Beber te deixa mais inteligente

“Você acredita que beber te deixa mais inteligente? Se não, confira o estudo científico que te deixará de boca aberta, e ávido por uma bebida.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (8 votes, average: 7.63 out of 10)
Loading...

E aí, jovens consumidores do áureo néctar da vida!? Hoje tenho uma boa notícia para vocês. Imaginem se o fato de ingerir uma bebida alcoólica pudesse lhe dar super poderes? Acha isso balela? Então, acompanhe comigo.

Beber te deixa mais inteligente

beber te deixa mais inteligente

Tem certeza que eu pareço mais inteligente agora?

Créditos: Irawan Subingar

Sabe aquelas noites em que você sai com os amigos, enche a cara de cana, beija o cachorro, grita com o poste, dorme de tênis e calça jeans e acorda com gosto de cabo de guarda chuva na boca?

Então, pare de se lamentar, esse pode ser o efeito colateral de estar ficando cada vez mais inteligente. Você pode até achar que eu estou maluco por dizer isso, mas se você confia na ciência, terá que aceitar meus argumentos!

Como beber te deixa mais inteligente?

Resolvo isso facinho!

Resolvo isso facinho!

Recentemente 2 estudos distintos balizam essa teoria: um feito no Reino Unido (o National Child Development Study) e outro nos EUA (o National Longitudinal Study of Adolescent Health).

Em ambos, pesquisadores mediram a inteligência de crianças e adolescentes de até 16 anos e as categorizaram em uma de cinco classes cognitivas: “muito burro”, “burro”, “normal”, “esperto” ou “muito esperto” (de novo, politicamente incorreto, mas tudo pelo bem da ciência, né?). Os hábitos das crianças americanas foram registrados por sete anos depois disso; já as inglesas foram acompanhadas por mais tempo, até os 40 anos. – Super Interessante

Acompanhando o envelhecimento dessas crianças, o estudo pode comprovar que as crianças do grupo “muito esperto”, quando adultas, consumiam mais álcool do que as do grupo “muito burro”. O que por dedução nos faz crer que devemos beber para sermos mais inteligentes, não é mesmo?

E não é só isso

Olha só, tão criativo que parece mágica!

Olha só, tão criativo que parece mágica!

Créditos: Niko Vass

De acordo com uma pesquisa da da Universidade de Illinois, a bebida pode melhorar a criatividade para resolução de problemas. A psicóloga Jennifer Wiley propôs o seguinte estudo:

40 homens com idades entre os 21 e os 30 anos foram submetidos a um teste para medir sua capacidade intelectual: receberam três palavras, e a prova consistia em adivinhar qual a quarta palavra que se encaixaria no contexto. 50% dos voluntários não ingeriu álcool, mas a outra metade bebeu dois pints de cerveja. O resultado foi inesperado: os participantes ébrios conseguiram resolver os problemas propostos em até 40% mais vezes que seus colegas sóbrios e em menos tempo. Os bebedores chegaram à solução em uma média de 12 segundos, 3,5 segundos a menos que seus colegas abstêmios.

Descobrimos que uma taxa de álcool no sangue de 0,07% limita a memória, mas melhora substancialmente a capacidade criativa para a resolução de problemas – Jennifer Wiley

Finalizando

Se beber te deixa mais inteligente, beba umas agora, e deixe sua opinião nos comentários 😉

Fontes: Metamorfose Digital e Revista Super

Você também gostará desses

Cerveja e marketing digital II Segunda parte da combinação entre cerveja e Marketing Digital, só que agora mostrando uma ação do Chopp Brahma aqui no Brasil.
Armageddon, a cerveja mais forte do mundo Conheça a Armageddon, uma cerveja que tem 12x mais álcool que as cervejas convencionais, ou seja, 65% de graduação alcoólica. A cervejaria responsável...
Gelando cerveja rapidamente: Chillsner Gelando cerveja? Isso é sempre de utilidade pública não é mesmo!? O que acham do Chillsner, o estalactite de cervejas? Vale o investimento?
Charles Bukowski: Porres e poesias Um post em homenagem a um dos símbolos do alcoolismo junto com poesias. O grande poeta Charles Bukowski, o "Velho Safado", é homenageado pelo Papo de ...
Eu não te juro amor, mas eu te Jurupinga Apresentamos a conhecida e temida bebida, Jurupinga. Uma bebida feita a base de combinações de vinhos brancos. Bem doce e adorada pelas mulheres. Conf...
Growler: o que é e para que serve Conheça o Growler, uma garrafa estilizada que serve para carregar sua cerveja pra onde quiser sem perder sua carbonatação. Confira agora!

Compartilhe:

  • Henrique

    Hahahha.. muito boas notícias!
    Mais fácil pra convencer as pessoas que uma certa dosagem de bebida pode deixar mais criativo. Sempre percebi que parte das preocupações é esquecida logo ao se começar a beber, e este estado facilita sua mente de trabalhar criativamente. Até mesmo a distração, tão sacrificada como vilã pelas pessoas ajuda no estado de criatividade. E dependendo do que você for fazer é bom. Por outro lado, dizer que quem bebe é mais inteligente pq aquele grupo que bebeu resolveu tais problemas é uma falácia. Existem vários tipos de inteligência, se os colocassem em provas de atividades motoras ou raciocínios lógicos complexos, provavelmente os que tinham bebido se sairiam mal. Houve um erro lógico no primeiro estudo também, de acordo com o texto escrito, não é quem bebe que fica inteligente, e sim quem é inteligente que passa a beber. Existem discussões que pessoas inteligentes possam se sentir mais pessimistas com a visão que tem do mundo por enxergar melhor alguns problemas que as pessoas menos inteligentes nem imaginam que exista. Beber ajuda a esquecer muitos problemas e preocupações. Ou distrair pelo menos!
    Abraços!