12 Regras de bebidas para Roommates

“Morar com roommates é uma alegria, companhias sempre, bebidas, amizade, dentre outros pontos positivos. Veja algumas regras etílicas pra quem mora com roommates.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (6 votes, average: 8.17 out of 10)
Loading...

Recentemente eu resolvi morar com os meus colegas do PdB. Não todos, claro, mas digamos que com o núcleo. Morar com amigos é um barato: temos cia todos os dias, as conversas são descontraídas e a amizade só aumenta. Mas não pensem que é só alegria.

Roommates nem sempre são bons a todo tempo

Se morar com cônjuges já é difícil, imagine os problemas que encontramos ao dividir uma casa com os amigos? São opiniões divergentes, discordâncias sobre com o que deve-se gastar dinheiro, comida que um compra e os outros comem… Mas neste texto, vamos focar apenas nas bebidas. Sim! Se tem problemas com comida e faxina, imaginem com as bebidas quando todos os roommates da casa são apreciadores?

Roommates brigando

Créditos: dailycollegian

Pensando nisso, trago-lhes as Regras de Bebidas para Roommates. São regras valiosas, que vão deixar o seu dia-a-dia bem mais tranquilo.

1- Cerveja barata é semelhante à água de torneira.

É um free-for-all , mas todos devem ajudar a pagar a conta de água .

2 – Boa cerveja é diferente.

De um modo geral , você pode beber uma, talvez duas, sem pedir. Mais que isso é crime inafiançável.

3 – A regra da última cerveja é inviolável.

A última cerveja de é sempre de quem comprou.

4 – Você não pode retirar o selo da garrafa de uma boa bebida do um companheiro de quarto.

Só ele pode abrir a garrafa. Isso garente que ele também vai beber. É um jogo justo. Uma vez que ele abriu, você pode beber a vontade.

5 – Você tem o direito de esconder aquela bebida cara dos seus companheiros de quarto.

Foi um presente ou você pagou caro pela bebida. Provavelmente é uma das suas preferidas. Não existe nehuma obrigação em dividi-la com os seus amigos.

6 – Um sistema onde colegas de quarto fazem uma peregrinação semanal à loja de bebidas para dividir a conta é completamente justo.

Meninas roommates bebendo juntas

Créditos: salovinger

No entanto, o companheiro de quarto que odeia whisky e adora jager pode acabar se sentindo enganado. Os gastos devem ser justos.

7 – Um sistema de mercado livre, onde colegas de quarto compram o que eles quiserem (e cada um beba a sua bebida) é muito conveniente.

Mas se você tá duro, não vai beber nada.

8 – Não pense que o seu companheiro de quarto vai ficar impressionado com seu magnífico talento beber uma garrafa inteira de bebida em uma única noite.

É semelhante a dizer que o sujeito tinha que bater com o carro para ganhar o prêmio semanal de destruição de carros.

9 – Uma colega de quarto não pode ser responsabilizado por quebrar alguma coisa enquanto estava bêbado , desde que o proprietário do objeto também esteja bêbado.

Enquanto vocês dois estão no campo de jogo , é uma falta de equipe.

10 – Obtenha um porquinho para grana de bebidas.

Um porquinho qualquer recipiente que pode conter moedas. No final do dia, as moedas nos bolsos de todo mundo vão para o porquinho . Quando o porquinho estiver cheio, é hora de beber. Isto serve para criar um objetivo comum e um senso de espírito de comunidade na casa.

11 – Quanto mais colegas de quarto na casa, menos estas regras serão seguidas.

Roommates de ressaca

Créditos: Hannah Lecours

Três ou mais colegas de quarto significa que você sempre pode culpar algum outro partido para seu comportamento vergonhoso.

12 – Toda e qualquer uma destas regras pode ser substituída por acordos de companheiros.

Uma lição de vida para lembrar: se você está jogando pelas regras, alguém provavelmente está fodendo você.

Concluindo

O que achou das regras? Teria mais alguma pra acrescentar? Diga e vamos discutir sobre 😉

Você também gostará desses

ENEB – o ENEM dos bares O ENEB, Exame Nacional da Experiência nos Bares, são algumas questões que devem ser respondidas para que o relacionamento nos bares seja sempre bom....
As 55 regras do PdB para bebedeiras Tudo na vida possui regras, inclusive a bebedeira nossa de cada dia. Confira as 55 regras do Papo de Bar para bebedeiras, seja de cerveja ou qualquer ...
Arte Moderna e cerveja: uma crítica diferente! Veja uma uma crítica diferente sobre o tema Arte Moderna e cerveja. Design de algumas latas pela visão do renomado Milton Glasser e Afonso Tresdê. Con...
FastRack: solução simples e genial para juntar gar... Conheça o FastRack, uma solução simples e genial de organizar as garrafas de cerveja vazias de um bar, casa, dentre outros. As garrafas são colocadas ...
Sobre as ressacas educativas Ressaca geralmente não são boas, mas nada como curá-las num bar no dia seguinte. Temos que beber pra esquecer e comemorar. Temos que ter ressacas educ...
Amor é cerveja, sexo é tequila. O que é o amor e sexo pra você? Veja a diferença entre as bebidas, quais que têm mais a ver com o amor e quais que têm mais a ver com o sexo. Qual voc...

Tags:

Compartilhe:

  • Marcelo

    Depois de muito tempo dividindo, só posso dizer que estão falando besteira. Pra rolar boa convivência tem que rolar respeito, principalmente no que diz respeito ao que é propriedade alheia. Se não foi comprado em conjunto, quer dizer que você não tem o direito de chegar e se servir. Se eu abro um uma garrafa, e quero dividir, convido as pessoas. O fato dela estar aberta depois não quer dizer que está pra jogo. Chegar e encontrá-la pela metade não é legal.

    • Concordo e discordo de você Marcelo.

      É que cada grupo de amigos vive de uma certa forma, essa é a maneira com que vivemos aqui, e essa são as regras que melhor funcionam pra nós, pois somos quase amigos de infância. Mas concordo que é chato você chegar e não ter a bebida que você comprou, por isso a regra do selo…