Placa de melhor história de bar

Bar Leo: a melhor história de bar do Brasil

“O Bar Leo foi eleito o bar com a melhor história de boteco pelo concurso Cultura de de Boteco 2012, organizado pela Sociedade da Cerveja. Confira a história e o Seu Luiz, o garçom mais velho em atividade em São Paulo.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (No Ratings Yet)
Loading...
468x60 - Acessorios

Placa de melhor história de bar

Dia 22/01 fui no Bar Leo, aqui em SP, conferir a premiação “Um Bar, Muitas Histórias”, realizado pela Sociedade da Cerveja. O concurso rolou pelo Facebook em duas etapas: votação popular e, depois, um comitê de jurados de peso (Cilene Saorin, Renniê Paro e Guilherme Studart) bateu o martelo e escolheu o Bar Leo como a melhor história de bar do Brasil.

Grande Bar Leo

Bancada do Bar Leo

O Bar Leo foi inaugurado em 1940, na Rua Aurora em São Paulo, e virou ponto de encontro da boemia paulistana, que matava a sede – e ainda mata – com o famoso chopp de colarinho alto e cremoso.

A melhor história de bar do Brasil

Caldereta de chopp Brahma

Copo Caldereta

Foi no Bar Leo que surgiu o copo caldereta, criação do Seu Hermes (segundo proprietário da casa), há 40 anos. O caldereta é aquele famoso copo onde geralmente é servido o chopp Brahma.

Garçom Seu Luiz

E quem frequenta o Bar Leo sabe que lá irá encontrar ou, pelo menos, ouvir falar do famoso Sr. Luiz, grande figura e o garçom há mais tempo em atividade em São Paulo (o jovem trabalha lá desde a abertura do bar e já serviu até o Jânio Quadros).

Entrevista com o Sr. Luiz há alguns anos

Boemia, aqui me tens de regresso

Pastéis e um chopp

Hummm

A premiação foi muito bacana, com muito chopp e música. Apesar de alguns percalços no caminho, o Bar Leo tem uma história bem legal e a casa te leva para aquela São Paulo de 1940…

Grupo de músicos no Bar Leo

Tava animado!

Entre alguns chopps e saborosos quitutes (ah, pastelzinho de queijo!…), troquei um ideia com o Sr. Luiz. Perguntei a ele o que fazer para chegar aos 90 anos com aquela disposição.

Anota aí: “Trabalhar… e beber muito chopp”.

Você também gostará desses

4º Encontro da Cerveja Artesanal São Paulo em Sete... Dia 12 de setembro vai rolar o 4º Encontro da Cerveja Artesanal São Paulo, mais um evento sagaz sobre cervejas artesanais na cidade de São Paulo. Vamo...
Evento de lançamento Stolichnaya Premium O Papo de Bar participou na última quinta-feira, dia 05 de maio, do lançamento da vodka Stolichnaya Premium, que anunciou sua embaixadora, Fernanda Ne...
Resumo da Oktoberfest 2012 em São Paulo Confira a cobertura do Papo de Bar na primeira edição da Oktoberfest em São Paulo. Veja as atrações, as comidas, as cervejas, as fantasias, as músicas...
Jantar harmonizado Avek + Get Cervejas Especiais O Papo de Bar foi convidado para conhecer a prévia do que será o jantar harmonizado organizado pela Get – Cervejas Especiais no restaurante Avek, em S...
Esquenta Brasil Brau e Degusta Beer & Food! Começou ontem, dia 15 de julho, mais uma Brasil Brau e Degusta Beer, o maior evento sobre cerveja artesanal do Brasil, que tem como novidade o Beer So...
Beer Experience SP 2013 Veja o que rolou no evento Beer Experience SP, da edição de 2013. O evento cresceu bastante, mas pecou em diversos pontos. Confira esses pontos aqui n...

Compartilhe:

  • Roberto

    O Bar Leo não tinha sido fechado por causa de venda de chope “batizado”? O que aconteceu com relação a essa história?

    • Carol

      Então Roberto, o Bar Leo reabriu em agosto do ano passado, sob nova gestão. Esse infeliz episódio ficou para trás, e o bar segue com a boa tradição e história que o tornou famoso.

  • Rodrigo

    E não era “batizado”. Eles venderam chopp ashby falando que era brahma.. Na verdade, se bem tirado, o chopp ashby também é bem gostoso(era o chopp oficial da brooklinfest e mayfest em SP).