Chapeuzinho Vermelho e suas garrafas de whisky

“Era uma vez uma linda menina, no auge de seus 19 aninhos, chamada Chapeuzinho Vermelho etílica.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (2 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Era uma vez uma linda menina, no auge de seus 19 aninhos, chamada Chapeuzinho Vermelho etílica.

Certo dia sua mãe pediu que ela levasse 2 garrafas de um whisky raro que ela havia conseguido para a sua avó que morava do outro lado do bosque. Malandra que só, Chapeuzinho vermelho rapidamente pegou as garrafas e partiu rumo a casa de sua avó. Essa imediata prontidão não se deu apenas pelo fato de Chapeuzinho ser muito atenciosa, na verdade, ela estava louca para provar o tal whisky e sua vovozinha era a companhia perfeita isso.

Rumo ao porre

Chapeuzinho vermelho etílica com uma besta

Créditos: 

A caminho de lá, passeando pelo bosque, Chapeuzinho deu de cara com o Bebum, um lobo muito mau, que tinha fama de ter comido vários moradores da região, enquanto tentavam atravessar o bosque. Bebum pôs-se a perguntar:

  • – Vou à casa da vovó levar essas garrafas de whisky para ela experimentar. Respondeu Chapeuzinho.
  • – Hummm… Muito bem! Boa menina! Mas por que não leva umas flores e umas maçãs também?

Chapeuzinho curtiu a ideia e começou a colher as mais belas flores e maçãs. Enquanto ela se distraía em sua colheita, Bebum correu para a casa da vovó. Chegando lá, ele bateu na porta algumas vezes, imitou a voz de chapeuzinho vermelho, espiou pela janela e nada. Sabendo que a menina já estava a caminho e que a casa se encontrava vazia, o Lobo resolveu entrar, se vestir com as roupas da vovó e aguardar a netinha chegar.

Vem Chapeuzinho vermelho etílica!

Chapeuzinho chegou e foi logo adentrando o recinto. Bebum, fingindo ser sua avó, pediu para que ela chegasse mais perto. Ao se aproximar, a menina estranhou:

Chapeuzinho vermelho etílica

Créditos: Benedict Hocson

  • – Vovó que orelhas grandes!
  • – É para te ouvir melhor, Chapeuzinho.
  • – E que olhos gigantes, Vovó!
  • – É para te ver melhor.
  • – Nossa… Que nariz comprido!!!
  • – É para te cheirar.
  • – E essa boca vovozinha, que enorme!
  • – É pra te devorar!!!

Então, o lobo pulou da cama e correu para pegar chapeuzinho, que correu para trás do sofá e teve uma ideia para negociar.

  • – Sr. Lobo, que tal você me deixar ilesa e eu divido esse delicioso whisky com você?
  • – Mas se eu comer você, posso beber o whisky todo sozinho!
  • – Mas beber sozinho não é o mais legal dos programas. Fazer isso trocando ideias e batendo papo é bem melhor!

Bebum pensou, pensou, pensou e resolver ceder. Mandou Chapeuzinho servir dois copos sem gelo e sentaram ao sofá para se conhecerem melhor. Papo vai, papo vem e de repente a porta se abre e a sumida vovozinha dá o ar da graça.

Ela entra e pega Chapeuzinho vermelho etílica e Bebum no maior papo. A neta fica preocupada, mas sai explicando que foi apenas levar as garrafas de whisky e que Bebum estava apenas fazendo companhia para ela, enquanto ela estava só. A vovó acha meio estranho, mas pega um copo e acompanha os dois na bebida.

No dia seguinte…

Chapeuzinho acorda no sofá, enquanto a vovó e o Lobo estão levantando da cama, reclamando de ressaca, mas ambos estão sorridentes que só. A neta toma o engov da manhã, pega uma maça, dá um beijo na avó, despede-se do lobo e sai em direção a sua casa, sem querer pensar muito na noite anterior. Já sua avó que é uma senhora muito sozinha, resolve ‘adotar’ o lobo para evitar que ele fique jogado pela floresta, pegando frio, chuva e passando fome.

Assim, todos viveram felizes para sempre e muitos outras garrafas de whiskies foram devoradas pelos três.

Você também gostará desses

Scotch, por favor. Sem gelo. Uma breve introdução sobre a história do whisky. Produção, evloução, nomenclaturas, envelhecimento, entre outras informações.
O bêbado feliz! Vocês sabiam que pessoas que bebem são mais felizes? Um bêbado feliz aproveita mais coisas que alguém que é chato e se comporta mal não bebendo, não a...
50 Tons de Tinder – Encontro 1 Armando conta como foi o seu primeiro encontro, sua primeira experiência trágica com uma mulher do Tinder. Confira!
50 Tons de Tinder – Encontro 3 Terceiro encontro com mulheres do Tinder de Armando. Após duas tentativas frustadas, Armando consegue finalmente algo deveras interessante. Confira o ...
A Saga de Ermelinda Vocês conhecem o Forrest Gummy, o contador de histórias estílicas? Pois leiam uma de suas histórias, sejam elas verídicas ou não!

Compartilhe: