Como fazer Tapas – Espanha

É galera, chegamos ao meio do ano. Quanta coisa já comemos aqui, não é verdade? Então, seguinte, hoje vamos falar de um país que tem muita, mais muita tradição em tira-gosto, de repente até mais do que nós brasileiros e falar do seu petisco, os Tapas.

E claro, vamos falar da terra do maior clássico de futebol do mundo, de Dom Quixote, do beberão Miguel de Cervejas Cervantes, das ilhas de Ibiza, Menorca, Maiorca.

Já sabem de quem estou falando né? Sim, a ESPANHA e Tapas

Prato do petisco Tapas

Ok, vc acha que a Espanha é só mulheres lindas ou Cristiano Ronaldo x Messi? Mas calma, eu também acho que já é motivo suficiente para amar! Mas o que vamos amar hoje é um ótimo petisco espanhol, os nobres Tapas, que é um petisco bom, digno de Brasil. E acredito fielmente que nós, brasileiros, nos “inspiramos” neles para fazer nossos tira-gostos, lógico que com nosso toque.

Mas espera, vamos saber de onde os espanhóis tiraram essa forma de se alimentar de Tapas?

Os deliciosos “tapas” espanhóis são tira-gostos que podem ser servidos frios ou quentes antes das refeições ou, hoje em dia, até mesmo substituí-las. E sempre acompanhados por uma boa bebida, é lógico. Alguns historiadores sustentam que a palavra “tapa” deriva do verbo tapar e teria origem em um costume da Idade Média, em que os copos de vinho eram servidos com uma fatia de presunto, queijo ou morcela por cima, para evitar que as insuportáveis moscas que apareciam no verão caíssem dentro dos copos de xerez, o delicioso vinho espanhol.

A árdua tarefa de beber e comer Tapas

Outros acreditam que as iguarias surgiram para aliviar a “árdua tarefa” de, ao cair da tarde, na hora do aperitivo habitual dos espanhóis, em vez de os trabalhadores passarem de bar em bar e somente bebericarem, passassem a receber como cortesia alguns tira-gostos para forrar o estômago e não cair de maduros (procede, não?).

Alguns poucos bares de Madrid ainda preservam a tradição de não cobrá-los. Também é defendida a ideia de que por ter a Espanha sido por muito tempo tomada pelos árabes, assimilou-se o costume das “mezzes”, os tradicionais antepastos árabes comidos em bocados. A Real Academia da Língua Espanhola define os tapas como “qualquer porção de alimento capaz de acompanhar uma bebida”.

Mas ta Butcher, manda logo a receita dos Tapas

tapas-batatas

Vamos lá:

  • Batatas bravas
  • 500 grs de batatas
  • 1 cebola pequena
  • 4 tomates maduros
  • 3 dentes de alho
  • azeite para fritar
  • 2 colheres de sopa de Tabasco
  • Sal a gosto

Modo de preparo dos Tapas

Corte as batatas com casca em cubos. Coloque as batatas em panela com água e sal. Deixar cozinhar por 20 minutos e escorra. Bata em liquidificador o tomate sem semente e sem pele, com alho, cebola picada, tabasco, sal e azeite aos poucos.

Frite a batata em azeite bem quente, deixe fritar até que fique crocante por fora e macio por dentro. Agora misture bem o molho com as batatas e sirva.

Tapas Dom Jamón – Ingredientes

Tapas Dom Jamón

  • 4 tomates italianos, firmes e maduros
  • 100 ml de azeite
  • 1 dente de alho laminado
  • sal e pimenta a gosto
  • pão ciabatta, 1 serve duas pessoas
  • 100 fatias de presunto cru (pata negra é um dos melhores, mas vai teu salário todo)

Modo de preparo dos Tapas Dom Jamón

Rale o tomate. Escorra a pasta para tirar o excesso de água, depois junte a ela o azeite, o alho, o sal e a pimenta. Deixe esse molho marinando na geladeira por 30 minutos. Na hora de servir, corte o pão ciabatta ao meio e esquente, coloque sobre ela a pasta de tomate e, em seguida, o presunto.

E pra beber com os Tapas, Butcher?

Como é um prato espanhol, vamos abusar um pouco e beber algo da região, ao invés de acompanhar com as nobres cervejas. Vamos de sangria espanhola, abaixo segue a receita e o modo de preparo:

Receita da Sangria espanhola

  • 1 laranja
  • 1 limão siciliano
  • 1 limão tahiti
  • 1 maçã média, sem casca, caroço e cortada em rodelas
  • 150 g de cereja sem caroço
  • 150 g de abacaxi fresco em pedaços
  • 175 ml de conhaque
  • 750 ml (1 garrafa) de vinho tinto seco
  • 350 ml de soda-limonada a gosto
  • 250 ml de suco de laranja a gosto

Modo de preparo da Sangria espanhola

Jarras de uma sangria espanhola

Créditos: Quang Huy Bùi

Corte a laranja, o limão siciliano e o limão tahiti em rodelas. Coloque-os em uma jarra junto com a maçã, a cereja e o abacaxi. Acrescente o conhaque e ponha a jarra na geladeira durante 2 horas ou mais. Também coloque para gelar o vinho, a soda-limonada e o suco de laranja, deixe-os o mesmo tempo na geladeira.

Delicadamente, amasse as frutas com uma colher. Acrescente o vinho tinto, a soda-limonada e o suco de laranja. Misture. Se quiser, coloque mais conhaque, soda-limonada e suco de laranja.

Finalizando

E ai, é ou não é tão bom quanto o Brasil? Logico que só o Brasil é o Brasil, mas vai dizer que você não comeria esse tapas? Até semana que vem com mais uma receita de bar de algum lugar do mundo.

Você também gostará desses

Strogonoff de carne com vinho tinto Veja uma variação etílica do delicioso e famoso prato, o Strogonoff de Carne. Leva vinho tinto seco na receita e é fácil e rápido de se fazer. Confira...
Costelinha Aperitivo no #EstiloPdB Aprenda a preparar uma deliciosa costelinha aperitivo bem no #EstiloPdB. Ridiculamente fácil, a costelinha aperitivo pode ser suína, bovina ou até mes...
Isca de Frango na Cerveja Confira como preparar um delicioso e tradicional petisco de boteco e com um plus, a isca de frango na cerveja, uma mistura de comida de boteco com cer...
Pastel de Forno recheado de abobrinha, bacon e gor... Aprenda uma deliciosa receita de um petisco clássico de boteco, mas com uma variação, um pastel de Forno recheado de abobrinha, bacon e gorgonzola. Co...
Lombo de porco ao molho de Tequila Veja a receita e como preparar uma deliciosa receita de Lombo de porco com um molho de tequila. Uma carne bem desejada com uma das bebidas mais deseja...
Receita: Provoleta Veja a receita de um petisco muito pedido nos botecos brasileiros, a provoleta, feita com o delicioso queijo provolone misturada na farinha de trigo, ...