com o pastel de cachaça?

Pastel com caldo de cana

Créditos: Mariana Montenegro

Olha, serei sincero e pela primeira vez vou recomendar um caldo de cana junto com esse pastel, pois ele já leva cachaça na massa, então já está no ponto. E é bom porque já ajuda quase que instantaneamente a curar a ressaca :)

Finalizando

E sabe como acaba essa história que eu estou te contando hoje? Depois que acabávamos de comer e fazíamos nossas compras, passávamos na banca de peixe, aí sempre tinha alguém (eu) que falava que queria comer sardinha na brasa.

Por coincidência o dono do bar debaixo do QG não cobrava a gente pra fazer o peixe, apenas tínhamos a árdua tarefa de mandar algumas cervejas. Imagina como que acabava o domingo?

Isso mesmo amigo, até semana que vem. Fiquem bem que agora vou tomar mais uma..

Damásio traz mais uma ai!

Sobre o Autor

Rei Glutão por natureza, adora comida e bebidas (principalmente os destilados), ama feiras, bares e afins... Se aconteceu alguma merda, na dúvida a culpa é dele. Um ogro bebedor e cozinheiro de primeira.