Urso de pelúcia com camisa do Brasil

A Triste História do Homem Bem Dotado: Último Capítulo

“Último capítulo da novela etílica: A Triste História do Homem Bem Dotado. Moya vira ator de filme pornô e protagoniza tanto com mulher quanto com gays. Confira o final trágico.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (3 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...
468x60 - Acessorios

A proposta foi feita pelo empresário:

  • – Já pensou em fazer filmes pornográficos?

Eu aceitei a proposta. É desse ponto que minha vida mudou de rumo, como se ela fosse torta para a esquerda. Apesar de, na verdade, fazer a curva para a direita.

De pequenas a grandes produções

Mulher horrorosa

Cruzes...

Créditos: Lucas Mendes

Eu comecei com pequenas produções, com mulheres mais ou menos bonitinhas, desconhecidas, e tudo filmado em quartos de motéis da Avenida Brasil ou em sítios de produtores.

Depois, fiz pequenas cenas de sexo em filmes de outros famosos. Como não sou ex-BBB, global ou grande o suficiente para ser protagonista dos filmes heterossexuais, tive que mudar de público alvo.

Veja bem…

Entendam o meu lado: cada filme desse me rendia um cachê maior que o salário de um ano inteiro de um advogado contratado. Dinheiro bom mesmo. Mudando o público alvo, meu cachê era o dobro.

Em nome do enriquecimento, aceitei a nova proposta. Se a honra já estava no fim, agora, nem esperança eu tinha.

De alguma forma, ser loirinho, peludo, olhos verdes, um verdadeiro “ursinho”, me fez famoso nas gravações de filmes gays. O sucesso veio rápido e internacional.

Ursão brasileiro

Urso de pelúcia com camisa do BrasilCréditos: Julia P

Não era difícil gravar. Umas pílulas para ajudar no levantamento de peso solucionavam minhas questões. Na cabeça, de cima, só pensava em mulheres gostosas, enquanto a de baixo fazia o trabalho sujo.

Itália, Estados Unidos, México, Japão, Argentina… Eu fazia o lançamento dos meus filmes nas feiras eróticas de todo o mundo. Eu era o “Bearman from Brazil”. Autógrafos, flashes e propostas de serviços “caseiros” tornaram-se no meu dia a dia.

O final poderia ser feliz, mas a família não permitiu. Meu pai, minha mãe e a minha irmã não perdoaram. Fui abandonado, desertado, tornei-me num bastardo.

Como o ritmo era frenético, precisava beber muito café e comecei a fumar. Misture isso com doses cavalares de estimulantes sexuais e minha carreira teve seu fim:

Fiquei broxa.

Homem assustado

Ai meu Deus...

Hoje, um ex-ator pornô, Bacharel em Direito trabalha num posto de gasolina. Para ajudar nas contas, aos sábados, sou gogo-boy numa boate na Lapa.

De vez em quando, um fã meu aparece e me faz uma proposta. Por necessidade, eu topo, mas não dou garantia de satisfação e o dinheiro tem que ser pago com antecedência.

Até hoje invejam meu dote, mas não desejo essa maldição a ninguém. Só aos inimigos.

Você também gostará desses

A Triste História do Homem Bem Dotado: Capítulo 2... Segundo capítulo da novela etílica do Cara bem dotado. Por causa do seu "problema", ficou virgem até os 20 anos. Mesmo conhecendo seu primeiro amor, t...
A Triste História do Homem Bem Dotado: Capítulo 5... Quinto capítulo da nossa novela etílica. Armando começa a fazer fama depois da loira gostosa, participa de eventos, consegue bastante dinheiro. Mas po...
A Triste História do Homem Bem Dotado: Capítulo 3... Terceiro capítulo da saga de Armando. Agora é notícia em tudo quanto é lugar. Homens arrumam algum modo de rebaixa-lo enquanto as mulheres o desejam. ...
A Triste História do Homem Bem Dotado: Capítulo 4... Quarto capítulo da novela etílica A Triste História do Homem Bem Dotado. Armando vai pra mansão da loira maravilhosa, enche a cara de vodka e é arrast...

Compartilhe:

  • Tehf

    Poxa, que fim trágico 🙁

    • Mé do Moya

      A TRISTE História do Homem Bem Dotado. Se o fim fosse bom, eu seria o Dono do Bar.

    • Seria? Tem certeza? Cade a minha parte boa então? o.O uhauhuahuhauhua

      • Mé do Moya

        Todos sabemos que tu tá na moleza, nadando em dinheiro e comendo patê todo dia.

      • Tehf

        “Cadê a minha parte boa então?” HAHAHHAHAHA

        pensei besteirinha

        mas é verdade… dulça tá RYCO!

        ow e Mé do moya, pensa pelo lado bom da coisa, pelo menos vc tem um computador com acesso a internet pra poder compartilhar suas historias com a gnte! hahaha

  • douglas

    Até o capitulo 4 tava mto foda a história, a 5 foi fraca e essa fudeu de vez. Mas que venham outras histórias.

    • Mé do Moya

      Eu sempre faço essas cagadas.

  • Letícia

    Muito boa a história, que maldiçao hein .
    Bjos

    • Armando Moya

      maldição boa.

  • Carol

    Isso é verídico? :O

    • Armando Moya

      jamais trabalhei em posto de gasolina.