Copo da Sepulweiss, cerveja do Sepultura

Dia do Rock: Sepulweiss, Cervejas com Espírito Rock! \m/

“Pra comemorar o Dia do Rock, nada melhor que falar de uma cerveja com o espírito rockeiro, certo? Sepulweiss, a cerveja de trigo da banda nacional Sepultura. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (4 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Quando o Dono do Bar conversou comigo na sexta feira, sobre um post sobre o dia do Rock falando da Sepulweiss fiquei meio assim, sei lá, de banda, mas topei!

Acontece que mesmo sem ter experimentado a cerveja, os comentários no mundo cervejeiro acerca desse cerveja nem sempre foram muito animadores. E eu, sinceramente, prefiro falar de cerveja que eu tenha bebido de fato. Mas aqui vão algumas pesquisas de campo, dessa nobre e eterna estagiária.

Cerveja Sepulweiss

 

Kit da Sepulweiss, cerveja do Sepultura[ /caption]

Créditos: BierBoxx

A história dessa cerveja encaixa com a comemoração dos 25 anos da banda, que como apreciadores de cerveja, acharam que seria mega blaster foda fazer uma cerveja com o espírito do Sepultura. Daí, criou-se toda aquela expectativa de que uma cerveja produzida por uma banda foda, viesse a ser igualmente uma cerveja de qualidade excepcional.

Após 12 discos, mais de 15 milhôes de cópias vendidas, show por todo o mundo, eles acharam que só faltava isso pra banda.

A realidade

O Sepultura errou, na minha opinião no seguinte critério: o estilo de cerveja.

Eu, de verdade, sempre esperei que uma cerveja que carregasse um nome de banda com o peso que o nome SEPULTURA carrega, fosse no mínimo uma cerveja double em lúpulo, ou mais arrojada no sabor. Jamais esperaria que fosse uma simples Weiss. (Nada contra Weiss, porque adoro Weiss, meninos!)

Como a cerveja se apresenta:

Copo da Sepulweiss, cerveja do SepulturaCréditos:  Felipe Braun Azambuja

Antes de tudo, um trecho de um texto explicativo sobre a cerveja:

Com aroma frutado de cravo e maçã e teor alcoólico de 4,4%, a “SepulWeiss” foi produzida pela Fábrica do Chopp, microcervejaria de São Paulo. A idéia da criação do produto surgiu no próprio estabelecimento, quando o baixista do Sepultura Paulo Xisto foi levado para conhecer o lugar com dois amigos para uma degustação.

O mestre cervejeiro Michael Trommer, da Fábrica do Chopp, afirmou com exclusividade para o Com limão que o músico estava decidido quando tomou a prova. “Paulo foi à chopperia e degustou. Ele adorou e disse que já tinha tomado esse tipo de cerveja numa cidade na Alemanha”, explica. “Adorou e disse que queria uma dessas para comemorar os 25 anos da banda”, diz Michael.

Fonte: Com Limão

Inclui na minha pesquisa uma visita de praxe ao Brejas, pra ouvir por lá as opiniões e achei interessante alguns depoimentos. O comentário que mais definiu o sentimento da maioria para com a cerveja, foi o de Márcio Rossi.

Amarelo turvo, creme modesto. No aroma apresenta banana e mais alguma fruta que não identifiquei (mamão talvez). Paladar traz o cravo clássico, mas finaliza azeda, apresentando ainda um off flavor que não defino ao certo, algo “grainny”, me lembrou cervejas sem álcool. Difícil entender a estratégia (ou a falta dela em uma banda do calibre do Sepultura). Além de meramente mediana, a cerveja não combina com a imagem da banda, que remeteria a algo mais forte, mais amargo. Pecaram tb na apresentação com um copo meio grosseiro, rótulo de baixa qualidade. Destaque positivo para os porta-copos que vêm no kit, reproduzindo discos da banda, certamente agradarão fãs e colecionadores. Uma pena, embora não seja fã do gênero, admiro o trabalho da banda, o nome que construíram, o respeito que conquistaram. Mereceriam uma cerveja fora de série, não foi o caso.

Fonte: Brejas

Uma pena que com todos os reviews, a cerveja tenha se perdido do propósito final. Mas, para aqueles mega fãs, colecionadores, achei que eles acertaram muito no copo (Que é lindo, e só tem um lá no BeerJack) e nas bolachas.

Vale a pena comprar onde encontrar pra ter como item de coleção.

E houve boatos…

 

Belo kit em Cabral...

Kit da Sepulweiss, cerveja do Sepultura

m/

Créditos: BierBoxx

rolando ai nos bastidores, um boato de que estão escolhendo uma nova cervejaria para continuar com a produção de cervejas vinculadas ao nome de banda, e dessa vez uma cerveja realmente rock’n roll. Não encontrei fontes que confirmassem esse boato, mas enfim. Vamos torcer né galera! Tomara que dessa vez acertem!

Mas já não é boato e nem segredo que a Banda Velhas Virgens também estão em fase de produção de uma linha de cervejas com o nome da banda. Essa eu to esperando desesperadamente pra beber, e espero que sejam cervejas realmente rock!

E caso alguem tenha a cerveja, me avisa! Eu quero experimentar para que eu possa emitir a MINHA opinião acerca da cerveja, ok? E viva o Dia do Rock!

Você também gostará desses

Papito, a cerveja do Supla Vocês já conheceram a Papito, a cerveja do Supla? Sim, ela existe, é uma cerveja do estilo India Pale Lager com com 34 IBUs e 5,1% de teor alcoólico....

Compartilhe:

  • Cristiano Ferro

    Sou fã da banda, não sabia dessa cerveja de comemoração, vou correndo na galeria do rock pra comprar. Com certeza lá tem. E estou curioso pra ver como vai ficar essa ceveja do velhas virgens.

  • irado… mas concordo com a crítica… porra…banda de metal fazer uma weiss é foda :S