Bebedeiras: a etiqueta do vômito

“Praticamente todo mundo já vomitou por causa da bebida. Saiba agora como se portar diante das pessoas e lugares quando o vômito estiver chegando. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (14 votes, average: 7.50 out of 10)
Loading...

O vômito é um daqueles assuntos que muitas vezes as pessoas tentam “pular” quando se fala sobre bebedeiras. Elas preferem centrar -se nos aspectos glamourosos da bebida: o comprometimento cerebral, as lutas e percalços, as histórias engraçadas, como se cura uma ressaca…

Se o vômito vier, tenha etiqueta

Sou da opinião de que todos os aspectos da bebida, os bons e os maus, devem ser discutidos e até mesmo comemorados. To falando de prazer e de dor. Vamos aos fatos: mesmo aquele bebedor mais experiente, que gosta de se gabar que nunca vomita, já passou por uma ocasião onde sujou os pés.

Vomitar é chato! Às vezes sai pelo nariz, queima a garganta, suja a roupa, o carro… Mas não tem jeito. Em algum momento, você passou ou vai passar por isso. Eis aqui algumas dicas para você fazer isso de forma glamourosa. Vamos deixar a Gloria Kalil orgulhosa!

Vamos para as regras de etiqueta do vômito…

Primeira regra: Não vomite em público.

Mulheres bêbadas deitadas

Créditos: Jules Mattsson

É muito feio você sair correndo da pista, do bar, da sala ou do quarto com as mãos na boca e o vômito escorrendo entre os dedos.
Sempre que você vai vomitar, o seu organismo te envia sinais que te darão tempo suficiente para procurar um lugar decente para colocar aquela bebida que te fez mal e aquela comida mal digerida para fora.

Diga: “Me desculpem, mas tenho que vomitar”, e vá andando de forma casual até o banheiro pra se aliviar.

Segunda regra: Nunca se curve.

Ok. Você já se ligou que vai vomitar. Mas você não quer cagar a sua roupa toda e nem transformar o banheiro em um chiqueiro. Além disso, você não quer vomitar pelo seu nariz. É doloroso! O vômito é ácido e arde horrores.

Um dos maiores erros que um vomitador pode cometer é se curvar. Isso coloca pressão sobre o diafragma e faz com que o ato da expulsão seja muito mais difícil e doloroso. Pendurar a sua cabeça nesse ângulo, além de deselegante, praticamente garante um nariz cheio de algo que você não quer. Levante-se alto e orgulhoso (inclinado para frente, você não quer vomitar em si mesmo ) . Sim, orgulhoso! Você só bebeu álcool o suficiente para fazer até um bebedor experiente como você regurgitar. E, enquanto você está de pé, ereto e digno, perceba que direcionar o vômito é de importância estratégica e vital.

Terceira regra: Selecione seu alvo com cuidado.

Uma das maiores aflições do bebedor novato é o efeito gatilho do vômito. Um minuto atrás você estava rindo e fazendo careta com o limão da tequila e postando a foto no Instagram. No minuto seguinte, você está regando os pés do seu companheiro de birita mal digerida. Que coisa feia!

Você tem que estar preparado em todos os momentos. Você deve pré-condicionar-se para que a sua seleção de alvos não seja um ato instintivo e impensado. Digo alvo porque, uma vez que você escolher a direção em que vai vomitar, você tem que manter-se nela. Se você começar a vomitar em algo (os sapatos da sua namorada ou namorado, por exemplo), irá arranjar problemas. Tente vomitar sem acertar ninguém. Mas, se o lugar está muito cheio, escolha alguém que goste de você. Isso vai te salvar de ganhar um banho de bebida, um tapa na cara ou uma joelhada na virilha.

Se você vomitar em um desconhecido ou em alguém que não goste de você, provavelmente irá sofrer danos colaterais. Você já bebeu e gastou seu preciso dinheirinho com essas deliciosas bebidas destiladas e fermentadas. Arrumar um confusão e ser colocado para fora do bar irá te causar um prejuízo danado. Vomite, recupe o seu vigor e volte para as trincheiras!

Quarta regra: Evite roupas brancas.

O mesmo vale para objetos de valor sentimental e de propriedade de pessoas que lhe dão bebida, dinheiro ou sexo.

Roupas brancas podem ficar manchadas. Tente apontar para pisos de porcelana ou cerâmica ou para superfícies lisas: são mais fáceis de limpar. O ideal é que você arremesse a bile em algum compartimento, como panelas, vasos sanitários ou jarros vazios . Até mesmo um copo de cerveja irá reduzir os danos colaterais e, mais importante, vai sinalizar aos observadores que você é um vomitador experiente.

Quinta regra: Às vezes, é inevitável vomitar em outra pessoa.

Monstro vomitando

SAI DA FRENTE!

Créditos: Charlene Slimp

Acontece. Você encontra-se em uma multidão apertada e não importa a qual direção você se volte, há algum pobre coitado ali encarando você, pronto para tomar um banho. Se eu vejo alguém aumentando as bochechas, saio logo da frente!

Quando você percebe que não há jeito, vai vomitar em um ser humano, você deve escolher imediatamente entre amigos e desconhecidos. Como já escrevi parágrafos acima, tente escolher um amigo. É mais provável que ele te perdoe.

Para homens: se não tiver jeito, vai ter que ser em um desconhecido, entre um homem e uma mulher, escolha o homem. Ele pode espancar você , mas se você vomitar em uma mulher, vai tomar um banho de bebida no rosto e uma joelhada no saco. E se ela tiver namorado, ainda vai apanhar dele depois. Se você vomitar diretamente em um homem, pode ser que ele fique até compadecido e te pague uma garrafa de água depois.

Para mulheres: mais uma vez, a escolha perfeita é o homem. Mas preste bem atenção: se ele estiver acompanhado, pode ser que você também leve um banho de bebida no rosto e um tapa na cara. Tente escolher alguém desacompanhado. Pode rolar até uma paquera nesse momento tão peculiar.

Se você é do tipo que não quer incomodar ninguém, vomite nos seus próprios peitos. É um auto-sacrifício que eu não recomendo. Embora possa parecer nobre e possa salvá-lo de um soco, o vômito manchará a sua roupa. Além disso, você ficará fedendo a azedo e nem os garçons e bartenders irão falar com você. Seus amigos vão te sacanear e tirar fotos. Com sorte, as fotos vão parar no grupinho do whatsapp que vocês compartilham. Com azar, no Instagram e no Facebook. Para você, a festa acabou .

Sexta regra: Não limpe a bagunça.

Mulher vomitando

Foda- se!

Créditos: Jesse Fox

Quando chega a hora de limpar a bagunça, aqui vai um conselho: não faça. Isso é o que os perdedores fazem. Tentar limpar aquela pessoa que você vomitou para se desculpar só vai piorar as coisas.

OK, se desculpar poderá te salvar de levar uma surra, mas a sua dignidade de bêbado irá por água abaixo. Não há nada mais patético do que uma pessoa que acabou de vomitar rastejando em uma poça de vômito com uma toalha de papel na mão tentando melhorar as coisas. Você está bêbado e, afinal de contas, os bêbados não devem ser submetidos a tal humilhação e crueldade.

Não se sinta culpado por vomitar. Lute pelos seus direitos! Se pressionado, pergunte-lhes se eles realmente queriam que você mantivesse isso (aponte gentilmente para o material regurgitado) dentro de você.

Vomitou? Não importa se foi no chão ou em uma pessoa. Limpe os seus lábios com o primeiro material absorvente que encontrar pela frente e dê um sorriso. As pessoas gostam de sorrisos. O mundo seria um lugar melhor se todos sorrisem mais. Aproveite ao máximo esta oportunidade e deixe o calor do seu sorriso aumentar o vínculo humano entre vocês

Se esta abordagem ousada não faz o seu estilo, você pode fingir que vai desmaiar ou fazer cara de quem vai vomitar novamente e sair correndo para o banheiro. Esconda-se lá por pelo menos 20 minutos. Quando você voltar, os ânimos já estarão mais calmos e a sujeira já estará limpa.

Sétima regra: Volte a beber.

Mulheres bebendo juntas depois do vômito

Créditos: Wayne Viljoen

Algumas pessoas acham que, ao vomitar, a noite acabou. Que pensamento horroroso! Vomitar vai te fazer se sentir melhor. Além disso, você acabou de liberar um monte de espaço para beber mais.

Eu não estou dizendo que você deve ir apertar a mão do demônio líquido que fez você vomitar. Eu estou dizendo que você deve beber algo que irá acalmar o seu estômago: gin tônica. Ela desce acertando tudo. Confie em mim.

Bônus especial: os segredos do vômito

Qualquer adolescente frequentando o ensino médio corre o risco de vomitar nos sapatos do amigo ao lado. É preciso ser um bebedor experiente para correr para o banheiro antes de fazer uma verdadeira cagada.

O vômito é uma arma poderosa: ele irá esvaziar uma sala lotada, irá estragar a festa mais animada, vai fazer a sua namorada ou seu namorado desejarem o seu melhor amigo(a) .

Veja como fazer isso direito:

  • Ao primeiro sinal de problemas, fique em pé. Use boa postura. Você vai perceber que é muito mais fácil para direcionar seu fluxo. Eu aprendi esta lição com os cantores de ópera, que sabem o real valor de ser capaz de projetar .
  • Mantenha a boca fechada. Segure o máximo que você puder. Sinta a construção da força necessária se formar lá nas suas profundezas. Quando você não puder mais segurar, abra a boca e deixe fluir todo esse poder. Mantenha a sua postura ereta, como se estivesse cantando o hino nacional no pátio da escola. Você pode arquear o pescoço e a cabeça para a frente para dar um impulso extra. Certifique-se de usar seus lábios para canalizar o fim da cauda do cometa para bem longe de você.

Conclusão

E aí? Você já vomitou? Deixe aí mais alguns conselhos ou nos conte uma história engraçada envolvendo esse momento constrangedor.

Cheers!

Compartilhe:

  • rrsadv

    Em uma viagem de três dias, no lugar que eu estava só tinha vodka. Resultado: à noite eu não sabia mais quem eu era e onde estava. Já deitado em uma cama (não me lembro de como fui parar lá) a boca começou a salivar (quem entende sabe o que significa). Resultado: desesperado, a única coisa que achei foram meus sapatos, local onde despejei quase precisamente tudo. Não preciso dizer que os sapatos não prestaram mais, mesmo depois de lavados (tinha algo que não saia….) fiquei o resto da viagem descalso, pois não levei outro par….

    • huhauahuahuahu

      Se tivesse viajando ainda, juro que te mandava um novo par de sapatos!

  • Rafael

    há mais ou menos 2 meses alguns amigos deram uma festa com o dinheiro do trote porque passaram no vestibular, de graça e tudo open. tequila e vodka sem para nas duas primeiras horas de festa, la pelas 23h eu consegui chegar no banheiro e vomitar, a segunda vez votimitei no chao e a terceira na rua, mas o problema ocorre na segunda vez, que quando vomitei no chao, ninguem viu, o que foi incrivel, mas o vomito tava tao limpo que começaram a questionar se era agua ou vomito, um amigo meu jurou que era agua, resultado pegaram um rodo e tiraram o vomito para a beira da piscina .