A Cultura cervejeira Belga é Patrimônio Cultural da Humanidade

“A Cultura cervejeira Belga foi considerada patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO. Confira o que muda nessa cultura adorada por todos.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (No Ratings Yet)
Loading...

Fala galera PdB! Estamos todos bem? 2017 chegou e vem aquela expectativa sobre tudo de novo que pode acontecer daqui para frente. Aqui, vou contar algo não tão novo assim, mas que considero importante no mundo etílico. A UNESCO declarou que a cultura cervejeira belga é patrimônio cultural da humanidade! Isso é maravilhoso!

Patrimônio cultural imaterial da humanidade. Assim, toda a tradição cervejeira da Bélgica, que envolve festas, museus, bares e restaurantes, cursos e fazem com que a cerveja seja parte importante da vida dos cidadãos belgas foi “premiada”.

Com a decisão, a UNESCO protege tudo que envolve o mundo das cervejas belgas: produtores, consumidores e promotores da produção artesanal da bebida.

Cultura cervejeira Belga como patrimônio

A decisão foi tomada em 30 de novembro de 2016 na reunião da UNESCO, realizada em Addis Abeba, na Etiópia.

Para o país esse é um reconhecimento incrível! Um comitê formado por representantes de 24 países membros da convenção da UNESCO para salvaguarda do patrimônio cultural imaterial.

É bom ressaltarmos que não foi a cerveja belga, em si, que recebeu a honraria e sim toda a cultura que envolve o produto.

O governador de Bruxelas, Rudi Vervoot, afirmou:

“Desde tempos imemoriais ela é uma parte essencial de nossas vidas.”

Por lá existem mais de 1500 estilos de cervejas que são fabricadas em 200 fábricas espalhadas de norte a sul do país.

Quatro tipos distintos de fermentação garantem uma variedade enorme de estilos de cerveja.

Temos a fermentação espontânea que gera a cerveja lambic, tipo mais antigo de cerveja.

A alta ou ale. A mista, usada na produção de cervejas tostadas e a baixa ou lager, que dá origem a nossa tão apreciada pilsen ou pilsner.

Finalizando

Palmas para a UNESCO. Ela mitou em se manifestar nesse sentido.

A cultura cervejeira é muito forte por lá e é o grande chamariz do país para atrair visitantes estrangeiros e com o reconhecimento da UNESCO, isso fica ainda mais forte.

Sigo com o sonho de ir à Bélgica e passar um bom tempo conhecendo museus, cervejarias, pessoas e experimentando diversas cervejas incríveis.

Desejo o mesmo a vocês! Aquele abraço!

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/tradicao-belga-da-cerveja-declarada-patrimonio-imaterial-da-humanidade.ghtml

Créditos da foto de capa: Fabien Agon.

Você também gostará desses

Importação de Cerveja triplicou nos últimos cinco ... O número de cervejas importadas trazidas pro Brasil cresceu absurdamente, de 11,8 milhões pra 44,6 milhões de litros em 2011. Os números de 2012 mostr...
Skol terá lata especial para Parada LGBT de São Pa... A Skol está preparando uma lata especial para a Parada LGBT 2017 de São Paulo e mais uma ação solidária. Confira os detalhes!
Royal Virility Performance: a cerveja feita de Via... Uma ideia inusitada em inspitação ao casamento real do príncipe William e Kate. Uma cerveja feita com Viagra. Isso mesmo, a cápsula azul que "levanta"...
Yahoo Posts: Papo de Bar entra em campo O Papo de Bar entra em campo, literalmente, e participa do Projeto Yahoo Posts! Direto do Pacaembu, com a participação de vários blogs importantes. Co...
Skol Ultra, a cerveja para atletas A Skol Ultra é produzida por meio de um processo inovador e possui menos calorias e carboidratos.
Ben & Jerry’s apresenta: Sorvete de Cerveja Ben & Jerry’s lançou um sorvete de CERVEJA em conjunto com a New Belgium Brewing, do Colorado, Estados Unidos.

Compartilhe: