A Vodka e sua história

Ilustres camaradas de copo, como sabemos, existe uma grande discussão a respeito da produção de vodka ter se iniciado ou não na Rússia. Em razão de tal dúvida, este ébrio companheiro vem esclarecer algumas dúvidas a respeito do néctar dos Deuses admirados por muitos, degustado por milhares, seja com limão, puro, com gelo, suco, energético e etc, sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Sim, a vodka…

Nascimento da Vodka

gugu dadá…

No final da década de 70 as empresas russas produtoras de vodka foram ameaçadas de não mais poderem utilizar o nome vodka em suas bebidas sob o pretexto de que este nome (vodka) seria de uso exclusivo de companhias estrangeiras, uma vez que já produziam esta bebida há mais tempo.

Esta alegação se baseava em um decreto do governo russo de 26 de agosto de 1923 autorizando a produção de vodka naquele país, enquanto os outros países já a produziriam desde 1918. Entretanto, aquele decreto assinalava tão somente a permissão para a retomada da produção de vodka na Rússia, proibida desde 1917, ano da Revolução Russa, quando foi mantida a decisão dos governos czaristas de proibição de produção de bebidas alcoólicas desde 1914, durante a Primeira Guerra Mundial.

Esta questão foi resolvida e as indústrias estrangeiras renunciaram ao título de inventoras da vodka. Pouco tempo depois foi a vez da Polônia alegar a descoberta e o inicio de produção da vodka. Após a publicação dos estudos realizados pelo historiador russo William V. Pokhlióbkin em seu livro História da Vodka em 1991, parece ter sido reconhecida à condição da Rússia como inventora da vodka.

Afinal, quem inventou este monumento etílico afinal?

Vodka Russa

??????? ???? ?????!

No entanto, sempre permanecerá uma dúvida sobre a prioridade de um lado ou outro em uma região como o leste europeu. Esta região foi motivo de muitas lutas, conquistas e reconquistas por diferentes grupos políticos e sociais. Isto praticamente impede a identificação de um grupo étnico em particular como inventor da primeira versão da vodka.

Entretanto, “vodka” é indubitavelmente uma palavra nativa russa, cujo surgimento data do século XIV. Como bebida, o nome vodka foi reconhecido internacionalmente como um tipo de destilado.

Quando se analisam a terminologia e a cronologia, se vê que o termo “vodka” foi aplicado a produtos completamente diferentes.

O sentido atual da palavra vodka como o de uma bebida alcoólica forte é conhecido amplamente. No entanto, seu real significado em russo é simplesmente água (vodá, em russo), na forma diminutiva vodka (agüinha). Vodotchka, a outra forma diminutiva de vodá também foi associada a uma bebida alcoólica, porém sem uso comercial.

Os primeiros registros do termo vodka aparecem em dicionários publicados no final do século XIX e início do século XX já com seu significado de bebida alcoólica forte.

Supõe-se que o motivo pelo qual uma bebida alcoólica forte tenha recebido o nome de vodka (agüinha) se deva à importância que os russos davam à água proveniente de suas fontes e rios cristalinos, como base para a produção de todas as bebidas. Daí também porque outras bebidas destiladas no leste europeu terem recebido o nome de “aqua vitae” (água da vida). 1

Quem se importa quem foi o criador? Vamos brindar que tá valendo.

Vamos brindar

Um brinde certeiro a criação das Vodkas.

Por fim, não sei dizer se esse artigo poderá interessar a alguém, mas interessando ou não, já ficarei satisfeito se ao menos os leitores fizerem um brinde, ou que se empolguem e tome logo uma garrafa de vodá, Vodotchka ou como no popular vodka.

Um grande abraço!

Referências Bibliográficas:

  1. Classic Vodka – Nicholas Faith & Ian Wisniewski – 1997 – Prion Books.
  2. Little Book of Vodka Cocktails — 2000 – Ed. Hamlyn – Octopus Publishing Group Limited.
  3. The Book of Gins & Vodkas – Bob Emmons – 2000 – Ed. Open Court Publishing Company.
  4. The Vodka Companion – A Connoisseur’s Guide – Desmond Begg – 1998 – Running Press.
  5. Uma História da Vodca – W.V. Pokhlióbkin – 1995 – Ed. Ática.
  6. Vodka – Robert Von Goeben & Bill Milne – 1999 – Friedman/Fairfax Publishers.
  7. Vodkas of the World – Gilbert Delos – 1998 – Wellfleet Press.
  8. Vodka – Discovering, Exploring, Enjoying – Ian Wisniewski – 2003 – Ryland Peters & Small.

1 http://www.clubedavodka.com.br/historia_da_vodka1.asp

Você também gostará desses

Como conservar sua vodka Aprenda a conservar sua vodka. Onde guardar, o que fazer, o que não fazer, aprenda tudo sobre a conservação da vodka neste artigo esclarecedor.
Brigadeiro de caipirinha Toda mulher ama brigadeiro, chocolate em geral. Mas e que tal um brigadeiro sabor... CAIPIRINHA? Sim, essa receita existe, veja aqui como preparar o m...
Fazendo amigos bebendo leite Imagina você bebendo um Jack Daniel's direto numa caixa de... LEITE! Exatamente isso, o artista alemão Jörn Beyer criou um protótipo com algumas marca...
Amor é cerveja, sexo é tequila. O que é o amor e sexo pra você? Veja a diferença entre as bebidas, quais que têm mais a ver com o amor e quais que têm mais a ver com o sexo. Qual voc...
Ressaca: Toda felicidade tem seu fim Atire a primeira garrafa quem nunca teve uma ressaca. Toda bebida dá ressaca, mais umas dão mais que as outras. Veja aqui a lista e o porquê dessas be...
Absolut e o Open Film Project Já pensou ter seu nome nos créditos do próximo filme da Absolut!? Então, é o Open Film Project, um filme onde qualquer um pode colaborar com o que sab...