Máquina que faz cerveja

The Williams Warn Personal Brewery: Cerveja Artesanal com um pouco mais de tecnologia

“Conheça o The Williams Warn Personal Brewery, uma máquina compacta para produção de cerveja artesanal. Um pouco cara, mas que ocupa um pequeno espaço, perfeito para que tem dinheiro e pouco espaço.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (1 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Falem aí meus pequenos, porém astutos leitores de tecnologia. Hoje vou entrar em um assunto conhecido de alguns aqui do “botequim”, e em outro nem tão conhecido assim.

Falarei por alto do processo de criação de uma cerveja artesanal e suas fases mais importantes.

A preparação de uma cerveja artesanal

Máquina que faz cerveja

Apesar de a cerveja artesanal ser preparada apenas com lúpulo, malte de trigo (ou cevada), água e leveduras de cerveja (fermento), preparar uma batelada do glorioso líquido não é nada fácil. É necessária uma gama de equipamentos específicos ou improvisados, uma higiene impecável e muita, mas muita paciência mesmo, pois na maioria das vezes se leva mais de 20 dias no preparo do âmbar da vida.

Tá bom, tá bom cara, mas aonde você quer chegar com toda essa ladainha?

É o seguinte incauto internauta apreciador de conteúdos de qualidade… Eis que fiquei sabendo do conceito de cervejaria pessoal: o The Williams Warn Personal Brewery.

O espaço que ela ocupa é relativamente pequeno em relação aos equipamentos usados na produção caseira, e o melhor de tudo, a cerveja fica pronta em sete dias! Visite o site para saber mais sobre a bugiganga.

Olho da cara o.O

Ela custa 5.660 dólares neo-zelandeses, o equivalente hoje a R$ 9.500,00 (apenas).

Máquina que faz cerveja

Alguma das vantagens citadas pela empresa em relação ao processo de produção de cerveja artesanal (O texto está em inglês no original, a tradução é minha):

  • Não é necessária experiência para fazer uma boa cerveja.
  • Controle perfeito de temperatura durante a fermentação, assim a levedura não foge do sabor e nem gera subprodutos que causam dor de cabeça.
  • Limpeza e esterilização feitas por calor, então não há cerveja contaminada.
  • Muito pouco esforço envolvido, no inicio, 1 hora e meia de trabalho, para 23 litros de cerveja em sete dias.

Outro fator que eu achei excelente, é que você tem a total liberdade de combinar os ingredientes da maneira que bem entender, para assim, criar os mais variados sabores de cerveja.

Finalizando

Ian e Anders brindando

Eu agarantcho!

E você meu amigo? Compraria uma cervejaria pessoal? Ou acha que o bom e velho processo de criação da cerveja artesanal é o que dá o valor a cerveja? Você produz sua própria cerveja? Conte-nos um pouco mais sobre ela.

Deixe suas impressões e sugestões nos comentários.

Você também gostará desses

Beer Buddy: Um app sobre cerveja e harmonizações Informações sobre cerveja, veja as características que harmonizariam perfeitamente com a comida que você está pensando em comer, que sensação você tem...
Caneca para o Fim do Colarinho nas Cervejas Uma caneca para aquelas pessoas que odeiam o famoso colarinho no chopp ou cerveja. Criado pela equipe de design da Sinapsis Team, da Argentina, eles p...
Corpete com anéis de lata Uma resenha fashion-etílica da cafonice alheia. Um corpete alá época da Chica da Silva, mas feito com anéis de latinhas de cerveja.
Mini Refrigerados USB Mais um gadget alcoólico para você não perder a chance de tomar uma cervejinha geladésima no recreio do seu trabalho.
Tabela periódica dos estilos de cerveja Lembra daquela tabela periódica com os elementos químicos? Agora existe uma tabela periódica com os estilos de cerveja. Muito mais útil, não é verdade...
Uma garrafa que mantêm sua cerveja gelada por 24 h... MIRA Beer Growler, uma garrafa que mantém sua cerveja gelada por ate 24 horas.

Compartilhe:

  • Murilo Brunialti

    Produzo cerveja em casa com um equipamento tradicional com capacidade também de 20 litros. Compraria um equipamento deste fácil, porém se fosse de uma capacidade maior… gastar toda essa grana pra fazer a mesma quantidade de um equipamento que custa 20 vezes menos não rola.

    • Concordo com você, mas tem um ponto aí, nessa história toda. Dá pra fazer cerveja de 7 em 7 dias… Diferente do que você produz artesanalmente, estou certo?

      • Murilo Brunialti

        Sim, se estiver falando de um lote 100% pronto. Na verdade o equipamento tradicional permite fazer quantos lotes de cerveja você quiser, mais de um por dia inclusive! Só que tem que ser um de cada vez… O limitante é o fermentador (normalmente um balde). Se vc tiver vários fermentadores, pode fazer vários lotes! Se vc tiver um só, vai ter que esperar o lote ficar pronto para lavar e usar ele novamente.

        Taí um aspecto deste equipamento que eu não tinha percebido… a cerveja fermenta no equipamento, e vc não consegue usar ele enquanto ela não termina de fermentar.

        • Já é um novo olhar sobre o assunto. Pra quem tem vários recipientes fermentadores, a máquina já não é tão funcional…

          No mais, acho que é interessante o conceito, mas o valor ainda é muito alto se for apenas um hobby.