Amstel na Libertadores da América

Teve início na semana passada a maior competição de clubes de futebol das Américas, a Libertadores da América e um novo patrocínio foi anunciado. Marca centenária, existente desde 1870 e que faz parte do grupo Heineken desde 1968, a Amstel entrou com tudo no futebol sulamericano e boas ativações virão por aí!

Há algum tempo atrás, a Conmebol contratou uma empresa especializada para ampliar o número de patrocinadores da competição.

Parece que deu certo e a Amstel fechou contrato até 2020 e está animada com a parceria. O diretor global de patrocínios da Heineken, disse:

“A Amstel está presente em mais de 100 países e tem orgulho de seu histórico de patrocínios ao futebol. Estamos muito satisfeitos com este acordo de quatro anos com um campeonato de clubes de primeira linha na América Latina. Também estamos entusiasmados por fazer parte da Copa CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE e nos conectar com milhões de fãs apaixonados por todo o continente”

O diretor comercial da Conmebol, Marcos Senna, também mostrou otimismo:

“Temos o prazer de assinar este patrocínio com uma marca importante como a Amstel. Com certeza, este acordo será altamente benéfico para ambas as partes, nossa Copa Sul-Americana e os fãs de futebol”

Entrada da Amstel na Libertadores da América

A parceria teve início na última terça, dia 7, e oficializou a Amstel como cerveja oficial da CONMEBOL LIBERTADORES BRIGESTONE.

Copo da cerveja Amstel

As ativações de Amstel estarão presentes em todo o continente e os direitos incluem branding dentro e fora dos estádios, ativação de bares e lojas e um prêmio exclusivo da marca para os jogadores a cada jogo.

Sobre o Brasil, o vice de marketing da Heineken, Bram Westenbrink, afirma:

“O patrocínio nos oferece uma grande oportunidade para aumentar o awareness e a presença da marca no Brasil, mercado muito estratégico para o crescimento de Amstel”

Finalizando

A Heineken é bem seleta nos eventos que patrocina com sua marca principal.

Já com a Amstel (antiga patrocinadora da Champions League), penso que é usada como teste para ver se a parceria pode migrar para a marca da garrafa verde.

Algo que não é nada mal para a empresa e para os eventos. A Heineken divulga duas marcas em tempos diferentes, enquanto os eventos garantem um valor fixo, além da divulgação realizada pelas marcas. Bom para todo mundo!

Torço muito pelo sucesso da parceria e espero ansiosamente as ações da marca no Brasil.

Aquele abraço!

Você também gostará desses

Importação de Cerveja triplicou nos últimos cinco ... O número de cervejas importadas trazidas pro Brasil cresceu absurdamente, de 11,8 milhões pra 44,6 milhões de litros em 2011. Os números de 2012 mostr...
Cerveja Corona Extra chega ao Brasil A AB Inbev traz para o Brasil a cerveja premium Corona Extra. Jogada da gigante cervejeira para aumentar seu cardápio de cervejas premium, ainda peque...
Câmara aprova a Lei Geral da Copa. Mais ou menos&#... Câmara aprova a Lei Geral da Copa,que disciplina os direitos comerciais da Federação Internacional de Futebol (Fifa) na realização da Copa do Mundo de...
Bebida liberada no estádio, isso é bom? Hoje a bebida é proibida nos estádios aqui no Brasil. Porém isso está mudando, temos em Minas a bebida liberada no estádio. Isso é bom ou ruim? O que ...
Cervejaria Ambev inaugura o CIT, Centro de Inovaçã... A Cervejaria Ambev inaugurou o CIT, um excelente Centro de Inovação Tecnológica Cervejeira. Fica fica localizado no Parque Tecnológico da UFRJ.
Gol da Alemanha – A Cerveja do 7 a 1 Uma cerveja que parece deliciosa, mas que remete a uma data nada legal de lembrar. Seu nome é Gol da Alemanha e voltamos ao 7 a 1