Cerveja em pó. Pó bota o pó aê

Tava esses dias sentada em um café ali na região da Av. Paulista. Como em muitos lugares em que estive nos últimos meses, há em cada uma das mesas a divulgação de uma capirinha que vem pronta. Não porque o barman a faz, meus amores, mas porque é só tascar a vodka e depois, nada de espreme aqui, espreme ali, bate e chacoalha, tudo é muito tecnológico; basta abrir o pacotinho e despejar o pozinho, mexer e ali está: sua caipirinha, e tem em diversos sabores!!

header-cervejapo

Não conseguiu visualizar? Então vamos para algo mais reconhecível: água e suco em pó. Pronto, a lógica é a mesma. Pois é, esquisito como for a parada deve ter feito algum sucesso porque já atingiu outro nicho no mercado de bebibas alcoólicas: a nossa tão estimada cerveja.

Um pint, mas cadê a manguaça?

Pint da cerveja em pó

No site que comercializa o produto tudo o que se diz é que o pó foi fabricado e idealizado por um químico de Munique e que é revolucionário, pois graças a essa invenção a levedura fica congelada de forma que depois seja dissolvida na água, uma caixinha custa custa £7,95 e vem com seis dos saquinhos inovadores.

Mas como funciona?

cerveja-po

Misturado com água um saquinho faz até 1 pint. Um pint inteiro é bebiba pra começar a nossa felicidade, mas aí eu me pergunto: e o álcool? Faz algum sentido essa bebida ser alcoólica? Obviamente que não, já que ele não seria retido pelo composto químico em pó, para ser bem simplista tal elemento não é estável o suficiente para tanta tecnologia.

Dessa forma, essa cerveja deve ser (uma especulação particular) parecida como a Liber só que no modelo chá inglês, é só pegar o pó e dar uma misturadinha com uma colher. Dá até pra tomar na xícara naquele almoço na casa da vó e disfarçar, hein hein?

Mas cadê o álcool?

Mas cadê o álcool?

Vou contar que novidades à parte, sem álcool eu perdi, diríamos assim, o interesse substancial pela novidade. Agora, chegando em terras de Piratininga, a gente brinda ao químico de Munique para que venham mais inovações para a boêmia de plantão aqui.

Você também gostará desses

Charles Bukowski: Porres e poesias Um post em homenagem a um dos símbolos do alcoolismo junto com poesias. O grande poeta Charles Bukowski, o "Velho Safado", é homenageado pelo Papo de ...
O Rock in Rio 2017 chegou: Saiba tudo sobre o prim... Dia 15 de setembro começa o Rock in Rio 2017. A maior versão do evento ocorrerá no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro. Confira os detalhes do primeiro...
A Adriática e sua história Saiba mais sobre a Adriática e sua história, uma cerveja para desbravadores, com pegada, para beber com os amigos. Uma bela história que ressurgiu das...
Cerveja e Marketing Digital Uma ótima campanha feita para uma cervejaria, um desafio feito pela cervejaria Spendrups à sua Agência para conseguir uma Campanha diferenciada, total...
Repense Cerveja: Isso sim é que é festival cerveje... Veja o que rolou no Repense Cerveja 2018, evento cervejeiro organizado pela Cervejaria 2Cabeças. Muitas cervejas de qualidade e bom papo.
Mas por que ficamos bêbados? Viemos para lhes surpreender. Por que ficamos bêbados? Os efeitos do álcool no corpo e na mente, os estágios da embriaguez e muito mais, só no Papo de...