Cerveja faz bem à saúde

“Quem disse que a cerveja faz mal e engorda? Estudos mostram o quanto as pessoas estão enganadas e mostra o quão bem faz a cerveja e sua matária-prima.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (47 votes, average: 9.06 out of 10)
Loading...
Eu bebo siiim...

Eu bebo siiim...

Créditos: Tiago Zaniratti

Parece mentira, mas não é. O título que você leu faz sentido e é a pura verdade. Mas claro, dentro de um certo limite, não vá pensar que quanto mais cerveja você tomar, mais saudável estará. Quem dera se fosse assim, mas a história não é assim não, vamos com calma.

Dizem que beber cerveja MODERADAMENTE (leram? moderadamente) tem 30% menos risco de contrair Mal de Parkinson. Um trecho do livro Larousse da cerveja:

a cerveja proporciona melhoria dos estados ansiolíticos e depressivos e diminuição dos riscos de infarto e cardiopatias em geral, além de aumentar a resistência contra infecções

Bom, a primeira parte eu não entendi muito bem não, já estou aqui com algumas cervejas para me manter saudável :D. Mas só pela diminuição de infarto e cardiomodafocas em geral, tá valendo. Vai ver que é por isso que nego quando ta triste, deprimido, bebe cerveja, pois como melhora essas paradas depressivas, o remédio é beber.

A cerveja e suas propriedades

burble... burble...

Créditos: Tambako the Jaguar

Bom, na sua grande maioria, a cerveja tem baixo teor alcoólico, mas vamos levar em consideração as pilsens tradicionais, e que além disso, possui vitaminas e minerais modafocas úteis para o organismo. Quem diria hein. Fora a grande vantagem de ser feita com água, levedo e malte, principal matéria-prima, considerados de fácil controle. Aquela velha história “a água é boa mas pode ter coliformes fecais, a cerveja nunca”. Resumindo, é higiênico, dependendo, óbvio, do estabelecimento onde está sendo bebida, assim como o copo.

Maneirando pra não dar merda

Como eu falei lá em cima, não pense que enchendo a cara você ficará saudável, a cerveja tem que ser tomada com cuidado. Ok, nem sempre, na sua formatura, por exemplo, você pode ir falar rapidamente com Deus de tão bêbado, mas isso deve ser uma exceção, ou pelo menos tentar fazer isso :).

Mas então Dono, ela engorda ou não engorda?

 

Engordar eu não, mas eu não tinha essa barriga[ /caption]

Créditos: fuzzirella

A pergunta que não quer calar né? Mas pasmem meus nobres, uma pesquisa feita pelo Scientific Institute for Public Health Louis Pasteur, da Bélgica, informou que essa relação não existe. O que ocasiona a famosa “barriguinha” são fatores sócio-econômicos, presença ou não de doenças crônicas, tabagismo, hábitos alimentares, atividade física, idade e acesso a assistência médica.

Mas como?

Ta boladão na pracinha agora? Então quando você souber que no grupo de pessoas analisadas durante um ano, o subgrupo dos bebedores de cerveja era menos obeso que o subgrupo dos não-bebedores de cerveja, você vai ficar mais bolado não é? Pode parecer mentira, mas ao invés de reclamar da barriga indesejável, faça um exercício diferente do levantamento do copo, pare de fumar, etc.

Mas caso você não ligue pra “barriguinha”, foda-se mesmo.

Relação bebida x petisco

nham nham... =P

Petiscos com cerveja

Engordar eu não, mas eu não tinha essa barriga

O que ferra também aos que bebem cerveja é que quase nunca eles estão comendo algo decente na hora de beber. É quase certo um bife acebolado, uma calabresinha acebolado, um provolone a milanesa, entre outras delícias que possuem um número alto de gorduras e calorias. O que é diferente com a maioria dos que bebem vinho, que geralmente seguem uma dieta legal.

A cerveja e seus nutrientes

Tem cerveja aqui?

Tem cerveja aqui?

Créditos: kidneri-rebel

Por mais que as pessoas não acreditem, a cerveja é uma bebida nutritiva e há muitos séculos faz parte da dieta humana. Abaixo segue um trecho da Larousse da cerveja interessante:

Conhecida como “pão líquido”, não era associada aos malefícios do alcoolismo até há bem pouco tempo, quando os movimentos religiosos da temperança no final do século XIX e o conhecimento dos efeitos do álcool no organismo já no século XX a classificaram como uma bebida alcoólica sujeita ao controle das autoridades. Entretanto, seu mérito como supridora de vitaminas e outros ingredientes, e seus benefícios à saúde, desde que consumida com moderação, não podem ser ignorados.

Há muito tempo atrás ela era consumida por pessoas religiosas, entre outras entidades, que trocavam o pão pela cerveja, muito por causa de seus nutrientes e vitaminas. E um dos responsáveis por isso é o lúpulo, que antigamente era usado até como cosmético, acredite se quiser. Existem outros termos muito técnicos, conteúdo como complexo B, cálcio, entre outros, mas não vou alongar muito isso.

Os efeitos fisiológicos da loura

Base de um copo de cerveja

Créditos: SonOfJordan

Não só a nossa loura gelada, mas todas as bebidas alcoólicas em si, quando bebidas moderadamente, trazem benefícios, ajudando na redução de problemas cardiovasculares. Além disso, a cerveja é diurética, então, se você estiver com pedras nos rins, beba cerveja que essa pedra sai que é uma beleza 😀

A prova disso foi um estudo feito pelo Jean-Jacques De Blauwe, que colocou pacientes em jejum bebendo 1 litro de cerveja e outros bebendo 1 litros de água. O resultado foi que os caras da cerveja excretaram 1,012 litro de urina, enquanto os caras da água água excretaram apenas 385 mililitros. A análise revelou também que a quantidade de potássio eliminada pelos que beberam cerveja foi menor que a eliminada pelos que beberam água.

Finalizando

Bom, a cerveja além disso tudo dito acima, inibe bactérias e protozoários, entre outras coisas bem interessantes. Portanto, antes de falar que a cerveja ou o álcool ou whatever, são o mal desse mundo, pesquise e veja que na verdade o mal desse mundo é o ser humano, que nunca se controla, é mal tratado quando criança e começa a beber exageradamente, usar drogas, enfim… A culpa não é do álcool em si e sim dos animais que o utilizam de forma errada.

Um brinde à cerveja. o/

Fonte: Livro Larousse da Cerveja

Você também gostará desses

Valar Morghulis: A nova cerveja de Game of Thrones A famosa série Game of Thrones mostra sua nova cerveja, onde fãs decidiram qual seria o nome numa votação online: Valar Morghulis, uma Dubbel, no esti...
Cervejas não irão mais patrocinar festas universit... A Cerv Brasil proibiu que as grandes cervejarias patrocinem eventos universitários open bar, pois as festas têm o intuito de ser de consumo exagerado....
Copa do mundo, cerveja e o espírito brasileiro Copa do Mundo, maior evento futebolístico e quiçá do esporte mundial. Evento que para países, que para pessoas, une torcidas rivais atrás de um único ...
Bebida e Futebol A venda de bebidas está proibida dentro dos estádios brasileiros, mas com a Copa do Mundo a FIFA pensa em voltar atrás na decisão. O que você acha?...
Cerveja Proibida: A cerveja que trollou o pânico A cerveja Proibida é lançada no Brasil com as duas Tchecas lindas e gostosas que acabaram trollando o pânico por causa da Skol que é patrocinadora do ...
Cerveja feita com levedura achada na barba de um c... John Maier, mestre cervejeiro da Rogue, começa a produção de uma cerveja artesanal feita com levedura achada em sua barba, que é cultivada há mais de ...

Compartilhe:

  • Interessante!!! Então, galera, beber é o melhor remédio!!! Principalmente se você estiver meio riste, macambúzio e sorumbático! Aproveitemos! Rarará!
    Mas não concordo com a parte que fala sobre a cerveja ser amiga dos rins. É muito pelo contrário. A cerveja contém substâncias que inibem a ação do hormônio antidiurético, daí a boa fama de diurética e, por tabela, de amiga dos rins, já que facilitaria o serviço de filtragem das impurezas do sangue. Mas na verdade, mesmo composta por 95% de água, a bebida possui etanol suficiente para desidratar o organismo. Presente nos drinques alcoólicos em geral, é ele que inibe o hormônio antidiurético, provocando aquela vontade constante de fazer xixi. Por isso, o corpo perde líquido e a concentração de toxinas no sangue aumenta rapidamente. Aliás, todo bebum que se preza sabe que o álcool leva muito tempo pra ser metabolizado. E por esse mesmo motivo que é recomendado alternar copos de água com os de cerveja ou qualquer outra bebida alcoólica para evitar a desidratação e amenizar a ressaca no dia seguinte. A cerveja e todas as outras bebidas alcoólicas ajudam a aumentar a pressão do sangue. É claro que o efeito varia conforme a quantidade de etanol presente na bebida e do número de tulipas que vão goela abaixo. Mas se existe uma coisa que todo mundo está careca de saber é que pressão alta definitivamente não é legal para os rins!!!
    Quanto à parte da circulação, aí sim. Desde que moderamente.
    Para finalizar, o problema da barriga de chopp não é bem o chopp e sim os aperitivos. Vamos pegar leve com as frituras, galera!

  • Lady Margarita

    Aêêê!
    Que notícia boa ein?
    Realmente quanto ao mal de parkinson eu já havia escutado alguns comentários…

    Mas fala sério, que barriga foi essa! Eca!
    E olha que eu sou a favor das barriguinhas (não como a da foto!) bléh 😛

    Mandou mto bem Dono!
    Concordo em gênero, número e grau, que o mal do mundo são esses descontrolados infelizes!

    Tim tim! 😉

  • foi o que o post diz Garota… o segredo é moderar, e é nisso que o povo peca 🙂

    eu sempre bebo uma água entre 4 ou 5 latinhas, ajuda q é uma beleza

  • Alex Stout

    Onde é que foi que eu li (por que ouvir um negócio desse acho que impossível hoje em dia) que o garçom reclama com o cliente que tá lá, bêbado feito uma porca e fazendo o que bêbado faz, e ele responde: Poxa amigo, mas quem vende cerveja não pode cobrar compostura. Levo isso como lema.

  • Ale

    Essa barriga parece a minha 🙂

  • AtRisk

    Estou abrindo um bar e ficaria feliz se me enviasse mais informações sobre o assunto. Desde já agradeço.

  • Koji

    só para constar que quem tem gastrite, não pode beber a loura pois fermenta no estomago, ai ja sabem o que acontece.

  • SOLANGE DE CÁSSIA BRAGA PRÓSPERO

    adorei a máteria, sobre a cerveja!
    Não gosto de beber agua,pois uma cervejinha cai muito bem….

  • Andreia

    ..uma latinha de cerveja, me tomba, kkkk…não abro mão dela, quando quero, é excelente ant stress, anti depressivo, anti confusões..(aqui em casa, pelo menos, kk), anti tudo….rsrrs….meu marido não bebe, mas sempre compra pra mim.Vendo por outro lado, essa ladainha toda de barriga, que faz mal ao organismo, bla bla bla..Sabemos que “tudo em excesso, faz mal”…então não vamos culpar a bendita cerveja…..”vamos nos permitir..” abraçosss…

  • Todas as vezes que bebo minha cerveginha fico com pele mas bonita .Por que? JÁ QUE DIZEM QUE ELA SÓ FAZ MAL…….! ?

  • carla gleide

    queria saber quem tem gastrite pode tomar cerveja