Cuida da sua que eu cuido da minha!

Se quando você faz a compra do mês vem com a mala do carro carregada de besteira e tem um porteiro no seu prédio pra te ajudar você é um sortudo e até hoje não sabia.

Você não acredita? Então senta que lá vem a minha primeira história: a que marcou minha chegada alcóolica nos EUA.

Compras do mês? Sim, claro!

Homens levando carrinho de compras cheio de cerveja

Ta de bom tamanho...

Créditos: Thiago Heide Silêncio

Quando comecei a fazer as compras aqui, eu ia toda semana no supermercado e comprava poucas coisas, afinal eu não tinha (e não tenho) vários braços para carregar sozinha uma compra de mês.

Cansada de toda semana ter que aturar a caixa do supermercado falar sobre Star Wars, Harry Potter e Senhor dos Anéis, resolvi que só iria uma vez por mês ao mercado (paciência zero de dar conversa para desconhecidos). Por isso mesmo, enchi a mala do meu carro com todas as porcarias do mundo que seriam necessárias por 1 mês.

Eu não sou uma centopéia, dã…

Centopéia perto de uma cerveja

Nesse caso eu seria uma centopéia

Créditos: Jared

Chegando em casa, reparei o óbvio: eu não tinha tantas mãos para carregar toda aquela tralha. Tive, então, que fazer várias “viagens” do carro para o corredor do prédio. E lá fui eu: eu pegava o máximo de sacolas que podia, as largava no corredor e voltava para o carro para pegar as outras que faltavam. Devo ter feito isso umas 10 vezes.

Numa dessas idas e vindas, por descuido larguei meu iPhone em cima de um pacote de Coronas que eu havia deixado no chão. Quando finalmente terminei meu trabalho de peão e comecei a colocar as sacolas no elevador, feliz da vida notei que meu iPhone ainda estava lá. Coisa linda é viver no primeiro mundo, né gente?

Primeiro mundo na tecnologia, pq na cerveja…

Homem desesperado atrás da cerveja

Cadê minha cerveja? HALP!!!

Créditos: Normand Desjardins

Opa. Algo estava errado. Senti que faltava alguma coisa… SOCORRO! Minhas Coronas haviam desaparecido! Seria possível isso? Será que no país do Tio Sam o povo é cachaceiro a esse ponto, meu Deus? Fui olhando para os lados numa espécie de pânico. Foi como ver uma mãe atordoada a procura de sua filha perdida, raptada e sequestrada.

Algo muito triste de ver. Eu realmente senti o ódio tomando conta das minhas pernas e subir para minha cabeça. Eu estava disposta a caçar esse bandido desgraçado pelo condomínio inteiro e eu já não raciocinava direito. Poderiam ter roubado qualquer coisa da minha sacola, eu disse QUALQUER COISA, menos minha cerveja.

Isso é a maior falta de respeito que há no mundo. Não se rouba a cerveja de ninguém, assim como não se rouba doce de criança. É uma tremenda sacanagem! Juro que senti umas lágrimas brotarem nos meus olhos.

Até que então…

Cachorro com uma lata de cerveja

Perdeu preyboy!

Créditos: Rezmutt

Quando olhei para o lado de fora do prédio através da porta de vidro, vi um garoto com boné para trás caminhando. Ele usava a bermuda na altura dos joelhos e a cueca aparecia totalmente. Ele andava em passos curtos, pois precisava segurar a bermuda pra não cair no chão. Esses são meros detalhes ilustrativos comparados ao fator mais importante daquela situação: ele carregava as MINHAS cervejas! E como é que eu sei que eram minhas? Porque ele me viu e saiu correndo, simples.

Volta aqui seu filho da p…

Morrendo de ódio decidi que abriria a porta e… e… gritaria com ele! É, isso aí! Eu ia gritar muito com ele e xingar muito no Twitter também! FUCKYEAH!

Quando fui abrir a porta a maçaneta caiu na minha mão e fiquei presa ali naquele corredor com mil sacolas no chão, sem ao menos poder beber minha cerveja.

Moral da história: deixe tudo para trás, mas nunca a sua cerveja!

Você também gostará desses

Movimento “The Craft Beer Renaissance” Nosso mestre cervejeiro falando sobre o movimento "The Craft Beer Renaissance", dando uma palhinha sobre cerveja artesanal e o crescimento disso no Br...
Skol – Argentinos “abrasileirados” A cerveja Skol mais uma vez mandando bem com suas sacadas originais e iradas nas propagandas. Agora zoando com os argentinos, que ficam "abrasileirado...
Imagens que dão água na na boca Nossa Loira mostra à vocês algumas imagens selecionadas por ela, que tenha algum tipo de bebida como destaque. Vale o clique.
Como virar um copo de cerveja A brincadeira de “virar" um copo de cerveja não é brincadeira para amador definitivamente!
Don’t Worry, “Beer” Happy Uma imagem mostrando uma frase do nobre Benjamin Franklin: "Cerveja é a prova de que Deus nos ama e quer que sejamos felizes". Alguém discorda? Vamos ...
Não seja mané, e leve cerveja boa! Você já foi num churrasco onde o cara leva cerveja ruim e na hora de beber, ao invés de usar as cervejas dele, ele bebe a cerveja boa? Você não é o ún...