clientes educados

A arte de beber em pé nos botecos

“Veja algumas teorias sobre a galera que gosta de beber em pé. Desde o cansaço, flerte, dentre outros motivos para se beber em pé nos botecos.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (1 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Olá amigos PdBs! E aí, todos bebendo muito por aí? Sem exageros, evitando cair naquele chão imundo do nosso boteco preferido e sempre tentando lembrar da noite anterior, nós seguimos bebendo e muitas vezes em pé. Por isso vamos falar sobre a arte de beber em pé nos botecos.

Por que beber em pé?

Não existe uma resposta definitiva e nem há nenhum estudo sobre o assunto, até porque não é algo que vai mudar a vida de alguém, mas acho bem relevante entendermos porque aquele seu amigo prefere ficar de pé, enquanto todas as outras pessoas da mesa estão sentados.

Primeira teoria sobre beber em pé: altura e análise

A pessoa quer ficar mais alta. Simples assim!

beber em pé no bar

Créditos: Hero Images

Ela prefere olhar o ambiente de cima, tendo o controle de toda a situação, porém nunca deixando de interagir com suas companhias de mesa.

Se for solteira, essa pessoa pode estudar os arredores e possíveis flertes.

Segunda teoria sobre beber em pé: a roupa

A roupa está apertada. Imagina que você está usando aquela roupa que é linda, que no passado já caiu como uma luva no seu corpinho, mas que hoje, com uns quilinhos a mais, já marca sua silhueta.

Em pé você já está sentindo seu corpo delineado por sua camisa, sentado então… nem pensar! Prefiro ficar em pé e me achar mais magro. #ProntoFalei.

Terceira teoria sobre beber em pé: cansaço

Visualizem a seguinte situação: Quinta-feira, o cara trabalhou e à noite foi jogar bola com os amigos. A mulher esperou ele acordado, juntos comeram algo, tomaram aquela meia garrafa de vinho e transaram gostoso.

Bêbado dormindo

zzZzzzzZZZzzzzzzZZZzz

Sexta acordaram cedo, trabalharam e vai rolar aquele happy hour com os amigos.

O que acontece? Eles estão cansados! Além do cansaço físico, tem também o sono, já que foram dormir tarde na noite anterior e talvez um outras noites da semana.

Diante disso, eles preferem beber em pé no boteco, porque sabem que se ficarem sentados, após algum tempo, estarão cheios de sono, batendo cabeça, bocejando…

Ao ficar em pé e beber o cansaço não bate e o sono muito menos. Claro que se isso se prorrogar por muito tempo, o corpo começa a emitir sinais que é hora de parar e o casal provavelmente irá apagar já no táxi a caminho de casa, mas nada que uma boa noite de sono não cure.

Quarta teoria (finalizando)

mulheres bebendo em pé e bartender mulher

Créditos: Hero Images

Ah! Para com isso! Deixe as pessoas beberem como elas bem entenderem! Quer ficar em pé no boteco, fique! Prefere sentar, ok. Deitar… Você é quem sabe.

O que importa e estar com pessoas que gostamos e que nos fazem felizes! E você, gosta de beber em pé?

Aquele abraço!

Créditos da foto de capa: Caia Images

Você também gostará desses

Iluminação Etílica Veja alguns produtos que tem a marca do #EstiloPdB, que tem o espírito etílico e são produzidos utilizando materias de garrafas e latas de cervejas, d...
A incrível geração de mulheres que bebem cerveja... As mulheres que bebem cerveja são as melhores. Hoje temos uma geração de mulheres independentes e que gostam de cerveja e ir para o bar. Que tipo você...
A bebida aproxima Você acredita que a bebida aproxima as pessoas? Você acha que isso é possível? Tanto diretamente quanto indiretamente, sim, isso é possível. Confira!...
Peculiaridades de um bar – As amigas Não há nada mais bonito nesse mundo que mulheres. Principalmente se forem mulheres em um bar, conversando, brincando, sorrindo, bebendo uma cerveja, t...
Esquina, a relíquia carioca Vamos falar de uma relíquia carioca para nós, bebedores de cerveja: a esquina. Muito não se fala sobre ela, mas as esquinas cariocas sempre têm um bar...
Adriática, uma cerveja para desbravadores Adriática é uma cerveja para desbravadores, uma cerveja de presença e que não precisa de voz, pois as pessoas já fazem isso por ela.

Tags:

Compartilhe: