Álcool e Poker: Afinal, é bom ou ruim?

“Um manual completo sobre poker e bebidas. Vantagens, desvantagens, diversão, quais jogos jogar, o que fazer, o que evitar. Um belo papo sobre o jogo entre bebidas e poker, inclusive seus vícios. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Já é mais do que comprovado cientificamente que o consumo de álcool altera nosso sistema nervoso e pode alterar nossas percepções e também nossas reações. Então por que diabos beber durante o jogo? Bem, não pretendo fazer propaganda negativa do álcool muito menos falar que é pra parar de beber quando for jogar! Tudo depende do seu objetivo no poker. Como não quero falar dos outros, vou falar de mim.

Qual o meu objetivo quando jogo poker?

Créditos: Charles Williams

Bem, o primeiro deles e que está acima de tudo, é rever meus amigos e me divertir. Eu faço uma mesa de poker às terças-feiras de duas em duas semanas lá em casa e chamo meus amigos para jogar uma partida. A terça-feira acabou se tornando sagrada porque os revejo, falamos besteiras, nos divertimos e, óbvio, acabamos bebendo. É pura diversão. Ou seja, meu objetivo no poker é me divertir.

O poker, pra ter graça, tem que ter dinheiro envolvido. Vem o segundo objetivo: além de me divertir com os amigos, ainda ganhar uma graninha pra um almoço mais farto no dia seguinte e zoá-los por perder. Quero me distrair da rotina de trabalho intenso, quero dar um tempo da vida pra tirar umas horas e jogar com meus amigos. Nas minhas mesas de poker é quase obrigatório ter cerveja. Ocasionalmente Bacardi com Coca-cola ou, quando queremos mesmo esquecer nossos problemas, a famosa Tequila. E pizza, claro.

Mas qual o efeito do álcool sobre o jogador?

Créditos: Primed Minister

Meus amigos dizem que eu, sóbrio, sou um jogador péssimo. Isso tem uma explicação mas eu discordo dos meus amigos. Quando bebemos, nosso poder de decisão é afetado dramaticamente. Quando estou um pouco alto, ou seja, no brilho, meu jogo fica totalmente agressivo. Minha paciência e concentração já não são mais as mesmas e minhas apostas começam a ficar altas. Quando digo “agressivo“, leia-se: aposta mais ousadas, nada tímidas. E isso acaba intimidando os outros jogadores. Algumas decisões que eu tomo durante a partida, enquanto estou bêbado, são bem diferentes de quando estou sóbrio. E nem sempre são boas decisões.

Mas há um porém…

Aí entra um pequeno contraponto. Se quero também ganhar dinheiro, e sabendo que o álcool vai poder me prejudicar durante a partida, pra que beber? Mas também me pergunto: se quero me divertir com meus amigos sem me estressar com um simples jogo, por que não beber? Não sou apenas o único que bebe na mesa. Na maioria das vezes, todos os meus amigos me acompanham.

Por isso, o jogo normalmente está de igual pra igual com todos. Lembro-me de um dia em que um jogador amigo nosso apareceu lá em casa. Ele estava dirigindo e não poderia beber. Bem, todos nós bebemos e quem foi o campeão da mesa naquele dia? O meu amigo que estava dirigindo.

Não deve ter graça poker sem álcool

Não, assim não tem graça...Créditos: Valerie Morrison – Four Thirds Photographer

Vamos ser sinceros, quem não gosta de beber um chopp numa mesa de bar com seus amigos falando besteiras, de mulher ou de futebol? E por que não fazer isso tudo jogando poker?

A bebida realmente afeta nossa percepção, detalhes passam batido e você nem liga. Com a percepção alterada, você não nota que há um grande risco de alguém ter feito sequência (10, J, Q, K A) ou um flush (5 cartas do mesmo naipe) e aposta alto pensando que está bem com sua simples dupla alta (K, K).

Jogando agressivamente sem ter a devida atenção, você corre o risco de perder muito mais fichas. Se seus adversários perceberem que você está alterado ou, na nossa língua, bêbado mesmo, vão acabar cobrindo a maioria de suas apostas. E então é hora de dizer adeus quando suas fichas acabarem e beber mais uma dose pra relaxar e assistir ao fim do jogo.

Lembro-me de um jogo em que fizemos uma brincadeira: cada jogador beberia um shot de tequila a cada blind aumentado (de 15 em 15 minutos). O resultado? Ninguém se lembra de quem foi campeão nesse dia. Não posso deixar de dizer que todas as vezes que fui campeão da mesa, eu estava bêbado. Meus amigos deviam estar mais.

Combinação perigosa: Álcool e jogos

Créditos: jk.fotografie

Estamos falando de duas coisas que podem levar ao vício: jogo e álcool. Pra tudo acabar bem só depende de você. Exagerar na bebida nunca é bom. Exagerar no jogo também é péssimo e, quando começa a afetar sua grana, é pior ainda.

Já deixei de fazer mesas de poker lá em casa simplesmente porque não tinha dinheiro. Se eu me garantisse muito, arranjaria um jeito de pagar e, quem sabe, ainda multiplicar a grana ganhando o jogo. Mas começar a pensar assim não é um bom e se você se vê tentado a pagar com um dinheiro que você nem tem, é melhor dar um tempo no jogo.

Sem diversão = irritação

Você não vai se divertir. Você vai se irritar, ficar tenso porque pode perder e se endividar ainda mais e se desconcentrar facilmente. Economize a grana, jogue quando tiver algum sobrando. O poker é pra se divertir e não se endividar.

Muitos cassinos oferecem bebida mais barato justamente por elas afetarem seu poder de decisão durante o jogo. Você se sente mais encorajado a gastar mais e, quando se dá conta, já perdeu tudo. Eles não ganham dinheiro com a bebida e o consumo e sim com os jogos em que você, com a coragem dos embriagados, aposta quando não deve.

O que vem fácil, vai fácil…

Créditos: Kelli Hayden

Jogadores famosos se afundaram na bebida e perderam toda sua grana. Em apostas e em farras. Como já dizia o velho ditado, dinheiro que vem fácil, vai fácil. Portanto, muito cuidado na hora de misturar bebida com poker. Primeiro reveja seus objetivos. Se seu objetivo é se divertir, beba todas e não se irrite se perder dinheiro. Pelo menos seu dinheiro está indo pra um de seus amigos e a diversão da noite já vale o dinheiro que você gastou.

Se ocseu objetivo é ganhar dinheiro, meu conselho é deixar o álcool de lado. Ou pelo menos beber uma aqui e outra ali e nada de exageros. Mas já não sei se sua diversão vai ser a mesma que a de seus amigos beberrões.  Garanto que me diverti muito mais do que meu amigo que teve que voltar pra casa dirigindo sóbrio. Ah, se me diverti!

Coisas que não valem a pena

Se você é um cara que se irrita facilmente, devia pensar em começar a se acalmar. Jogar poker exige concentração e ficar irritado não ajuda em nada. Se você leva o jogo muito a sério, pare de jogar com seus amigos e vá tentar um torneio com profissionais. Garanto que lá são todos mais calados e ninguém vai te perturbar. E, em vez de cerveja, suco de maracujá é a boa!

Ninguém gosta de jogar com alguém que se irrita. Sabe aquele futebolzinho de fim-de-semana? Sempre tem um chato reclamando porque você não passou a bola ou errou o gol, não é? Não dá vontade de ser do time contra? Então. Se policie se perder uma mão ou outra. Perder a amizade é muito pior do que perder o seu dinheiro. Portanto relaxe e jogue!

Tipos de jogo

Créditos: Gaetano Bastarelli

Eu costumo jogar o Texas Hold’em, que é o poker mais tradicional, e que a maioria costuma jogar. Antigamente, muitos jogavam o de 5 cartas. Inclusive eu aprendi a jogar esse primeiro. Um tempo depois descobri o popular Texas. Aprendi as regras e vi que era um pouco mais estratégico e que é preciso de habilidade pra vencer, e não só sorte. Vi num filme chamado Cartas na Mesa (com Matt Damon e Edward Norton) uma frase que eu tive que concordar:

Nos torneios do WSOP (World Series Of Poker) a maioria das vezes é sempre os mesmos finalistas. Eles são os mais sortudos do mundo?

Achei interessante. Logo depois comprei um livro que explica melhor as técnicas e estratégias do poker e me aprofundei mais no assunto. Até me considero bom jogador, mas não sou especialista, nem profissional e nunca me arriscaria num torneio de verdade. Primeiro porque pra participar você tem que ter grana. Alguns torneios são 10.000 U$, pra se ter idéia.

Muitos jogadores são patrocinados por sites de poker online. Tem os famosos Party Poker, Poker Stars e o Full Tilt. Há torneios nestes sites e, caso você seja o campeão, eles te bancam para os campeonatos.

Créditos: flash_nerd

Não sou tão bom assim e nem me garanto, prefiro continuar nas minhas mesas de poker em casa, com meus amigos, onde tenho liberdade de poder beber e me divertir com eles. E, no máximo, perder 15 reais, que é o que cada um paga pra jogar – o famoso buy-in. Estamos falando de mesa de amigos, que é muito mais prazeroso. Muitos jogadores profissionais nem trabalham, ganham seu dinheiro honestamente nas mesas de poker de sua cidade ou torneios. É sua profissão. E onde já se viu beber em pleno trabalho?

Como montar sua mesa de poker

Primeiro você precisa de amigos que saibam jogar poker. Chame, no mínimo, três jogadores pra ter um grupo de quatro pessoas na mesa- Já é o suficiente. Quanto mais, melhor, mas não deixe passar de 10. Estamos falando da sua casa, e você não quer 10 pessoas bagunçando o seu querido lar, não é? Eu acho que uma mesa de poker com seis pessoas é o ideal.

Créditos: ottofkt

Especifique seu cacife ou buy-in. O buy-in que faço lá em casa é de 15 reais. Com 4 jogadores, 60 reais em prêmio. Com 6 jogadores, 90 reais e já dá pra premiar o terceiro lugar. Separe os valores e prêmios antes de começar o jogo pra não dar confusão durante ou depois e deixe claro que o campeão, vice e terceiro vão levar valores X, Y e Z.

Especifique também o valor dos blinds (pingos). Aumentar de 15 em 15 minutos é uma boa pedida. Jogar sem aumento de blind é pedir pro jogo terminar no dia seguinte e se for marcar num meio de semana não é legal porque todos trabalham, certo? Com os blinds aumentando, o jogo tem praticamente uma hora limite pra terminar.

Divida com seus amigos as bebidas. Se você for o anfitrião, é uma boa já deixar comprado e deixar gelando. Quando eles chegarem, rateiem o que foi gasto. De comida, o mais comum e popular é a pizza. Às terças-feiras, algumas pizzarias fazem promoções de pizza em dobro (e não é à toa que meus pokers são às terças).

Dicas pra quem nunca jogou

Créditos: knightraven

Quem quiser aprender esse jogo, é incrivelmente fácil. Eu só sabia jogar buraco e mesmo assim mal e porcamente. Há vários sites que explicam como jogar poker. As regras são fáceis de decorar e você não demora mais de 2 ou 3 rodadas de um jogo pra aprender a mecânica. Existem livros sobre Poker ensinando como se joga.

Recomendo também sites de jogos online gratuitos. Muitos desses sites tem essa opção de jogar gratuitamente. É ótimo pra praticar e aprender. Você pode jogar a hora que quiser e não depende de juntar um grupo de amigos pra poder praticar e aprender mais. Eu mesmo já ensinei vários amigos a jogar e aprenderam rapidamente. É sempre bom ter mais um na mesa, portanto, se você sabe jogar, ensine mais gente!

O poker é um esporte que vem se popularizando muito rápido pelo mundo e no Brasil já há muitas pessoas jogando cada dia mais. Recomendo também assistir aos campeonatos que passam na televisão. Normalmente, os apresentadores ensinam as regras básicas e você pode conseguir acompanhar o que está acontecendo.

Conclusão

Se querem mesmo saber minha opinião, o álcool afeta sim de forma negativa seu jogo. Se pensarem bem, não só o jogo mas tudo que possa envolver sua habilidade e raciocínio.

Mas meu conselho é não deixar de beber por causa disso. Jogar poker não é pelo dinheiro, mas pelo prazer de se estar com seus amigos e socializar em paz num momento que é só seu. E se beber também te dá prazer, então pra que se privar de sua diversão? Bebam, apostem, relaxem e divirtam-se, é o que devem fazer. Shuffle, up and deal!

No fundo, todos querem se sentir um pouco como o James Bond, que não perde seu charme e elegância jogando um poker valendo milhões e vidas em jogo, enquanto beberica seu vodka-martini – batido, mas não misturado! – com toda calma do mundo e sem alterações.

Você também gostará desses

Mitos sobre os efeitos do álcool Todos aqueles mitos, dos mais simples aos que viraram dito popular, mostrados se sao verdadeiros ou não, explicados por Porris Yeltsin.
Anulador de Celular – O que é isso? O que acontece quando você vai no bar com a galera e todo mundo pega o celular? Fica todo mundo no celular! Saiba como mudar isso, com o anulador de c...
Mas por que ficamos bêbados? Viemos para lhes surpreender. Por que ficamos bêbados? Os efeitos do álcool no corpo e na mente, os estágios da embriaguez e muito mais, só no Papo de...
Alô Adriano, tá me ouvindo? Uma visão etílica da situação do Adriano, que tem que perder 6 quilos, está numa dieta mas que pode beber cerveja uma vez por semana. Dê sua opinião....
Coisas que aprendi sobre o álcool Veja o que você pode aprender, ou não, sobre o álcool e consumindo o álcool. Seja cerveja, tequila, o que for, veja os ensinamentos que a bebida pode ...
Beer Pong: Esporte de Bêbado Todo bêbado que se preza já jogou algum jogo etílico. Aqui apresentamos uma modalidade nova, o Beer Pong.

Tags:

Compartilhe:

  • Ralph

    so uma correção o poker de 5 cartas não é o omaha e sim o 5cards draw, omaha é estilo texas hold em so q vc recebe quatro cartas ao invez de 2.

    no mais concordo plenamente com o post.

    abracos

  • Marcuzinhu

    Concordo contigo poker com os amigos é pura diversão. Outra vez joguei com 4 amigos no ultima dia de um feriado, o ganhador não precisou limpar a casa .. hahaha. Mas jogo sério tb e torneio pequenos c/ buy-in a R$25,00 e sempre tomo uma cervejinha, até ajuda no meu jogo, pq jogo mais solto e não tão travado, mas nesses casos sempre me controlo, tomo umas 3 ou 4, fico são, mais solto e ganho tudo .. hahaha.

    Shuffle up and deal

  • Excelente Post. Parabéns!

  • Ganhei de todo mundo no #BlogBeach e tava bêbada. E é assim que pretendo ganhar o torneio do @justplay!

    xD