Como surgiu o álcool? Um TCC sobre Copos de cerveja – Parte 2

O legal do seu TCC envolver o mundo cervejeiro é encontrar uns fatos muito interessantes durante a pesquisa.

Cerveja surgindo na China

Desenho de um chinês bebendo cerveja

Créditos: http://www.sccfsac.org/inventions.html

Por exemplo, as histórias sobre onde surgiu a primeira bebida alcoólica são muito controversas, mas há relatos de que ela foi produzida na China, em 8000 a.C.. Era um líquido fermentado feito de arroz, mel, uvas e cereja.

Uma donzela descobrindo cerveja. Amamos as mulheres s2

A morte segurando uma garrafa de vinho

Créditos: http://riowang.blogspot.com.br/2011/11/say-no-to-denatured-alcohol.html

Há também uma lenda persa que conta que uma certa bebida alcoólica foi descoberta por uma donzela que fazia parte do harém do rei Jamshid. A coitada estava se sentido tão desprezada pelo rei que resolveu se matar. Viu lá um jarro que parecia ter veneno e resolveu tomar um pouco.

Só que naquele jarro, na verdade, havia um líquido que resultou da fermentação de uvas (nosso bom e velho vinho). Em vez de morrer, a moça ficou bem alegrinha, a mágoa passou, e ela resolveu compartilhar com o rei aquela bebida. Ele, que não era bobo nem nada, gostou tanto da coisa que a chamou de “delicioso veneno”.

Gregos Alcoólatras

Um desenho com gregos bebendo cerveja

Suruba etílica grega

Créditos: http://wondersmith.com/heroes/hetairae.htm

Os gregos na Antiguidade também eram chegados num álcool. O pessoal achava que ele ajudava naquelas loooooongas discussões filosóficas sobre tudo e todos, que aconteciam nos simpósios (reuniões) que eles costumavam fazer. Aliás, “simpósio” significa “beber junto”. Bacana né? Agora em vez de falar que vai sair para beber, é só falar que vai num simpósio!

Extraterrestres bebedores de cerveja

Moeda com uma caneca de cerveja como símbolo

E.T., telefone, minha casa

Créditos: http://workthatmatters.blogspot.com.br/2011/06/latvian-health-ministry-frowns-on-beer.html

E quem disse que bebida alcoólica, além de fazer você filosofar, também não dá sustância? Sabe como pagavam os extraterrestres trabalhadores que construíram as pirâmides de Gizé no Egito? Com cerveja! Eram quase 5 litros por dia para cada um!

Tudo bem que, naquele tempo, se você bebesse leite era capaz de ter tuberculose (porque não era pasteurizado) e se você bebesse água, poderia ter várias doenças (porque rolava uma poluição forte). Resumindo, a galera bebia pouco né? =P

*As referências para a pesquisa do meu TCC encontram-se nos livros The Bar and Beverage Book (KATSIGRIS, Costas, PORTER, Mary & THOMAS, Chris) e Drink: A Cultural History of Alcohol (Gately,Iain), entre outros.

Você também gostará desses

Singha Beer, uma cerveja da Tailândia A cerveja Singha Beer e a Cantu Importadora levam consumidores para desfrutarem os encantos de um roteiro paradisíaco na Tailândia com uma promoção....
BardoBier: conheça a cervejaria baiana com toque n... Cervejaria Baiana BardoBier tem conceito diferente na produção de seus rótulos e pretende trazer muita história e cultura Nerd para o universo cerveje...
Heineken Brasil abre inscrições para o Programa de... Com vagas abertas em diversas áreas e estados no Programa de Estágio 2018, a Heineken garante até mesmo um vale cerveja mensal.
Adidas lança tênis à prova de cerveja para a Oktob... A Adidas lançou um tênis à prova de cerveja. Seu nome é Munchen e é impermeável a água e cerveja e ainda previne contra vômito da galera. Confira!...
Itaipava é “gente grande”! A cerveja Itaipava vem crescendo bastante nos últimos anos, batendo de frente com a Ambev em alguns aspectos. Veja o que a Itaipava tem feito na área ...
Brahma quer fazer você sentir o sabor de ser mais.... A Brahma lançou alguns projetos em homenagem aos bares, para dar mais força, etc. Viva o Bar, Nosso Bar e Papo de Bar (nome legal, não?)