Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (45 votes, average: 8.40 out of 10)
Loading ... Loading ...

topo-cristalnaveia

Nem tudo são flores não é verdade? Tudo, mas tudo mesmo tem seu lado ruim e também aquela coisa de que tudo que é demais, em exagero de quantidade, acaba estragando e não fazendo bem de alguma forma. E isso inclui bebidas e drogas juntas.

E pensando nisso que criei essa nova seção no PdB chamada “O Lado B do Alcoolismo“. Nela eu vou tratar do lado negro da força, da parte ruim que existe no alcoolismo. O nome mesmo já diz, alcoolismo, ou seja, pessoas que não sabem dosar, não sabem se controlar, exageram e acabam em algumas vezes ficando alcoólatras, entre outras coisas.

Já deixo bem claro aqui que álcool em excesso não faz bem, apesar de fazer esse site com irreverência, etc. Agora aqui quem fala é o lado responsável do PdB ;), acreditem, existe. E já falo que faremos uma promoção aqui neste post, portanto, continue lendo ;)

Bebidas e Drogas, uma combinação que não combina

Pô aí, to numa nice!

Pô aí, to numa nice!

Créditos: Thevillagefool ©

E já vou começar com uma voadora com as duas pernas no peito, falando sobre bebidas e drogas, um assunto bem forte e que merece todo cuidado em todos os aspectos: as drogas.

Todos aqui sabem que a bebida “facilita” o encontro com as drogas e cigarro (falarei especificamente sobre as drogas e deixarei o cigarro para um post mais pra frente). Isso é fato comprovado. E pra começar devemos falar também que o álcool acaba sendo uma droga, assim como o cigarro, dentre outras várias substâncias, mas não quero entrar em detalhes sobre o que é e o que não é droga.

Se é só mais uma, então tá.

Se é só mais uma, então tá.

Créditos: StevenMiller

Já vi vários relatos de amigos meus que usam drogas falando que ao beber uma cervejinha, whisky, o que quer que seja, automaticamente a vontade de usar drogas acaba vindo à tona, e claro, quanto maior a quantidade de bebidas ingerida, maior fica a vontade de usar. Assim como o álcool deixa as pessoas mais “soltas”, desinibidas, acaba abrindo essas portas para as drogas.

Um ponto chave sobre isso, cabeça

Algo que me deixa encucado às sobre esse assunto é sobre essa coisa da cerveja influenciar o uso das drogas. Mas será mesmo que o álcool influencia mesmo assim? Não será a cabeça do indivíduo que é fraca? Porque se pegarmos alguém que já usou drogas e usa numa “regularidade”, entendo, porque o cara já experimentou, já sabe como é, etc, portanto ele acaba sentindo vontade de fazer novamente. Mas me passa pela cabeça o seguinte:

Por que o cara iniciou o uso dessas substâncias?

Mas esse é um ponto que varia de muitos outros pontos chaves, como amizades, influências negativas, vontade de usar, entre outros. O que você acha que pesa em cima disso?

Bebidas e drogas andam lado a lado

Infelizmente essa é uma verdade, não tem como. O álcool, como eu disse, é sim uma “droga” que pode ter graves consequências se não for consumido com responsabilidade, assim como todas as drogas, mas esse fato de ser considerado uma “droga”, as pessoas acabam levando os dois para o mesmo local. E hoje em dia está tão fácil andar com drogas, comprar, vender, que virou parte do cotidiano de alguns.

E de onde você tirou esse tema Dono do Bar?

Eu tenho vários e vários amigos, alguns usam drogas e outros não. Esses que usam eu pude perceber e inclusive me afirmaram quando eu perguntei sobre essa relação com as bebidas, realmente a vontade aumenta e eles não sabem explicar porquê.

Capa do livro Cristal na Veia

Mas um outro meio que me faz falar sobre esse assunto foi o Livro “Cristal na Veia”. O livro fala em primeira pessoa sobre o mundo das drogas. O autor é Nic Sheff, que usa drogas desde muito novo e conta tudo sobre sua relação com as drogas, o auge do vício, suas violentas recaídas e a necessidade de tratamento.

Foto do autor Nic Sheff

É um livro fortíssimo, muitas vezes eu sentia nervoso e tinha a impressão de estar com uma agulha perfurando minha veia de tanto detalhe que ele colocava. Não poupou e nem escondeu nada, falou bastante e muito bem sobre o tema.

E o que me chamou atenção foi essa relação dele com as drogas. Adivinhem qual foi a primeira que ele usou? Sim, álcool e aos 11 anos de idade. Não foi cerveja não, foram bebidas não especificadas por ele, mas admite que o que o levou a consumir a bebida foi a curiosidade de “ficar bêbado”, ele queria saber como era isso, o que acontecia, etc.

A genética

Um ponto interessante sobre isso foi ele comentar que os outros falavam que era genético, pois seu avô tinha bebido até a morte e ele era parecidíssimo com ele. Bom, não sei até que ponto a genética pode influenciar nesse caso, mas creio que ajude, mas não é algo “ponto final” e foda-se.

Quando bebe um álcool…

Bebidas e Drogas: Queda de braço com uma garrafa de cerveja

A dura luta contra a bebida

Créditos: Global Publicity

E mais pra frente do livro ele fala exatamente nessa relação entre a bebida e as drogas, que quando ele bebe, acaba sentindo mais vontades de usar drogas, fica mais “aberto”, digamos assim. É clássico, assim como o álcool te deixa mais “leve” e “solto” para papear, flertar, ele te deixa mais “à vontade” para mandar ver nas drogas.

Mas é aquela coisa que eu falei, eu nunca usei nenhuma droga, só o álcool mesmo, nem sei tragar um cigarro e nunca tive essa maldita curiosidade de experimentar qualquer tipo de droga, portanto não creio que essa coisa de beber sejá o principal peso para nego experimentar alguma droga. Eu acerdito que a curiosidade e logo depois a cabeça acabam influenciando muito mais do que o álcool. Mas claro, ele ajuda e muito nisso.

Chega de drogas e vamos pra promoção

Já que eu falei sobre o Cristal na Veia, vamos fazer uma promoção para que você leitor, sim, você mesmo com essa cara de babaca olhando pro monitor, você pode ganhar um livro. Pra participar é molezinha, siga o @bebado no twitter e mande uma mensagem no estilo “e ae @bebado, to por aqui participando da promoção #cristalnaveia”. Tem que ter @bebado e #cristalnaveia na sua mensagem. Feito isso você comenta por aqui também, pra confirmar sua participação, mandando seu twitter para eu conferir.

Feito isso depois eu sorteio entre os participantes o livro e enviamos para você o exemplar, tranquilo?

Finalizando

Bom, fico por aqui e gostaria de saber de vocês no que o álcool pode influenciar na utilização de drogas. Já usou drogas? Conte-nos sua história nos comentários, vamos discutir sobre esse assunto polêmico.

E caso você não consiga ganhar o livro na promoção, você pode comprá-lo no submarino mesmo, tá barato. Ele é bem forte, conta com detalhes o tratamento e a evolução do caso do Nic, entre outras coisas.

Sobre o Autor

Apenas mais um modafoca apaixonado por uma cerveja artesanal de qualidade. É o que comanda todo mundo por aqui, mas nem por isso deixa de ser modafoca e bater um papo de bêbado.

  • http://www.meninaquejoga.com Milena Wiek

    Participandoooo :)

    @meninaquejoga

  • Samurai

    opa postado la… já to participando hein!!

    mas muito legal o post… concordo, na minha opinião acho que não só o alcool mas todo o contexto da situação leva a experimentar as drogas, como dito no post, curiosidade, companhias, etc… se vc num tem curiosidade ou ninguém que fique botando pilha não vai ter interesse em ir atrás de outras drogas só por estar bebendo e tbm ocorre o contrário de mesmo não bebendo buscarem por outras drogas… sei lá acho que o alcool só te torna mais suscetível à aceitar o que está rolando no ambiente seja isso bom ou mal, claro de acordo com sua visão.

  • Samurai

    esqueci… =p @dankoudi

  • http://twitter.com/Danislytherin Daniela

    Essa discussão do que é droga e do que não é, é modafoca mesmo, principalmente, para nós baladeiros e apreciadores de uma boa breja gelada(no meu caso). Mas é Punk, porque eu fumo também um malborex, diga-se de passagem por conta do assunto,mas quando bebo, mesmo agora tendo que sair pra rua, fumo pra kanário, porque me instiga uma breja e um cigarrinho pra balancear, fico muito "satisfeita" bem mais depressa que meus amigos que não fumam(empapuça), por exemplo, mas fico também mais bebada, do que meus amigos que usam alguma outra substância entorpecente, que como dizem "segura" o efeito do alcool. Sei lá, sempre tive cabeça feita para as coisas que to afins, já experimentei, justamente porque tive a curiosidade e hj sou bem resolvida no que eu gosto e já passei da fase da experimentação. Não julgo ninguém, mas sou adepta da fiel verdade: Tudo que é DEMAIS faz mal.

  • vinícius

    é um assunto difícil mesmo. eu bebo e, quando bebo, gosto de fumar. não fumo toda vez que bebo, mas quando bebo da vontade… quando não bebo nem consigo fumar. acho melhor assim, pra evitar o vício mesmo(ou viro um alcoolatra fumante de uma vez). já usei outras drogas também, e usei bêbado… mas não é uma coisa da bebida, pois já tinha curiosidade de usar são(e tinha decidido experimentar a maconha e a cocaína). a questão eu acho que é, quando você bebe, fica mais descontraído, justamente a situação legal de se fumar um base ou cheirar a parada. quando a gente pensa em "sair do corpo", a primeira coisa que vem a cabeça é o álcool, porque seu efeito é mais aparente e é socialmente aceito, e quando a "beldura" não é suficiente, da vontade das outras coisas… essa é minha teoria, pelo menos. mas algumas coisas são diferentes. tipo, a coca é mais legal antes de começar a beber. o base as vezes é mais legal "puro"… enfim, vai do momento e de como você quer ficar.

    (pra não acharem que sou um drogado, até hoje participei de umas 8 rodinhas de base e cherei não mais que 10 vezes, a última foi em maio.)

  • http://twitter.com/chaverinho renata losilla – cha

    tb estou participando!!!
    http://www.twitter.com/chaverinho

  • Godoy

    Sou a favor e defensor dos excessos e dos estados alterados de percepção. Drogas! Adoro.

    • delma

      o seu corpo não precisa disso,Deus nos deu um só corpo pra que cuidamos dele,e voce está destruindo. leia um livro bom , converse com seus pais, procure DEUS , vá pra um lugar tranquilo,sinta o seu coração,de atenção aos seus amigos e principalmente a sua familia e procure ser feliz…

  • http://www.papodebebado.com/ Dono do Bar

    @samurai exatamente meu nobre, mas uma parada que eu falei e acho mto influente é a cabeça. Já estive em vários locais onde pessoas me ofereciam, meu irmão de consideração era um consumidor nato, mas nunca usei mesmo assim. Existem vários pontos :)

    @Daniela por ae mesmo, sabendo respeitar os limites, principalmente os seus, tá tudo certo.

    @vinicius entendi, bem complicado, mas eu prefiro ficar na minha cervejinha mesmo, é uma onda que eu acho totalmente suficiente, muito satisfeito :) Mas claro, vai de cada um ;)

    @Godoy hehehehe, cada um com seu cada um e vambora que vamo :)

  • Michael

    A bebida pode fazer o sujeito perder a noção do perigo das drogas. Oportunidades, companhias ajudam a cair na tentação de experimentar. Eu só consumo bebidas.

    Aguardo o sorteio do livro!

  • Michael

    Participando…

    @michauts

    • paloma dias

      eu acho que beber nao e legal nem quando se e adulto e muito menos quando se e adolescente.eu tenho 17 anos e nao vou mentir eu ja bebi sim, mas foi mais por inflencia das colegas;dos amigos.so pra nao ficarem me zoando por ser a unica certinha que nao bebia por ter nao medo mais obediencia aos meus pais…paloma dias

  • http://www.bolacomigo.com.br Juice

    Eu usei drogas muito pouco, muito pouco mesmo mas sou fumante a 10 anos… Para mim tem tudo a ver alcool e cigarro… Dá a necessidade de fumar mais quando se bebe… deve ser alguma parada quimica… Agora drogas mesmo não sei se influencia, eu acho o que mais influencia são suas companhias e seu estado de espírito. Se tiver com uma galera numa zueira e você quer zuar tambem… aí abrem-se aas portas para todo o tipo de experiência…

  • http://luisafmello Luisa

    está de parabéns a nova seção!! Adoro um trago, mas como estudante da área da saúde frequentemente acompanho situações onde o abuso do alcool causa problemas. é importante alertar as pessoas para as consequencias do abuso de alcool e outras drogas. muito boa a iniciativa! o negócio é apreciar com moderação! :) aguardando o sorteio

  • http://www.papodebebado.com/ Dono do Bar

    @Michael Tem essa também meu nobre, porém nunca aconteceu comigo, mas admito que pode influenciar sim.

    @Juice Tem um estudo que revela isso meu nobre, vi num filme. Com a bebida a vontade aumenta, aquela hisoria da bebida deixar a pessoa mais "alegre". Na verdade a bebida em si, sozinha, eu não creio que seja o principal fator, mas aliado com as más companhias, aí sim, pode ter resultados horríveis.

    @Luisa Vlw moça ;) Para uma profissional que atua na área de saúde é mais bizarro ainda, você praticamente sente na pele, vê o que acontece realmente. Felizmente não com você, mas com os outros, mas mesmo assim é forte.

  • http://gustavobarbosa.com.br Gustavo Barbosa

    @gustavobarbosa

    Bacana essa matéria, o foda das drogas que a maioria das pessoas começam a partir para drogas mais pesadas e acaba que o que era pra ser um momento raro de diversão e experimento vira um vicio e acabam controlados pelas drogas.

  • Naiá

    Tbm to participandoo!!!
    @NaiaDavid

  • Leandro Colares

    Tô participando também… @lecolares
    Depois comento direito sobre essa parada… mas de cara já digo que concordo plenamente…. a bebida meio que tira o pudor das pessoas e as torna mais propensas a tomar atitudes que condenariam se estivessem sóbrias.

  • Lucas Tobias Barbalho

    http://twitter.com/lucas_tb

    Ja mandei a mensagem la, agora to na espera pra ganhar!!
    E realmente esse é um grande problema!! Eu mesmo de vez em quando fumo na balada, e tomando alguma bebida realmente da muita vontade!!

  • Leo

    E pra comemorar a entrega do brinde que tal uma cervejinha??????????????

    E maravilha… Boa ou ruim…. Num vivo sem ela…

  • http://www.papodebebado.com/ Dono do Bar

    Até segunda esse resultado sai galera ;) Aguardem

  • Pingback: Resultado da Promoção #cristalnaveia › Papo de Bêbado. Sua revista oficial sobre Bebidas Alcoólicas.()

  • Edinho

    A ligação entre alcool e drogas existe pra quem usa outras substancias além do alcool.

    Principalmente para aqueles que gostam de estravasar de vez em quando**

  • Ronaldo Ramos

    Ótimo tema e muito bem falado e o que mais importa: em poucas palavras. Nesse caso, como disseram antes, o alcoolismo, as drogas (ílicitas) são bem complicadas de se debater no nosso país. Muitos fatos levam as pessoas a simplesmente experimentar e algumas acabam se deixando levar por elas. O tabagismo: Todos sabemos que o cigarro faz mal para quem fuma e para quem convive com fumantes e nem por isso é deixado de vender pois a procura não diminui. O alcool é a mesma coisa. Todos sabemos dos males dessas (drogas) mas mesmo assim vivenciamos com ela. Eu bebo socialmente e em minha casa não falta minha cervejinha, e minha jurupinga. Mas não fumo cigarro e não sou a favor da proibição do fumo em lugares públicos. Estamos em um país de livres escolhas e debater sobre isso é muito mais complicado do que podemos imaginar. So a favor da liberação das drogas sim mas com muito cuidado pois nesse fato temos os lados bons, (por exemplo, mais impostos para o bolso dos governantes, como sempre e, com a força da expressão o "fim do narcotráfico"). Bebo sim e acredito que com a liberação total, viveriamos num pais melhor assim como em vários países da europa. Mas com isso precisaríamos de uma grande reforma na constituição brasileira que ja esta passa e muito velha. Conheço alguns tipos de drogas(maconha,lsd,cocaína) e nunca deixei minha familia por conta disso e jamais prejudiquei alguem por conta delas. Não misturo as coisas. Tenho minha casa, minha moto e uma esposa que amo muito e sabe de tudo, minha eterna companheira. Abraços galeras…. LEGALIZE-JÁ!!

  • Raul

    O tema do post é interessante, mas nas ficou um pouco vazio, até porque é difícil ver uma pessoa falar de drogas sendo que nunca as utilizou.

    Mas, valeu a leutura!

  • Karen

    Não querendo ser chata, mas já sendo.

    Bebida alcóolica É uma droga LEGAL..
    O fato de ser legalizada e aceita pela sociedade não a torna menos nociva e nem muito menos deve ser tratada como “não droga”.
    E falo o mesmo para o cigarro.

    Falando assim, parece que cigarro e bebida alcóolica não são drogas.

    Aliás, tudo q se vende em uma DROGARIA, vulgo FARMÁCIA é considerado Droga LEGAL.
    E o mal uso de qualquer uma delas causa resistência do organismo e uma possível dependência
    Faça o teste com antialérgicos ou remédios para emagrecer, por exemplo. Principalmente os que têm anfetamina.

    Desculpa, mas antes de escrever um texto, por favor se informe melhor.

    Beijos

  • Leonardo Rechberger

    A 1ª vez que fumei (maconha) tava bebado e provavelmente não teria fumado sóbrio ,mas a vontade ja existia bem antes.

    hj fumo e bebo , mas não os 2 juntos (por experiências desagraveis ) , tenho um amigo que bebe pra carai e não gosta e fumar , msmo bebado na tinha/tem vontade , intao nao acho que uma coisa leve a outra…

    não acho que o uso de uma substancia leve a outra, eu por exemplo , fumo ganja , sou totalmente contra o cigarro e mtooo + contra outras drogas de laboratorio.

    "diga não as drogas" ,"faça o que eu digo e não o que eu faço " hueuheuhe

  • Francielle

    Eu comecei a beber com 16 anos… meus amigos usavam drogas e eu não tinha interesse. Porém depois de um ano, eu bebia todos os dias, e ia embora pra casa trocando as pernas. Não demorou muito pra eu sentir vontade de usar droga, pq eu ficava mto bebada e meus amigos não, ja q a cocaina cortava um pouco o efeito do alcool. Resultado: eu passei a usar pra conseguir beber mais… só q esse é um caminho perigoso, no começo vc usa pra isso.. e depois começa a fazer parte da sua rotina, vc passa a usar no dia a dia simplesmente por usar!
    Infelizmente eu tive que chegar no meu limite e quase morrer pra perceber as burradas q eu fazia.
    Hoje eu faço tratamento e tomo remedios fortes, não posso beber nem nada…tive sorte de conseguir assumir que tinha um problema e buscar uma solução, e minha vida não foi tão afetada por isso!
    Se eu pudesse voltar atras, não teria bebido tanto, nem começado a usar essas porcarias!
    Conselho: Se vc quiser começar a usar pra não ficar bebado, beba menos, o resultado vai ser o mesmo, com a diferença q isso só vai fazer bem pra vc!

  • blabla

    Postzinho ruim hein?
    Não disse nada, não esclareceu nada e ainda deixou assuntos interessantes de fora, provavelmente por falta de capacidade de elaborar argumentos.

  • paulo

    fui pingaiada e drogado por um longo periodo da minha vida, usei maconha, cocaina, extase, haxixe, lança perfume, cola de sapateiro, éter, benzina, gardenal, diazepan com cachaça, chá de lirio, cogumelo azul, fiquei quase louco, aliás parei estou louco até hoje, internado varias vezes, varias prisões, bastante decepções, muita ilusão e bastante humilhação, tirei proveito da situação, hoje sou um cidadão, porque tenho capital, sou cara de pau e brinquei com o lobo mal, coisa e tal, papo de anormal. , tchau/

  • Arnaldo

    Bebida, sim: Cerveja. Cigarro, não. Drogas, sim: maconha, cocaina, ritalina, lança, lsd. Cerveja eu bebo pra caralho, e sempre procurando novas marcas. Mas drogas cada uma das que eu ja usei, usei para experimentar, e sem o alcool como porta de entrada, ou desculpa: usei porque tava bebado. Dá para ter curiosidade e usar de tudo, desde que se tenha vontade, e controle para saber o seu limite e não estragar a sua vida e principalmente a vida dos outros. VIVA A VIDA e viva as drogas.

  • Antonio Tembe

    Este vicio torna os jovens mas baixo poucas brincadeiras maltaxx……………………………..okokokkoo,,,adeus

  • http://gabriel123 jose gabriel de lima reis

    a sirza do cigarro endentro da cerveja deixa a pessoa + beba ao nao

  • julio

    e preciso ter coragem e emcarar a realidade e a gier, atitude