Conheça o Jägermeister

“Conheça a bebida Jägermeister, um licor que não é bebido como um licor normal e sim num tubo de ensaio. Uma bebida feita com 56 ervas, frutas e raízes. Uma empresa que investiu forte no marketing e invadiu o Brasil.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (61 votes, average: 8.33 out of 10)
Loading...

O Dono do Bar mandou, eu obedeço. Dessa vez vamos falar de Jägermeister, ainda não conhece? Não se preocupe que a gente te apresenta.

O que seria o Jägermeister?

Marca Jagermeister

Créditos: Bovil DDB

Jägermeister é um licor, mas não se bebe como um licor. Mas então que zorra é essa? Enfim, é a única na sua categoria, uma bebida alemã com graduação alcoólica de 35% feita à base de 56 ervas, frutas e raízes, combinados de forma muito sistemática pra atingir o sabor inigualável.

E qual a história do Jägermeister

É muito louca! A empresa nasceu em 1878, mas a bebida Jägermeister só nasceu pouco mais de 50 anos depois, em 1934. Nessa época a empresa era administrada pelo talentoso Curt Mast, filho do fundador, e foi das mãos dele que surgiu a fórmula sagrada.

Tampas de garrafas da Jagermeister

Créditos: Jakub Havel

Após anos de experiências testando ingredientes e misturas para chegar numa nova bebida, Curt acertou a mão e conseguiu misturar 56 especiarias como ervas, frutas e raízes. Claro que a receita é secreta, porém, dentre os ingredientes se destacam: raízes de alcaçuz, grãos de anis, cravos da índia, raízes de ruibarbo, açafrão, flores de camomila, raízes de gengibre, flores de alfazema, canela, cascas de angostura e muitas outras.

Elaia, muitos ingredientes hein?

E cada uma trazendo um toque especial, com notas cítricas, amargas, picantes, enfim, um verdadeiro festival de sabores e sensações. Mas se você acha os ingredientes inusitados, a produção também não é fácil.

Ao longo de semanas as essências dos ingredientes naturais são extraídos cuidadosamente num processo de maceração a frio. Posteriormente, os óleos essenciais são misturados entre si e com água. Após estar assegurado que o liquido esta totalmente homogêneo, a bebida é conservada em barris de carvalho e descansa por um ano.

Copos da bebida Jagermeister

Showdi

Créditos: vectorfunk

Posteriormente, é filtrada e misturada ao álcool e tem seu sabor equilibrado com açúcar liquido e novamente filtrada, a fim de alcançar a pureza necessária quando, enfim, será engarrafada e exportada hoje para 80 países.

Essa mistureba toda dá certo?

Você deve estar se perguntando sobre isso, certo? Mas tenha certeza que sim. Não é à toa que hoje, segundo a lista World’s Top 100 Premium Spirits Brands, a bebida está ocupando o oitavo lugar entre os destilados mais consumidos no mundo.

Marketing é tudo!

Mas Curt, além de ter criado tão desejado elixir, conseguiu construir um marketing incrível em volta do seu produto. Começando pelo nome JÄGERMEISTER (pronuncia Iéguermaister), quer dizer Caçador Mestre.

O nobre Caçador

O nobre Curt também é um talentoso caçador, por isso ele resolveu homenagear o seu santo padroeiro, o Saint Hubertus, que também tem suas curiosidades.

Branca de neve e o caçador

Conta a lenda que Hubertus era um dos melhores caçadores de sua época. Impiedoso e sistemático, eis que um dia ao entrar na mata, se deparou com uma figura lendária: era um Cervo branco com enormes chifres reluzentes e uma cruz entre os chifres. Na verdade, tal cervo sem a cruz pode ser chamado de gamo rei ou espirito da floresta, tanto que aparece até no filme Branca de Neve e o Caçador.

Voltando ao Santo Hubertus

Mas voltando a lenda do santo, ao ver o veado sagrado, tal homem se converteu ao cristianismo e após sua morte se tornou Saint Hubertus “o caçador mestre“. Depois de escolher o nome foi a vez do slogan, que seguiria o mesmo pensamento, a imagem do cervo eminente tal qual uma figura de proa vem estampando as garrafas até hoje.

Garrafa de Jägermeister

Garrafa esta que para ser a escolhida também precisou passar pelo padrão Curt de qualidade. Acreditem que ele jogava as garrafas de uma altura considerável na esperança que elas não quebrassem? Enfim, quando tal garrafa apareceu ele a escolheu, e é ela quem guarda a bebida até hoje.

Marketing e eventos

Gostosas servindo Jägermeister

Cocotinhas gratináveis

Até hoje os investimentos dos caras no marketing não cessa. E eles estão sempre promovendo eventos, patrocinando artistas, além de promoverem ações nos bares. Hoje não é difícil encontrar a bebida sendo servida em tubos de ensaio por cocotinhas gatas desse nosso país.

A grande máquina, Tap Machine

Tap Machine da Jägermeister

E ainda tem mais por aí. Há algum tempo eles inventaram a Tap Machine, uma maquina feita exclusivamente para servir o Jäger bem gelado, como eles sugerem que seja consumido. Além de resfriar a bebida, tal maquina dá um toque estiloso nos bares que a possuem.

Dicas para o consumo do Jägermeister

Entretanto, para o consumo em casa eles tem uma dica bem interessante:

Garrafa de Jägermeister e caixa de leite

Pegue uma dessas caixas Tetra Pack daquelas de leite mais larga.

Corte a parte de cima da caixa, coloque a garrafa dentro encha de água e ponha no freezer.

Garrafa de Jagermeister congelada

Após um tempo, que vai variar pela potência do seu freezer, retire a garrafa da caixa, ela vai estar envolvida por uma camada de gelo então pode servir.

Finalizando

Jägermeister hoje é facilmente encontrada nos bares e nas grandes baladas do Brasil. Possui vários distribuidores em todo país e no site oficial ainda possui um guia com os bares e adegas que vendem a bebida em cada cidade.

Se não provou vale a pena conferir a mistura, é curiosamente muito boa, estupidamente gelada então, ainda melhor.

Agradeço ao Manager da Jägermaster na Bahia, meu brother Chris Eckert, que me passou todas as informações que estavam ao seu alcance.

Você também gostará desses

Mozart Gold: Concerto para o paladar etílico Saiba mais sobre um dos licores de chocolates mais conhecido, o Mozart Gold. Assim como o grande gênio, os licores Mozart são cheios de classe, requin...
Arak, o néctar dos deuses árabes Conheça o Arak, uma bebida destilada árabe bem exótica e impressionante. Feita de uvas ou tâmaras com infusão de anis, possui um teor alcoólico alto,...
Steinhaeger com cerveja faz pirar Uma bebida uma destilada um pouco forte, a Alemã Steinhaeger. Com graduação alcóolica em média 38%, a bebida é destilada a partir do centeio e aromati...
Licor Amaretto Amaretto é um licor sensacional que foi criado artesanalmente em 1525. O Amaretto é composto por damascos e caroços de drupas como peras, porém o sabo...
Licor Amarula da Copa do Mundo 2010 na África do S... O Licor Amarula lança seu licor comemorativo para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. O Licor é produzido na África e tem um desenho especial em...
Licor 43, o licor mais velho que o mundo Conheça o Licor 43, um licor muito antigo, datado aproximadamente em 209 anos a.C, na mística Cartagena, Espanha. Chamado antigamente como Liqvor Mira...

Compartilhe:

  • Bia

    TREM HORRÍVEL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • ola ,vou inaugurar uma balada no dia 26 de setembro , e estava procurando algo diferente ai experimentei esta bebida e vi que e perfeito . ate mesmo na questão de como vai ser servido .(tubo de ensaio ) muito bom vai ser sucesso . agora gostaria de saber como consigo 2 camisas da marca? obrigado

    • Olá Carlos que bom que gostou, entra em contato comigo pelo facebook pois o on-trade da Jager é um grande amigo meu posso apresentar vocês virtualmente é claro,

  • Robson

    queria compra tubinhos de ensaio do jagermeifter pro meu emporio…

    • Olá Robson, realmente não sei se eles vendem esses tubinhos, mas me procura no facebook que eu te passo o contato do on-trade da marca dependendo de onde você estiver ele pode te ajudar

  • ed

    Ótimo texto. Parabéns! Muito interessante, e a bebida é muito saborosa mesmo. Apenas um comentário, acho que quando disse slogan, estava querendo dizer logotipo da marca, pois fala da imagem do cervo nas garrafas.

  • Rafael Nolla

    Onde compro essa tap machine?

  • Wall Venker

    Então.. estava eu de babá de cachorro e gato, sozinho em pleno Carnaval, enquanto a filhota e neto davam um role..Daí não mais que de repente me deparo com um licor verde na geladeira! Cenário: Cerveja finita, aguaceiro caindo e eu na solitária… “vou provar dessa merda.. ” – pensei.. “talvez um licorzinho paraguaio mais falso que nota de 3 real.. digno do durango do meu neto kkk Putz!! ..achei o gosto horroroso!! .. Mas fui tomando.. Depois do primeiro cálice até que era gostosinho né .. Tinha meia garrafa… fui tomando.. tomando.. No fim da garrafa eu estava viciado no tal do iaguer yessss. Moral da estoria: levei mó bronca do neto que tinha ganho o precioso líquido de presente.. E agora? karako..aonde acho pra repor?