Bebidas salvam vidas!

“As bebidas não ajudam somente as barangas do final da balada. Conheça alguns incríveis casos onde as bebidas salvaram vidas!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (13 votes, average: 9.15 out of 10)
Loading...

Aloha, pessoas! Depois de algum tempo afastado dos blogs, fui intimado pelo nosso amigo Dono do Bar a voltar a escrever, eu juro que vou tentar! – Assim como parar de beber…

Mas do que você vai falar, afinal?

Minha avó sempre me disse: “Se continuar bebendo desse jeito, vai acabar com a sua vida!”. Mal sabia ela que eu provaria o contrário. Eu tinha certeza que descobriria casos em que a bebida salvaria vidas!

E não é que aconteceu de verdade? Vou lhes mostrar alguns casos.

Vamos começar pelo início. Vocês, alguma vez na época de escola, devem ter ouvido falar num cara chamado Louis Pasteur. Se não ouviu, o cara é um nerd que nasceu em 1822, que aos 26 anos foi laureado com a concessão da Légion d´Honneur francesa. Resumindo? O cara era um gênio.

Louis Pasteur

Um belo dia, alguns cervejeiros da região onde lecionava o procuraram. Tinham um problemão em mãos: as cervejas que eles produziam estavam azedando muito, detonando com produções inteiras. O tio Pasteur (atenção ao sobrenome!) encostou a barriga na mesa, meteu a cara no microscópio e rapidamente arrumou uma solução: aquecer lentamente a cerveja até alcançar 48ºC e em seguida lacrar as cervejas hermeticamente para não haver mais contaminação. E assim foi criado o processo de pasteurização!

Mas o que diabos isso tem haver com salvar vidas?

Acontece que pouco depois disso, um cirurgião chamado Joseph Lister usou os conhecimentos do tio Pasteur para eliminar microorganismos em feridas e incisões cirúrgicas. E em 1871, o próprio Pasteur obrigou os médicos dos hospitais militares franceses a ferver todo o instrumental e bandagens a serem utilizados nos pacientes. Na mesma época, ele observou que deveria buscar a bactéria responsável por cada enfermidade e combatê-la adequadamente. Com isso descobriu diversas vacinas importantes, dentre elas a anti-rábica.

Que exemplo mais tosco!

Ok, vou tentar de novo…

Joe Galliott

O bom velhinho aí em cima se chama Joe Galliott, ele tem 65 anos e graças a seu bom e velho whisky ele ainda vive em sua casa, na Inglaterra.

Um belo dia, por causa de uma falta de luz, ele se desorientou dentro de casa e caiu no chão da sala. Com o sofá caído por cima dele – não me pergunte como aconteceu – e por causa de um problema de coluna, ele ficou preso durante 60 horas somente com uma garrafa de whisky ao seu alcance, que foi o que o manteve vivo para contar essa história. Ele foi salvo por um vizinho que o viu pela janela.

Joe passou então a manter sempre uma garrafa por perto, “por precaução”.

Nota: Colocar uma garrafa de whisky em cada cômodo da casa.

Essa valeu, conta outra!

Essa aconteceu bem aqui perto, em São Paulo! Durante uma invasão e tiroteio em seu bar, a senhora identificada como R., de 30 anos, estava pegando uma cerva. A sorte dela, foi que o freezer fica nos fundos do bar fazendo com que os atiradores não a vissem.

Nota: Mover o freezer para o lugar de mais difícil acesso de casa.

Putz, sortuda de uma figa!

É, mas pra fechar com chave de ouro, vai um vídeo que quase me fez chorar de rir:


Nota: Deixar uma caixa da cerveja que mais gosto próximo ao local mais propício ao suicídio.

Você também gostará desses

Stammtisch: música, cerveja e amigos… Stammtisch nada mais é do que barracas com grupos de amigos em uma rua da cidade. Nessas barracas, encontram-se pessoas, cervejas, cadeiras, cervejas,...
Nada como um bom motivo para beber Indicações do que leva um bêbado ao copo e mais algumas observações sem sentido por uma bebedora também sem sentido.
Escravo criou a receita original de Jack Daniel... Você sabia que um escravo criou a receita original de Jack Daniel's? A notícia apareceu agora no aniversário de 150 da marca. Confira!
Jack Daniel’s Master Distiller #1 A marca de Tennessee mais famosa do mundo lança o Jack Daniel’s Master Distiller #1, uma edição especial da bebida homenageando seus produtores e cria...
Tumba de um Mestre Cervejeiro de 3 mil anos é acha... Foi achada no Egito uma Tumba de um Mestre Cervejeiro de 3 mil anos. Foi encontrada em Luxor, no sul do Egito por japoneses. Seu nome era era Junsu-Im...
Como surgiu o brinde, tim-tim? Como surgiu o brinde? Aquele famoso gesto que fazemos entre os amigos antes do primeiro gole. Um pouco da história do brinde, o gole pro santo e muito...

Tags:

Compartilhe:

  • Tiago

    huiahiauhaiuhaiu … pavorow

  • Vou contar uma história que aconteceu com um amigo de um amigo meu.

    Joaquim estava no bar bebendo com os amigos quando deu 2 da manhã e resolveu ir embora.

    Joaquim começou a se despedir da galera quando Eduardo insiste para ele tomar mais uma.

    Bom amigo como ele é, Joaquim resolve ficar mais um pouco, para não fazer desfeita.

    5 minutos depois todos ouvem um estrondo. Ao olhar em direção de onde o barulho veio, eles viram um caminhão tinha batido no ponto de ônibus e atropelado 5. Justamente o ponto onde Joaquim iria esperar seu ônibus chegar!

    Se ele não tivesse ficado no bar para uma saideira, com certeza Joaquim não estaria mais entre nós.

    Essa é uma história real e aconteceu com um amigo de um amigo meu. Acreditem!

  • Oh, Johnny, vi essa a notícia do cara no preso no sofá esses dias atrás e pensei a mesma coisa que vc, vou deixar uma garrafa de whisky em cada cômodo…eheheh

    Os outros exemplos, sem noção…ehehe, mas além de salvar vidas, beber (como moderação) também deixa a vida mais divertida e alegre…..

    @Victor, é por essas e outras que não saio do bar sem tomar a minha saideira…rs…

  • Regina Lima

    concordo com Allan a saideira salva vidas alem de noites rsrs , esse é realmente um papo de bebado rsrs amei os "causos" !

    bjs galera

  • Biel

    Continue postando sim hahahaha, muito bom os posts, a cada post bom o link vai pro twitter ou encaminhado pra emails huahua !

    Abraços