Noiva bolada

Álcool e Casamento. Aliados ou inimigos?

“Vamos direto pra parte mais importante da história dos noivos. O casam... A FESTA DO CASAMENTO, óbvio. A festa do “casório” começou e as cervejinhas estão sendo distribuidas normalmente. Hora de beber!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (7 votes, average: 8.86 out of 10)
Loading...
  • (Mocinho de branco) – “Eu vos declaro marido e mulher!”
  • (Parente bêbado) – Uhuuul, já pode ir pra festa tomar uma?

Quem aqui nunca vivenciou uma cena como esta, que atire a primeira garrafa! (Ok, é só uma brincadeirinha. Não tente fazer isto em casa. Olha o desperdício do líquido sagrado, amigo.)

Festa de Casamento, hora de “bebemorar”

Bonecos Playmobil casando

Créditos: Manuel Orero

Bom, já que você está lendo um texto em um site chamado “Papo de Bar”, vamos direto a parte mais importante da história. O casam… A FESTA, óbvio. A festa do “casório” começou e as cervejinhas estão sendo distribuidas normalmente.

Os primos “malandrões”

Amigos carregando o noivo

É pra pegar ar prima e não eu!

Créditos: Vanessa Soares

Entre as idas e vindas das cervejas no salão, nota-se muita coisa. Uma delas é o primo que vira macho e quer “pegar” a primarada toda. Se tocar “ai se eu te pego”, sai de perto que ele já vai vir na direção da prima novinha em posição de ataque, que é mais ou menos assim: joelhos levemente inclinados, pernas pra frente e tronco pra trás.

Isso é praticamente a sedução em forma de pessoa. Se ele estiver alcoolizado ao ponto de confundir a prima novinha com a bisavó, não faz mal. Deixa ele ir… as filmagens estão aí pra isso.

O cara pobre que vira rico depois de bêbado

Amigos do noivo jogando poker e dinheiro pra cima

Dá tudo pra esse verme que acabou de casar! s2

Créditos: Ned Mansour

Tem também o tio que trouxe na carteira suas últimas economias. Nela estava o dinheiro da escola das crianças, do “busão” da semana e do almoço mensal. Até aí, tudo certo. Mas quando ele bebe acontece uma mutação. É como se cada pedaço dele fosse um power ranger e cada copo fosse transformando ele aos poucos em um megazord.

Ele vira esse “monstro” justo na hora da gravata. Aliás, a gravata é maldade do casal. Eles sabem a hora certa de recolher o dinheiro dos parentes bêbados. Ou acha que é por acaso que primeiro fazem todo mundo beber e depois passam a gravata? E lá vai o tiozão se sentindo o Sílvio Santos, entrega todo o dinheiro em forma de aviãozinho e no outro dia acorda numa pior, sem nem uns trocadinhos pra comprar um remedinho de ressaca.

O sogrão… Ahhhh o sogrão…

Pai da noiva bebendo cerveja

TIRA A MÃO DA MINHA FILHA!!!

Créditos: Paul Indigo

Tem também o pai da noiva. Essa figura é incrível. É daqueles que bebe de tanta felicidade por ter conseguido, finalmente, desencalhar a filha antes que ela ficasse para “benzer trovoada”.

Acontece que ele é o pai da noiva e não pode demostrar que existe muito sangue na corrente alcoólica dele. E esse é o tipo básico daqueles que tropeçam e fingem que estão dançando, esbarra mas aproveita e dá um abraço, fala trocado e finge que está cantando “acererrê”… ou seja, ele é o mestre do disfarce.

As cocotas que estão ficando pra “titia”

Amigas da noiva bêbadas

VAMU BEBÊ!!!!

Créditos: STAK Photographer

A mulherada encalhada é outro ponto super importante. Afinal, chegou a hora de jogar o “buquê”. (Vamos “aportuguesar” a palavra pra evitar interpretações errôneas, combinado?) As que estão sóbrias, vão pro fim na fila. Simples. Mas as que já beberam uns goles são fáceis de identificar. Elas estão bem na frente, em posição de ataque.

É como se elas estivessem com aquela armadura de futebol americano. Elas olham fixamente pro “buquê”, da mesma forma que um touro olha para uma toalha vermelha. E então, a noiva faz aquele arremesso.

dating-fails-breaking-the-cycle-bouquet-kick

Isso sim é um amigo troll

O problema, é que a noiva está tranquila, afinal, ela está emocionada com o momento. Então, nessa hora, o “buquê” bate no teto e cai logo atrás dela. Aí que mora o perigo. Saia de perto, pois nessa hora as encalhadas bêbadas correm como se estivessem no último metro da São Silvestre e se jogam, como num boliche humano.

Sair sem um dente, com um joelho ralado ou nariz sangrando não é problema. O importante, é sair dali vitoriosa com o prêmio (ou não) na mão.

Ô meu amigão, grande amigão

Noiva atuando como goleira

A Noiva perfeita!

Créditos: Alexander Loginov

E o melhor amigo do noivo? Outra figura clássica. Esse vem com o discurso na ponta da língua. Bebe todas e quer mostrar ao noivo como é melhor estar solteiro. Invade o palco, tira o microfone da mão do cantor e tenta explicar ao noivo que “home qui é home é aguele gue vai bra vexxxta e bega dodaxxx.”

E ele fica lá falando até que uma boa alma apareça pra apresentar este amigo bêbado à moça que pegou o “buquê”. Pronto! Problema resolvido.

Os noivos e o álcool, presença obrigatória

Noiva linda de lingerie

Felizes para sempre!

Créditos: Anton Zuev

De uma forma ou de outra, o que importa é que o álcool deve ser presença marcante em qualquer festa, inclusive as de casamento. Afinal de contas, já pensou que se você irá casar virgem (sim, esse texto é meramente “ilustrativo”) e na noite de núpcias descobre que o noivo é péssimo? Você ao menos pode dizer que bebeu demais e que não lembra-se de ter casado.

Aliás, eu diria que álcool e casamento, é a única união perfeita. Ou você vai beber pra comemorar, ou você vai beber pra esquecer a mer#$!# que você acabou de fazer.

Você também gostará desses

Obras de arte em obras de arte. Sobre mulheres tat... As mulheres tatuadas são mais que apenas mulheres. Os rabiscos são mais que tatuagens. É tudo uma composição de uma obra de arte noutra obra de arte....
O Canalha Inexperiente: Capítulo 3 Terceiro capítulo da novela “Canalha Inexperiente”. Sobrou até pra coroa que é mulher do síndico. Tudo vai indo bem até que ele se sente "usado" por T...
Nunca mais eu vou beber Um paralelo com o "Nunca mais eu bebo", mas sem nenhuma relação com a ressaca e sim com os homens bêbados, seus tipos e claro, mulheres.
Era uma vez o acabado – 4 Moya vai a um boteco pé sujo beber e ouvir algum tipo de música, quando encontra uma mulher mais velha, triste e enchendo a cara. Os dois bebem conver...
Eu Tenho Duas Namoradas: Capítulo 3 Terceiro capítulo da novela etílica, Eu Tenho Duas Namoradas. A namorada de Armando chega de viagem com uma namorada. Agora é a hora deArmando mostrar...

Compartilhe: