O Álcool e a Fome

“Qual a relação entre o álcool e a fome? Por que sentimos menos fome quando bebemos? E por que o inverso também ocorre?”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (3 votes, average: 8.00 out of 10)
Loading...

Não é difícil ouvir alguém dizer que perde a fome quando consome álcool, ou que depois de comer algo não bebe mais, porém, tem aqueles que quando bebem ficam possuídos pelo espirito da gula e adeus dieta. Afinal, por que tanta variação? O que acontece com nossa fome quando a gente bebe? Qual a relação entre o álcool e a fome?

Busquei milhões de explicações cientificas pra tentar elucidar essas questões pra vocês e fiz algumas descobertas curiosas, todavia, nada conclusivo.

Grel o quê? Ina. Puxa…

churrasco e cerveja

Créditos: Paul Clifton

Sabe-se que a grelina é o hormônio responsável por regular nossa fome. Em condições normais, quando o estômago está vazio e o corpo carente de nutrientes, ele começa a sintetizar grelina que também poder ser sintetizada em outras partes do corpo, mas principalmente no estômago. Quando a quantidade de grelina sobe, o hipotálamo percebe e vem aquela sensação da barriga colando nas costas. Quando nos alimentamos os níveis de grelina baixam e a sensação some. Mas ok, onde fica o álcool e a fome aí?

Nenhuma pesquisa explicou ao certo porque perdemos a fome ou ficamos famintos ao consumir álcool, entretanto, encontrei umas explicações que se encaixam bem.

Algumas bebidas, como a cerveja, possuem valor calórico altíssimo o que seria reconhecido como alimento pelo estômago, cessando a produção de grelina, por isso a fome vai embora. Outra explicação seria o fato do álcool ter fácil absorção desde a mucosa oral até o estômago, se ele estiver vazio então a absorção pode ser ainda mais acelerada e dependendo da quantidade de álcool que você está consumindo o cérebro consegue sentir os efeitos logo, logo. O álcool causa uma confusão em varias funções cerebrais, e a sensibilidade a certos hormônios pode estar dentro dessas funções prejudicadas, então mesmo que os níveis de grelina estejam altos o cérebro não irá conseguir perceber.

Mas e a galera que fica com mais fome quando bebe?

Eu respondo só pode ser PACTO GULA. Não há uma explicação muito coerente pra continuar sentindo essa “fome” e na verdade conversando com alguns conhecidos que se identificam com a questão, eles notaram que não é fome, é somente vontade de comer, e como as bebidas estão sempre acompanhadas de petiscos de encher os olhos aciona nossa memória e pronto, comemos como se não houvesse amanhã. Atrelado a isso está o fato de que se o cérebro não está respondendo aos altos níveis de grelina, o contrário também é verdade e se a saciedade não vem… continuar bebendo e comendo é nossa única missão.

O elo que liga o álcool e a fome

Álcool e a Fome: frios e cerveja

Créditos: Mathias Praegant

Mas há um elo que liga os dois grupos, quando a ressaca e todo aquele mal estar resultado daquela confusão cerebral causado pelo álcool passa, vem a fome de verdade e a vontade de beber a bacia amazônica. A essa altura vocês já devem imaginar o porquê, mas eu vou explicar mesmo assim.

Eu falei que algumas bebidas possuem alto valor calórico, mas não disse que elas não possuem valor nutritivo significativo, ou seja, o corpo continua carente de nutrientes, e como o organismo tenta se livrar das toxinas diluindo elas na urina e suor, perdemos muita água, por isso a fome e a sede estratosférica.

Finalizando

Pra evitar os efeitos nocivos do álcool é recomendado nunca beber de estômago vazio e beber água entre um copo e outro de álcool, isso ajuda a se manter hidratado e absorver menos álcool, evitando a embriaguez.

Você também gostará desses

Viva a República! Uma breve e divertida história sobre as nossas repúblicas, com seus estudantes, eventos, cervejas, muitos jovens e muitas histórias pra contar, princi...
Algoritmo permite identificar bêbados em multidões... E se existisse uma tecnologia capaz de identificar bêbados em multidões!? Mais fácil controlar baderneiros? Seria invasão de privacidade? Venha debate...
Mitos sobre os efeitos do álcool Todos aqueles mitos, dos mais simples aos que viraram dito popular, mostrados se sao verdadeiros ou não, explicados por Porris Yeltsin.
Gelando cerveja rapidamente: Chillsner Gelando cerveja? Isso é sempre de utilidade pública não é mesmo!? O que acham do Chillsner, o estalactite de cervejas? Vale o investimento?
Alô Adriano, tá me ouvindo? Uma visão etílica da situação do Adriano, que tem que perder 6 quilos, está numa dieta mas que pode beber cerveja uma vez por semana. Dê sua opinião....
Palavra do dia: “álcool” O que é, o que é que motiva um pelotão de soldados hebreus, desinfeta instrumentos cirúrgicos e ainda move os pistões de um motor?

Compartilhe: