Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 9.00 out of 10)
Loading ... Loading ...

Talvez você tenha visto qualquer dia desses em alguma rede social, blog ou site uma garrafa interessante da Heineken que simula um tijolo. Alguns falando que seria uma boa ideia, bem interessante, etc, etc. Mas acreditem, essa ideia é real e já existiu tempos atrás.

Heineken Wobo, uma ideia construtiva

Garrafa tijolo da Heineken

Fodástica, não?

A ideia foi do nobre holandês Alfred Heineken, lógico. Por volta da década de 60 ele lançou uma edição limitada de um modelo de garrafa quadrada, que fugia totalmente aos padrões dos engradados de cerveja. E com uma ideia fora do comum: transformar a garrafa útil na construção civil, substituindo tijolos.

Tijolo de vidro? o.O

Mais ou menos isso. Chega até a ser um pouco engraçado, mas achei interessante. E o mais legal é a época que tiveram a ideia, antes dessa onda de sustentabilidade, etc, etc. Desde muito tempo atrás as pessoas já pensavam em novas utilidades para os objetos, como a garrafa de cerveja.

E a ideia era a garrafa ter o formato de tijolo mesmo, para serem reaproveitadas, depois de gastas bebendo, em alguma construção.

De onde ele tirou essa ideia?

Garrafas Heineken Wobo

Créditos: Andrew Gray

Numa viagem que o modafoca fez pra ilha caribenha de Curaçao, onde ele viu muitas garrafas jogadas fora, sujando as praias, ficando com um aspecto horroroso. Como se não acontecesse hoje né. Mas pelo menos alguém pensou em algo que pudesse mudar isso.

E isso acontecia também pela falta de grana pra levar de volta os engradados para as plantas de engarrafamento. Fora que na época o tijolo era foda de ser encontrado, estava em baixa por causa dos preços, fazendo com que as classes mais baixas ficassem sem condições de construírem suas residências, etc.

Pondo a ideia em prática

Parede de tijolo feito com garrafas de Heineken

Com a ideia em mente, o nobre empresário contratou um arquiteto holandês  chamado John Habraken para auxilia-lo na ideia de criar a tal garrafa tijolo boladona.

Tempos se passaram, por volta de três anos para que o projeto finalmente ficasse pronto. O modelo final levou o nome de Wobo. Não me perguntem o porquê desse nome, mas até que achei interessante :)

Os dois correram atrás de tudo o que era possível para substituir os tijolos pela garrafa, barateando os custos de uma construção para os mais pobres, por exemplo, os engradados tinham o formato adequado para se encaixarem uns aos outros, reduzindo assim o uso de argamassa.

E funcionavam mesmo? A ideia deu certo?

Pelas histórias contadas, sim, as garrafas conseguiam exercer a função dos tijolos perfeitamente. Com mil garrafas Wobos dava pra construir uma casa com 33 metros quadrados. No ano de lançamento, 1963, a Heineken produziu cem mil Wobos com tamanhos diferentes: 350 e 500 mm, tornando o uso mais eficiente.

Construção feita com a Heineken Wobo

Agora, dar certo não deu, pois hoje não vemos a garrafa. Apesar de ser inovadora,fodástica, elas não conseguiram dar continuidade e achar uma garrafa dessa é uma raridade. Você consegue achar com colecionadores e no museu da cervejaria a na Holanda. E ainda é possível ver duas construções feitas com essas garrafas localizada na propriedade da Heineken, na Holanda, provando que isso não é kaô.

Finalizando

Olha, até achei interessante, mas fico imaginando aqui o quão resistente esse material precisaria ser, porque vidro é bem frágil. Imagina um pedaço de árvore caindo, ou algo acontecendo nas garrafas de base, nas três primeiras linhas. Imagina quebrando e fazendo a sustentação ficar meio comprometida.

Ae imagino também a garrafa ser resistente a tudo isso. Imagina jogar uma porra dessa na cabeça de uma fdp? Mata o malandro.

E vocês, já viram alguma dessa? O que acharam? Será que vingaria se fosse relançada hoje?

Sobre o Autor

Apenas mais um modafoca apaixonado por uma cerveja artesanal de qualidade. É o que comanda todo mundo por aqui, mas nem por isso deixa de ser modafoca e bater um papo de bêbado.

  • Rodrigo

    A ideia é bacana e interessante.
    Ao meu ver é perfeitamente plausível que as garrafas sustentem o peso de uma construção (senão o arquiteto que bolou o formato não teria assinado o projeto). Outro bom uso de garrafa que, neste caso, é uma de Jack Daniel´s:
    (Assista até o final pq vale muito a pena!)
    http://www.youtube.com/watch?v=bWpK0wsnitc

  • Flavio

    Com cerveja tudo se resolve. Ótima ideia.