Latas da cerveja Antarctica congeladas

Cerveja quente, e agora? Como gelar bebidas rapidamente?

“O Papo de Bar explica alguns métodos para gelar sua cerveja em menos de cinco minutos: usando gelo, sal e álcool, usando nitrogênio líquido e usando extintor de incêndio de CO2. Confira a melhor forma!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (25 votes, average: 9.36 out of 10)
Loading...

Mais uma terça, e mais ciência no botequim! Estou adorando a maneira como vocês têm interagido com os meus posts.

Vamos ser honestos né? Tudo fica bem mais interessante quando deixa de ser mágica e vira ciência.

Como gelar bebidas rapidamente

Latas da cerveja Antarctica congeladas

Justamente por isso, vou falar de um assunto mais do que batido, mas com um outro enfoque: Como gelar bebidas? Ou alternativas não convencionais de se consumar o ato 😉

Vou começar falando de uma experiência que rolou a um certo tempo aqui na grande rede. Acomode-se na cadeira que vai começar o Mundo de Beakman.

Gelando cerveja com gelo, álcool e sal

Para a primeira experiência você vai precisar de:

  • Isopor
  • Gelo escama
  • Sal
  • Álcool líquido
  • Água

Modus Operandi:

Garrafa de cerveja gelada

Créditos: Eden Brackstone

  1. Forre o fundo do isopor com uma camada de gelo escama, disponhas as latinhas sobre o gelo e coloque uma nova camada de gelo sobre as latinhas.
  2. Agora coloque meio quilo de sal, por cima de tudo, espalhando por cima do gelo e depois meio litro de álcool, por cima do sal e do gelo.
  3. Despeje dois litros de água por cima de toda a mistura.
  4. Feche o isopor e aguarde 3 minutos.
  5. Lave as latinhas antes de beber, pois elas ficam salgadas.

Entendendo o processo

O ponto de fusão da água é 0 ºC, o que quer dizer que até que toda água se torne gelo, ou todo gelo se torne água, a temperatura da mistura fica em 0 ºC  (quem mandou vocês fugirem das aulas de calorimetria no ensino médio?)

Quando você adiciona sal na mistura, o ponto de fusão pode descer até algo como -18 ºC, ou seja, a temperatura da mistura vai ser muito mais baixa do que os 0 ºC anteriores.

Para um cubo de gelo derreter e virar líquido, ele executa um troca térmica com o ambiente em questão, reduzindo assim a temperatura de toda a mistura. O álcool serve para acelerar e manter o processo ativo, pois o sal perde um pouco sua eficácia abaixo de 10 ºC.

Detalhe importante: Não deixe passar muito de 3 minutos, ou suas latinhas podem congelar 😉

Segunda experiência: Gelando sua cerveja com um Extintor de Incêndio de CO2

Bombeiros apagando fogo com extintor

Cerveja muito quente, vamos gelar

Créditos: Steve Ziegler

Você só precisa de um extintor de incêndio de CO2, simples assim 😉

Modus Operandi:

  1. Aponte um extintor de dióxido de carbono (CO2) para um engradado de garrafas.
  2. Aperte o gatilho, filme tudo e mande pra nós! 😉

Entendendo o processo:

O dióxido de carbono armazenado no extintor de incêndio, está sobre uma altíssima pressão e no estado líquido. Ao sair do seu recipiente o líquido é violentamente expelido pelo bocal, na forma de gás.

O processo pode ser explicado pela primeira lei da termodinâmica, onde o gás, ao ser expelido, sofre um aumento rápido de volume, de modo a não trocar calor com o ambiente, tendo consequentemente uma diminuição de temperatura.

Detalhe importante: Não use extintor do tipo pó químico. Ele é tóxico!

Terceira experiência: Gelando sua cerveja com Nitrogênio Líquido

Cerveja gelada com nitrogênio líquido

Gelaaaaada!

Créditos: Brock Boland

Você vai precisar de Nitrogênio Líquido (moleza)

Modus Operandi:

  1. Disponha as suas cervejas em um recipiente
  2. Despeje o nitrogênio líquido sobre as cervejas.
  3. Retire as cervejas após aproximadamente 1 minuto.
  4. Detalhe importante: De maneira nenhuma toque o nitrogênio, pois você poderá sofrer graves queimaduras.

Entendendo o processo:

O nitrogênio líquido, é usado na maioria das vezes na Criogenia, visto que sua temperatura é de – 196 ºC. Quando em contato com outra superfície, ele inicia um troca de calor, “roubando” e diminuindo a temperatura do outro corpo.

Finalizando

Então, viram só como dá pra aplicar conhecimentos físico-químicos até mesmo no churrasco do fim de semana? Tenho certeza que muitos de vocês vão experimentar um ou outro método desses.

Gostaria de ouvir o relato de vocês nos comentários. Mandem brasa 😉

Abs.

Você também gostará desses

Gelo inteligente, pois somos bêbados high-tech Nossa equipe de ciência e tecnologia, mais uma vez traz o que existe de mais novo e curioso no universo das bebidas. Você não pode perder os cubos de ...
Gelando Cerveja rapidamente: nova técnica com guar... Aprenda a gelar a cerveja de uma forma muito rápida e simples, usando somente papel toalha, a lata ou longneck de cerveja (óbvio) e água. Sim, só isso...
Formas de gelo para quem tem estilo Gelos para quem tem estilo, nada de simples cubos sem graça, agora você pode fazer seus drinks utilizando os gelos com desenho de osso, caveira, guitt...
Viapp, um review para te botar na boa Viapp, uma mão na roda pra fazer das suas saídas um sucesso. Compra de ingressos, agenda, marcar amigos no Facebook, tudo que você precisa para sair!...
Spin Chill, mais uma maneira de gelar bebidas Você já ouviu falar no Spin Chill!? Não!? Então prepare o seu bolso, pois esse invento promete gelar latinhas de bebidas em até 1 minuto.
Como pedir cerveja em outros países? Como pedir cerveja em outros países? Muito simples com esse aplicativo que vamos mostrar para vocês! E no fim do artigo ainda tem um resumão, corre lá...

Compartilhe:

  • Carlos Eduardo

    Bem interessante.

    Já vi questionarem essa primeira camada de gelo no fundo.
    Além disso, já vi usarem sal grosso nesse processo.
    Algum comentário sobre essas práticas?

    • Sal grosso, eu não recomendo, pois ele vai demorar bem mais a se misturar completamente com os outros ingredientes, atrasando assim o processo. Quanto ao gelo, a mistura vai estar na sua forma mais fria enquanto estiver em processo de fusão. Jogando o ponto de fusão para baixo, com o sal e o álcool, é necessária uma quantidade boa de gelo para evitar que toda a mistura se torne apenas líquida, finalizando assim a fusão e voltando a subir com a temperatura.

  • Renan

    A primeira funciona sim,sempre que ia ao mercado pedia um pouco de gelo na peixaria e fazia o resto do processo em casa e sempre foi sucesso! 🙂

    • É fenômeno essa técnica aí…

      E aguarde o post de amanhã!
      Dicas matadoras para gelar a cerveja com menos trabalho ainda!

      • Théo Fazzio

        Aguardo ansioso! Sempre preciso desses recursos.

  • Pingback: Gelando Cerveja rapidamente: novas técnicas › Papo de Bar. Sua revista oficial sobre Bebidas Alcoólicas.()

  • Giovani

    Alcool combustivel (Etanol) + sal grosso
    Não é o ideal, mas numa situação extrema quebra o galho. Demora em torno de 7-10 minutos pra gelar bem, mas funciona.

    PS: meio que obrigatório lavar as latas, pois o etanol é toxico

    situaçao extrema: aquele churras de ultima hora, onde trazem cerveja que tiraram da prateleira do mercado. E sempre existira entre os presentes um conhecido com carro flex, retira a braçadeira da mangueira do retorno de combustivel ao tanque e está aí o alcool.

  • Pingback: RetrosBebitiva 2012: a Retrospectiva etílica 2012 do PdB › Papo de Bar. Sua revista oficial sobre Bebidas Alcoólicas.()

  • Alexandre Campagnani

    Pra mim o melhor jeito de gelar é com o SuperCooler.. Olha ai http://www.spinchiller.com.br