Cecília Aldaz: Obsessão por vinhos e estética

“Um artigo falando sobre a Cecília Aldaz, uma das sommelière mais respeitadas do mundo do vinho, não fala sobre suas qualidades, somente de sua beleza.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (2 votes, average: 9.00 out of 10)
Loading...

O Dono do Bar me mostrou um artigo de um site conhecido no qual, ao se referir a Sommelière, de cara já tenho preguiça do titulo que diz: “A musa dos vinhos: conheça a mais bela sommelière do Rio de Janeiro”. Porém, como uma boa pessoa teimosa, resolvi ler até o final pra saber mais sobre a Cecília Aldaz.

Ao terminar, tive que desfazer minha cara de nojinho e obviamente escrever sobre esse e todos os outros artigos que ainda cismam em achar que estamos no XIX ou XX e só falam da beleza da mulher.

Qual o problema em elogiar a Cecília Aldaz?

Cecília Aldaz

A verdade é que não tem nenhum problema de achar uma mulher bonita. O grande problema é quando os homens esquecem que elas tem um monte de habilidades. Parece que quando você é mulher e bonita, todas as suas outras qualidades são secundárias e as pessoas só querem dizer o quanto você é bonita.

Cecília Aldaz é uma das sommelières mais respeitadas do Brasil (se não for a mais). Ela é argentina, já ganhou prêmios na sua categoria, estuda pra caramba, provavelmente bebe mais que muito homem por aí e tudo que essa matéria tem a dizer é o quanto ela é linda, casada e mãe de uma criança de dois anos?

Ah! E o artigo ainda tenta naturalizar o fato dela estar no restaurante e sofrer assédio o tempo todo por parte dos frequentadores que dão até presentes a ela.

Mas nossa, ela deveria agradecer por isso, é sinal que ela é linda e tem o homem que quiser aos seus pés

Cecília Aldaz

Só que não, né? Quando uma mulher é assediada não tem nada de elogio a ela e nada a ser agradecido. Acredito que todas as leitoras já foram assediadas enquanto só queriam beber uma no bar e todas nós sabemos que isso não é nem um pouco legal.

Entendam que assédio é diferente de flerte. Flertar com alguém é uma das coisas mais gostosas que podem acontecer no bar ou na balada, o problema é quando o cara não consegue entender que o flerte dele não está dando certo e insiste virando assédio.

O artigo ainda reforça a competição entre mulheres ao dizer que as companheiras dos homens “fuzilam” a Cecília com o olhar. E reforça também o estereótipo da mulher bonita que seria a branca, magra, cabelos longos e todo esse papo que nós já conhecemos.

Finalizando

O mundo tem que começar a aceitar que as mulheres estão aí pra mostrar que podem. Que podem ser mestre cervejeiras, podem ser sommelières, podem beber mais que os homens, podem ser chefes de homens e podem ser completamente inteligentes.

Apenas aceitem isso e comecem a valorizar todas as qualidades das mulheres e não apenas sua beleza. Tenho certeza que será bem mais útil e justo para toda nossa sociedade.

Beijos.

Você também gostará desses

Casa Valduga segue impressionando no mercado de vi... A Casa Valduga segue impressionando no mercado de vinhos e ganhando diversos prêmios, tanto com suas cervejas quanto com seus vinhos.
Imagens que dão água na na boca Nossa Loira mostra à vocês algumas imagens selecionadas por ela, que tenha algum tipo de bebida como destaque. Vale o clique.
Isso que eu chamo de ter peito Nada como tomar um shot bem servido, ainda mais se quem te serve são um belo parte de peitos.
As confidências do bar O bar é um ótimo lugar para fazer amigos, conversar, beber, dentre outras coisas. As confidências do bar são coisas recorrentes de todo bebedor. Você ...
Burradas da Vida Essa é um pequena história que ilustra como uma decisão baseada no fácil pode sacanear uma vida.
Mentiras que falamos no bar Quem aqui nunca mentiu? Sim, todos nós, seja uma mentira branca ou uma mais bizarra. E no bar? Veja as mentiras que falamos no bar mais ditas e repeti...

Compartilhe: