brindes amigos

Cerveja reduz sensibilidade à dor

“Estudos mostram que beber cerveja reduz sensibilidade à dor. Aumentando a porcentagem de álcool na corrente sanguínea em 0,08%, a sensação de dor cai para até um quarto.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (3 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Salve, salve, amigos PdBs! Tudo certo por aí? Hoje venho falar sobre um estudo que afirma que a cerveja reduz sensibilidade à dor. Não que seja uma grande novidade para nós que bebemos direitinho, mas agora rola um embasamento científico.

Realizado pela Universidade de Greenwich, em Londres, o estudo reuniu mais de 400 pessoas que passaram por 18 situações de dor após consumirem bebidas com e sem álcool.

brinde garrafas cerveja

Créditos: Wil Stewart

Analisando os resultados, chegaram a conclusão que aumentando a porcentagem de álcool na corrente sanguínea em 0,08%, a sensação de dor cai para até um quarto.

Ou seja, beber cerveja reduz sensibilidade à dor

Exatamente, está com aquela dor de cabeça ou com o corpo dolorido por fazer sua atividade física preferida, esqueça os relaxantes musculares ou outros remédios e beba uma cerveja.

Claro que o estudo também alerta sobre os outros e já conhecidos efeitos do consumo de bebidas alcoólicas e sugerem beber com moderação.

Eu fiquei com uma dúvida: Se eu beber ainda mais e aumentar a quantidade de álcool no meu sangue para 0,16 (o dobro da quantidade comentada no estudo), será que eu sentirei apenas metade da dor que eu sentia antes? Ou ficarei muito bêbado e dormirei sem sentir nada mesmo?

Finalizando

Cerveja reduz sensibilidade à dor

Créditos: Yutacar

Falei no início do texto que não seria uma novidade porque sabemos que ao beber perdemos a sensibilidade em alguns sentidos.

Alguns “batem” nos amigos, outros ficam com o paladar deficiente e por aí vai. Ao encher a cara, dor você não sente.

Pode até saber que no dia seguinte, estará com um baita problema, mas naquele momento, segue o jogo.

Aquele abraço!

Fonte: http://www.independent. co.uk/life-style/health-and-families/two-pints-beer-paracetamol-painkillers-pain-relief-study-university-greenwich-a7708991.html

Você também gostará desses

Buddy Cup – Porque amigos se faz é bebendo Já ouviu "ninguém faz amigos bebendo leite"? Buddy Cup da Budweiser, veio mostrar como é na prática. Um brinde e você tem um novo amigo no Facebook...
Cerveja sem Álcool dá onda! Uma grande dúvida que muita gente tem é se a cerveja sem álcool deixa as pessoas bêbadas. Veja o que é mito e que a cerveja sem álcool só dá onda, dei...
O homem que ficava bêbado sem beber Me digam vocês: É possível ficar bêbado sem beber? Acham que não!? Acompanhem conosco essa incrível história do homem que produzia álcool no corpo!...
Cervejas ao redor do mundo – Fotos deliciosa... Uma viagem alcoolica com cervejas de vários cantos do mundo. Impossível não ficar com água na boca só de olhar.
Por que bebemos cerveja? Você já parou pra se perguntar por que bebemos cerveja? Nós do Papo de Bar resolvemos levantar essa questão que mexe com as cervejas artesanais e trad...
Engradado de cerveja flutuante Para quem gosta de tudo a mão, até mesmo dentro da piscina, eis a genial invenção do engradado de cerveja flutuante. Que vida difícil!

Compartilhe: