Antarctica Mortal Kombat, que dizer, Sub Zero

Header Antarctica Sub Zero

A Antarctica lançou recentemente um novo modelo chamado Sub Zero. Isso mesmo, lembra do personagem do Mortal Kombat? Nesse naipe mesmo. E pelo nome já dá pra perceber algo sobre essa versão especial, certo?

Ela é duplamente filtrada e adivinhem? Sim, abaixo de zero, -2 graus pra ser mais específico, ficando quase congelada, pra na hora do consumo, dar uma maior impressão de refrescância.

Iglu Sub Zero

E eles tiveram uma bela sacada pra divulgação, fizeram no mês passado (sim, era pra eu ter postado isso aqui tem quase um mês) um bar no estilo iglu, aquela casinha modafoca de esquimós e tudo mais. É a Estação Antarctica Sub Zero, e o intuito desse bar é mergulhar o público no universo da nova cerveja. Ela foi lançada oficialmente em meados de julho desse ano.

Estrutura do bar

Palco Sub Zero

Eles levantaram esse bar na Vila Madalena, em São Paulo e por sorte eu estava indo pra lá nessa data e aproveitei o convite. O bar tinha dois ambientes, um com palco, garçons fornecendo petiscos de boteco, muito bons por sinal, e claro, servindo as Sub Zeros pra galera, além de água e refrigerante para os que dirigiam e não bebiam.

Boteco abaixo de zero

Dulcetti de casaco

O segundo era a grande sacada, um pseudo bar que estava abaixo de zero, a -2 graus, exatamente o mesmo que a cerveja é filtrada. Tinham intervalos para fazer esse revezamento, pois quem entrava colocava um casaco especial para aguentar e o tempo máximo de permanência era de 20 minutos por causa da temperatura.

Mesa e bar de gelo

Bom, eu fiquei os 20 minutos mas aguentava bem mais, e olha que eu estava de bermuda hein.

Dulcetti abraçando uma geladeira de gelo

vem nimim vem

E o mais foda de tudo era que as mesas, paredes, geladeira, etc, era tudo feito de gelo, inclusive os copos. Sim, isso mesmo, os copos. Você bebia a cerveja num copo de gelo. Era meio desagradável e engraçado no começo, mas bem interessante.

Copo de gelo

Um caboclo perguntou se poderia levar o copo pra fora. Bom meu nobre, poder pode, mas não vai durar muito né? 😀

Making of do bar

Eles gravaram um making of da montagem e organização desse bar, deu pra ver que foi trabalhoso, não foi moleza. Assista abaixo:

Rodando por ae

Bom, como vocês viram, rolou em novembro isso, mas pelo que estou sabendo, está rodando por ae, passaram por Ribeirão Preto e estará chegando em Uberlândia em breve, dia 15 de dezembro se tudo correr bem. Para ficar por dentro do paradeiro do iglu ambulante é só segui-los no twitter.

Tá, mas o que você achou sobre?

Teto do Iglu

Olha, bem interessante, a música era muito boa, rolava uns sambinhas pã bem legais e nos intervalos um dj ae tocando músicas atuais e no clima da parada. A decoração ficou bem legal, às vezes dava impressão de estar mesmo dentro de um iglu, só poderiam ter organizado um pouquinho mais a parte do segundo ambiente, porque começou a chegar famosinhos, globais e tudo mais, entravam na frente dos outros, etc, etc. Fora que o limite de horário da segunda era até as 22h, acho que poderia ter ido até 00h.

Galera no Hall Principal

Um detalhe importante é que esse foi o lançamento, porém não é gratuito não, nos outros dias a entrada custava R$15, algo assim. Pelo clima vale a pena, para conhecer, bater um papo, entre outros.

Teve uma galera legal por lá, pessoas que conheciam o PdB (ó que legal) e gostavam bastante, outros que acharam interessantes (cambada de bêbados 😀 ) e que iriam entrar no site e tudo mais. Fora a galera do Papo de Homem que também apareceu por lá.

Finalizando

O único chato foi que eu fui sozinho, pois a galera do PdH chegou bem depois. Mas eu logo fui arrumando papo com a galera de lá, também, depois de já ter bebido 7 garrafas sozinho, eu ia fazer amizade até com o faxineiro. E claro, fiz amizade com os garçons, que sempre passavam e deixavam as comidas e Antarcticas na boa pra mim 😀

Garrafas dentro de um balde

Esse era só o começo

Saí de lá e já estava bêbado, também pudera, já tinha perdido a conta de quantas garrafas eu já tinha bebido. E parti pro QG do PdH, ae misturei tudo, bebi cachaça, vodka, whisky, ae deu merda, depois fomos pra casa de um outro camaradas, tinha bebida e mulheres, mas esse é outro papo que contarei depois 😀

Aquele abraço e galera de Uberlândia, Ribeirão Preto, depois contem como foi a experiência por lá.

Você também gostará desses

Concurso “Talentos do Samba” Antarctica A Antarctica, reafirmando sua identificação com a arte, com a democracia e com a felicidade, bolou um concurso para talentos do samba de raiz, o Concu...
Corona Sunsets 2016 No dia 15 de maio de 2016 acontecerá a primeira edição do Corona Sunsets 2016, que será no Rio de Janeiro, na Praia do Recreio durante a etapa carioca...
Um roteiro de uma micro-aventura no Festival Brasi... Veja o que rolou no Quarto Festival Brasileiro da Cerveja, que aconteceu no Parque Vila Germânica, em Blumenau/SC entre os dias 21 a 24 de março. Veja...
Feliz ano novo, com cerveja e responsabilidade Aproveitar a virada de ano com juízo e comemorações, mesmo enchendo a cara. É isso que todos do PdB querem e desejam.
O meu 1º St. Patrick’s Day sem uma Guinness A data de St. PAtrick's Day vista por uma linda mulher que não podia beber. Será que é possível se divertir? Pelo que diz ela, sim, confira!