Garrafa da cachaça Musa

Aguardente Musa: Yes, nós temos bananas!

“Bate papo, praia, sol, cervejinha, paquera. Tudo pra uma noite perfeita. E pra melhorar, mulheres lindas que gostam e sabem sobre cachaça, especificamente da Aguardente Musa, feita de banana.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 8.60 out of 10)
Loading...

Praia dos Cavaleiros

Fala sedento!

Depois de uma dura e cansativa jornada de trabalho eu estava livre de novo. Aquela fora mais uma quinzena daquelas que, mesmo tendo o mesmo tempo, parece que demoram o dobro. Felizmente, chegou o dia do merecido descanso e eu não via a hora de aproveitar o que minha folga me oferece de melhor: sol, praia, cerveja, amigos, mulheres e cachaça.

Mulheres, bom tempo, bebedeira…

E dessa vez o sol estava rachando, a praia estava lotada de mulheres lindas e meus amigos estavam com o mesmo gosto por umas geladas que eu. Fomos até a Praia dos Cavaleiros, em Macaé – RJ e já arrumamos um lugar estratégico, bem de frente para as beldades que passavam pra lá e pra cá pela areia. Desceu a primeira cerveja. Brindes, conversa, tira-gosto (uma lula a dorê de lamber os beiços) e comentários a cada uma que passava e assim sucessivamente.

Praia dos Cavaleiros

Lá pelas tantas (cervejas), um grupo de cinco mulheres sentou na mesa ao lado. Todas bem bonitas, de biquininho, cabelos molhados, aquele cheiro de protetor solar e bundas daquelas que fazem sombra na perna sob o sol de meio-dia. Uma maravilha. Bobos que somos, os homens, já ficamos assanhados, fazendo poses e empostando a voz para chamar a atenção delas. Elas, conscientes do próprio magnetismo, nos atiçavam ainda mais jogando os cabelos e falando alto. Continuamos as conversas despretensiosamente até que eu ouvi uma delas pronunciar com aquela voz mais maliciosamente angelical que já ouvi: “Eu gosto mesmo é de cachaça.”

Mexeu comigo, mexeu com Deus…

Aquilo mexeu comigo! Como um presente de Deus, caiu, justo ao meu lado, uma mulher linda e cheirosa que ainda gosta de cachaça. Aquilo foi mágico. E ficou ainda melhor quando ela disse que havia experimentado uma “cachaça” muito suave, com um sabor incrível e que se ela contasse de que era feita, as amigas não acreditariam.

Garrafa da cachaça Musa[ /caption]

Na hora eu pensei: é agora que eu me apaixono. E ela completou: a “cachaça” (entre aspas porque a de banana é aguardente, já que a cachaça é só de cana-de-açúcar) era feita de BANANA. As fagulhas de felicidade ao encontrar o meu mais novo futuro ex-caso saltaram dos meus olhos. Não resisti e a cortei dizendo que sentia muito a intromissão (que mentira!), mas não pude deixar de ouvir a conversa e que poderia dar ótimas dicas sobre a cachaça e suas misturas.

A deliciosa Musa

Ela foi bem mais receptiva do que eu imaginava e começamos a conversar sobre cachaças, especialmente sobre a aguardente de banana, a deliciosa Musa. Produzida na cidade de Itajubá – Minas Gerais, é elaborada de banana-prata com processo semelhante ao kirsh (cereja) e é um sucesso. Com sua cor bem amarelada, uma textura macia, aroma bem pronunciado de banana mas longe de ser enjoativo e um sabor inigualável. Tem 40% de graduação alcoólica, mas não queima e desce bem macio. Coincidentemente, havia presenteado um dos amigos na mesa com uma garrafa um mês antes. Conversamos sobre receitas de drinks com a aguardente e eu ensinei a ela um coquetel muito bom, que eu chamo providencialmente de Musa:

Coisa linda de Deus...

Drink feito com a cachaça Musa

Isso sim é uma musa

  • 2 doses de aguardente Musa Ouro
  • 1 dose de suco de acerola adoçado
  • 2 doses de água tônica
  • 2 fatias de limão
  • 4 pedras de gelo

Trocamos várias receitas entre uma cantada e outra que eu dava, enquanto a conversa entre as amigas dela e meus amigos ficava cada vez mais animada. Tudo ficou tão bom que quando o meu amigo decidiu convidá-las para testar nossos drinks, não encontrou nenhuma resistência. Fomos à pé mesmo e a diversão continuou até o outro dia com conversas e ações cada vez mais acaloradas.

É, mais uma vez as boas companhias, a moderação e a agradável conversa me proporcionaram momentos inesquecíveis. E tudo fica melhor se você se mantém responsável para poder aproveitar mais depois.

Até a próxima.

Você também gostará desses

Drinks com cachaça: Rouge e Sagatiba Espelho Alguns drinks feitos com cachaça, agora é a vez do Rouge e Sagatiba Espelho, drinks leves e suaves, com frutas refrescantes, bons para serem tomados n...
Garota do tempo da Skol A Skol lança um gadget interessante com a previsão do tempo, de uma forma muito atraente e etílica, interações com os usuários, entre outros.
Petiscos dignos de um boteco Uma lista com ótimos petiscos para se comer durante uma cervejinha em qualquer boteco: frango à passarinho, batata frita, calabresa acebolada, carne s...
Pinga, cachaça, branquinha, marvada… Se você é chegado numa branquinha ou amarelinha, aprenda a degustar com categoria esse produto originalmente brasileiro, com classe e moderação!
O tipo de bêbada que você não precisa ser Algumas mulheres também deveriam refletir sobre seus modos após umas e outras que as transforma no tipo de bêbada que você não precisa ser.
Festas Juninas e suas bebidas típicas Saiba mais sobre as Festas Juninas e suas bebidas típicas. Elas possuem muitas comidas típicas, mas também possui ótimas bebidas etílicas típicas. Tan...

Tags:

Compartilhe:

  • As oportunidades existem pra gente aproveitar, né?

  • mulher beber cachaça é show de bola, mas conhecer cachaça é algo que temos que aproveitar, não é sempre que acontece 🙂

    • É difícil mesmo. É mais raro que diamante e por isso é tão valioso.

  • Velho da Montanha

    Em Morretes-Pr também tem uma aguardente de banana feita de maneira artesanal que desce bem macio…mas é meio traiçoeira pois de inicio você nem percebe o álcool…Bom pra derrubar os desavisados

    • Isso aconteceu com um dos meus amigos. Quando ele foi levantar pra ir ao banheiro, tudo rodou.

  • Eu comprei um dessa na belíssima Curitiba/Pr, também muito traiçoeira, pois no começo não se percebe o alcool… Recomendo a Aguardente de Banana…

  • L

    Pra mim as cachaças não são uma opção de bebida pq sobem rápido e me deixam facinha demais por isso prefiro evitar porem se não me engano ja tomei outros tipo de musa quando viajei para bahia, acontece que no norte de minas logo no limite bahiano eles tem o costume de fazer cachaças de frutas… digo a vcs nunca passei tão mal na vida, ou melhor como dizem minhas amigas perdi o dono hahaha mas pra apreciar um copinho ou dos vale a pena sim viu

    • Que beleza! O dia que você quiser beber pra ficar assim, convide-nos. Ao menos você estará entre amigos quando “ficar sem dono”. 😉

    • Deixou, é? Então estou tendo sérios problemas de atenção. Sinceramente não vi. Assim não dá pra combinar nada. 😀

  • Rubão

    Rsrsrs, que delíciaaaa

  • Maria Paula

    Lá em casa sempre tem!
    Família de Itajubá!!! 🙂