Cachorro com uma lata de cerveja

Cuida da sua que eu cuido da minha!

“Mais um conto etílico que aconteceu na terra do Tio Sam que envolve compras do mês, cervejas, iPhone, um ladrão de cerveja, uma azarada e muita revolta. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (16 votes, average: 9.31 out of 10)
Loading...
468x60 - Acessorios

Se quando você faz a compra do mês vem com a mala do carro carregada de besteira e tem um porteiro no seu prédio pra te ajudar você é um sortudo e até hoje não sabia.

Você não acredita? Então senta que lá vem a minha primeira história: a que marcou minha chegada alcóolica nos EUA.

Compras do mês? Sim, claro!

Homens levando carrinho de compras cheio de cerveja

Ta de bom tamanho...

Créditos: Thiago Heide Silêncio

Quando comecei a fazer as compras aqui, eu ia toda semana no supermercado e comprava poucas coisas, afinal eu não tinha (e não tenho) vários braços para carregar sozinha uma compra de mês.

Cansada de toda semana ter que aturar a caixa do supermercado falar sobre Star Wars, Harry Potter e Senhor dos Anéis, resolvi que só iria uma vez por mês ao mercado (paciência zero de dar conversa para desconhecidos). Por isso mesmo, enchi a mala do meu carro com todas as porcarias do mundo que seriam necessárias por 1 mês.

Eu não sou uma centopéia, dã…

Centopéia perto de uma cerveja

Nesse caso eu seria uma centopéia

Créditos: Jared

Chegando em casa, reparei o óbvio: eu não tinha tantas mãos para carregar toda aquela tralha. Tive, então, que fazer várias “viagens” do carro para o corredor do prédio. E lá fui eu: eu pegava o máximo de sacolas que podia, as largava no corredor e voltava para o carro para pegar as outras que faltavam. Devo ter feito isso umas 10 vezes.

Numa dessas idas e vindas, por descuido larguei meu iPhone em cima de um pacote de Coronas que eu havia deixado no chão. Quando finalmente terminei meu trabalho de peão e comecei a colocar as sacolas no elevador, feliz da vida notei que meu iPhone ainda estava lá. Coisa linda é viver no primeiro mundo, né gente?

Primeiro mundo na tecnologia, pq na cerveja…

Homem desesperado atrás da cerveja

Cadê minha cerveja? HALP!!!

Créditos: Normand Desjardins

Opa. Algo estava errado. Senti que faltava alguma coisa… SOCORRO! Minhas Coronas haviam desaparecido! Seria possível isso? Será que no país do Tio Sam o povo é cachaceiro a esse ponto, meu Deus? Fui olhando para os lados numa espécie de pânico. Foi como ver uma mãe atordoada a procura de sua filha perdida, raptada e sequestrada.

Algo muito triste de ver. Eu realmente senti o ódio tomando conta das minhas pernas e subir para minha cabeça. Eu estava disposta a caçar esse bandido desgraçado pelo condomínio inteiro e eu já não raciocinava direito. Poderiam ter roubado qualquer coisa da minha sacola, eu disse QUALQUER COISA, menos minha cerveja.

Isso é a maior falta de respeito que há no mundo. Não se rouba a cerveja de ninguém, assim como não se rouba doce de criança. É uma tremenda sacanagem! Juro que senti umas lágrimas brotarem nos meus olhos.

Até que então…

Cachorro com uma lata de cerveja

Perdeu preyboy!

Créditos: Rezmutt

Quando olhei para o lado de fora do prédio através da porta de vidro, vi um garoto com boné para trás caminhando. Ele usava a bermuda na altura dos joelhos e a cueca aparecia totalmente. Ele andava em passos curtos, pois precisava segurar a bermuda pra não cair no chão. Esses são meros detalhes ilustrativos comparados ao fator mais importante daquela situação: ele carregava as MINHAS cervejas! E como é que eu sei que eram minhas? Porque ele me viu e saiu correndo, simples.

Volta aqui seu filho da p…

Morrendo de ódio decidi que abriria a porta e… e… gritaria com ele! É, isso aí! Eu ia gritar muito com ele e xingar muito no Twitter também! FUCKYEAH!

Quando fui abrir a porta a maçaneta caiu na minha mão e fiquei presa ali naquele corredor com mil sacolas no chão, sem ao menos poder beber minha cerveja.

Moral da história: deixe tudo para trás, mas nunca a sua cerveja!

Você também gostará desses

Skol – Argentinos “abrasileirados” A cerveja Skol mais uma vez mandando bem com suas sacadas originais e iradas nas propagandas. Agora zoando com os argentinos, que ficam "abrasileirado...
Abrir uma cerveja com uma escavadeira Veja como é possível abrir uma cerveja com uma escavadeira. Uns alemães resolveram inovar e abrir uma garrafa de cerveja de uma forma diferente, usand...
Cervejas sem álcool Você já bebeu alguma das cervejas sem álcool? Sabia que elas podem ter até 0.5% de álcool? Veja todas as curiosidades e informações sobre elas.
Uma mineira e uma francesa, na mesma noite! Aventuras do nosso mestre cervejeiro em companhia de duas cervejas, uma mineira de origem belga e uma francesa.
Comercial Genial da Bohemia A Bohemia lançou nos últimos dias um novo comercial, bem no #EstiloPdB, onde um profissional de marketing sugere colocar mulheres gostosas nos comerci...
IBU – International Bitterness Unit Vamos falar sobre o IBU, que é a sigla para International Bitterness Unit, que é a unidade que mede o amargor de uma cerveja, portanto, a quantidade d...

Compartilhe:

  • João Vitor

    Huahuahauhaau Muito boa Garota. que moleque mais Fdp! interessante é que ele triou o iphone pegou as cervejas e colocou o iphone de volta! hauhauahaa

    • Aqui todo mundo pode ter iPhone, mas cerveja… só a partir de 21 anos! Cerveja é que nem ouro para essas crianças aqui hahahahah

  • Caio

    UHauahuahuahau é foda rir da desgraça dos outros mas não deu pra aguentar… mas ae… seria uma boa usar a maçaneta pra tentar acertar o muleque… na boa… roubar cerveja é putaria pra C!@#$%¨! Bom post.. gostei^^

    • Tem que rir pra não chorar nessa vida hahahahaha!!!!
      🙂

  • Letícia Machado

    Hahahah feel ya!!!! passei por uma parecida nos USA também! Com certeza, álcool lá é ouro! HAHAHAH fantástico o post! Tô rindo até agora!

    • Pois o povo pensa que morar aqui é fácil, né? É porque nunca viveram pra saber hahahahaha 🙂
      Beijocas

  • Mé do Moya

    Certa vez roubaram umas 10 caixas de cerva de um reveion que fiz.

    • Não estamos livres desses ratos de pinga em nenhum lugar do mundo mesmo!

  • Nossa realmente é mto escroto roubarem a sua cerveja…não tem perdão..mas assim, vamos analisar que relação custo benefício vc se saiu um pouco melhor do que se fosse no brasil…..Aqui, o cara ia te entregar as cervejas dizendo q achou jogadas, vc ia perguntar se viu o iphone e é clarooo q ele n ia saber de nadaaaa hahahaha

  • Flávia

    Já conhecia essa história e cheguei a uma conclusão: ela sempre me revolta!!!!!!!! Moleque piranha!

    • se prepara que na próxima história você aparece!!!!