beermapper

BeerMapper – como as cervejas se relacionam

“Vem pra mais uma matéria cheia de ciência e tecnologia. É o BeerMapper que promete facilitar e muito a nossa vida de apreciadores de cervejas.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (6 votes, average: 8.17 out of 10)
Loading...

Sabe o que me dá tesão de escrever aqui no Papo de Bar? É poder sempre pesquisar e estudar os mais variados assuntos, para esclarecer as dúvidas e entender como as coisas funcionam.

Desde pequeno sempre foi assim, já quebrei muita coisa pra ver como era por dentro e entender como elas funcionavam. E adoro trazer os mais variados campos da ciência pro bar… Matemática, física, biologia, química…

Mas vamos deixar de lenga lenga e falar sobre o

BeerMapper

beermapper

Bom, pra falar do BeerMapper, vou começar pelo seu idealizador, o Kevin Jamieson.

Kevin é um estudante de Ph.D. da universidade de Wisconsin. Parte do campo de estudo dele, é unir o conhecimento humano, com a alta capacidade computacional disponível nos tempos de hoje.

O insight que ele teve para colocar em prática o que vinha estudando foi o seguinte: Ele foi a um bar e bebeu uma das melhores cervejas de sua vida, mas não conseguia se lembrar de qual era no dia seguinte. Voltou ao bar e disse ao atendente todas as caracteristicas que ele se lembrava, conseguindo reduzir de um total de 40 cervejas daquele tipo, para 6. A partir daí, foi só experimentar as 6 e encontrar a sua cerveja.

Algorítmos e Cerveja

Vamos lá que a agora a porra tá ficando séria, filhotes de Hippocampus erectus!

O nosso amigo Kevin, trabalha com uma pesquisa que podemos chamar de classificação ativa, que se foca em responder a perguntas de formas comparativas. Algo mais ou menos assim: Nós humanos falamos essa cor é “verde”, ou essa cor é “amarela”. Ele usa o algorítmo dele para comparar 2 cores e dizer se uma é mais verde do que a outra. E fazendo comparações em sequência, ele consegue chegar na mais “verde” das cores.

E ele aplicou essa pesquisa, em cerveja. Ele utilizou o banco de dados do ratebeer.com com mais de 10 mil cervejas e fez uma medida de cada característica das cervejas baseado no peso em que cada uma delas tem em relação ao todo, utilizando o sistema de TF-IDF (Freqüência do Termo – Freqüência Inversa do Documento). Falando assim é complicado, mas veja como uma análise dessas se parece:

beermapper

Agora sim, tô começando a entender…

Depois de criar uma representação de palavras para as cervejas, o passo seguinte é encontrar as 100 cervejas mais próximas de cada cerveja de acordo com um algoritimo de distância euclidiana.

A comparação

beermapper

Ô dúvida cruel…

Depois disso o sistema de Kevin começa a te perguntar, entre duas cervejas, qual você mais gosta.

Após algumas respostas, o BeerMapper já consegue mapear para você qual o tipo de cerveja que você gosta e ainda sugerir qual outras que você não conhece que tem características muito semelhantes.

Seria como detalhar o “Genoma das Cervejas”

Extraindo os dados

Com esse tipo de análise, chegamos a dados como esses:

beermapper

O amargor dos tipos de cerveja, quanto mais escuro mais amarga

beermapper

O malte por tipo, as mais maltadas são as mais escuras

beermapper

As cores das cervejas por tipo

beermapper

E como não podia faltar, as cervejas que você mais gosta

 

Finalizando

Um porém, é que o BeerMapper ainda não está nas lojas de aplicativos, nem da Apple, nem do Google. Segundo Kevin o aplicativo está 97% pronto, mas ainda faltam alguns ajustes de usabilidade da interface, para tornar tudo mais intuitivo e menos confuso para os usuários finais.

Eu não sei vocês, mas cada vez que eu vejo uma prova de conceito como essa que executa de forma tão graciosa a captação de um conjunto amplo de informações, como são as características de uma cerveja e exibi-la de forma tão detalhada e qualitativa para um usuário, eu fico embasbacado e maravilhado com o poder que temos de utilizar o conhecimento a nosso favor.

O que vocês acham?

Fonte: Brainstorm#9

 

Você também gostará desses

Gelando Cerveja rapidamente: nova técnica com guar... Aprenda a gelar a cerveja de uma forma muito rápida e simples, usando somente papel toalha, a lata ou longneck de cerveja (óbvio) e água. Sim, só isso...
Caneca para o Fim do Colarinho nas Cervejas Uma caneca para aquelas pessoas que odeiam o famoso colarinho no chopp ou cerveja. Criado pela equipe de design da Sinapsis Team, da Argentina, eles p...
Sobre cervejas e porres rápidos Você sabia que o copo é o grande responsável por bebermos cerveja mais rápido? Estudo comprova que copos curvados fazem com que as pessoas não saibam ...
Viva la longneck Todos nós, bebedores, adoramos copos, principalmente quando são inovadores. E esse é um dos copos mais interessantes e diferentes que já vimos. Vale c...
Corpete com anéis de lata Uma resenha fashion-etílica da cafonice alheia. Um corpete alá época da Chica da Silva, mas feito com anéis de latinhas de cerveja.

Compartilhe: