Taças drink Kir Royal

Drinks e receitas: Kir Royal

“Receita de um drink bem leve e gostoso, no estilo, com classe. É o Kir Royal, feito com Champagne e licor de Cassis e com uma cereja de enfeite. Vale a conferida!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (38 votes, average: 7.47 out of 10)
Loading...

Boa noite meus, caros leitores, hoje vim falar de um delicioso drink, um tal de Kir Royal, ou, para muitos, Kir Royale.

Senta que lá vem a história…

Taças drink Kir RoyalCréditos: mortenjohs

Esse cocktail foi inventando em Dijón, França, Mon Amie, no início do século passado, sendo uma derivação de outro cocktail, O Kir.
O Prefeito de Dijón se chamava Félix Kir, e para promover os principais produtos locais, o créme de Cassis e o Vinho Branco, juntou ambas e criou um drink pra eternidade, esse drink foi batizado então de “Kir”. Com o tempo, substituiram o Cassis pelo Champagne e, por ser mais chic, virou o “Kir Royal”.

Kir Kir Kir! Kir Kir Kir! Guenta aí!

Agora sim hein...

Barmaniac oferecendo o drink Kir Royal[ /caption]

Sim, sei que o tracadilho foi péssimo, mas não poderia esquecer de recomendar a cantora paulista Mônica Marianno que compôs (Corrijam-me se o autor for outro!) e canta (Essa eu tenho certeza!) a musica “Kir Royal“, que ambienta bem um elegante bar a noite, um jazz ao fundo, e um Kir Royal na taça.

Vamos ao vídeo do Kir Royal?

A receita do Kir Royal

  • 1 dose de Licor de Cassis
  • Champagne
  • Uma cereja

Como é que se faz?

Não tem como errar essa! Uma dose de Licor de Cassis na taça Flute e completa com Champagne, morô? (essa gíria entrega a idade, né?)

Pra enfeitar é só mergulhar uma cerejinha q tá show!

Variações

NÃO TEM! NÃO INVENTA!

Você também gostará desses

Drinks e receitas: Whiskey Sour Receita de um drink delicioso e bem conhecido, o Whiskey Sour. Explicação sobre o método sour, onde o copo é crustado com açúcar. Conheça e aprenda a ...
Como fazer Gelo saborizado Conheça e aprenda a fazer o gelo saborizado, que pode ser usado em drinks alcoólicos ou não, com frutas, ervas, sucos, dentre outros. Confira agora!...
Vodka com Halls Uma mistura perfeita de Vodka, Água, Gelo e Halls Preta. Isso mesmo, Halls preta para deixar sua dose de vodka ainda mais refrescante.
Drinks e receitas: Bloody Mary Hoje o drink é o Bloody Mary, um drink famoso e exótico, por assim dizer, que consegue ser tão amado quanto odiado mundo afora. Uma homenagem a Mary T...
Drinks e receitas: Mojito O drink agora é o Mojito, bem refrescante e gostoso, bom pra aproveitar o retorno do calor. Feito com hortelã, rum, açúcar e água tônica, é uma ótima ...
Drinks e receitas: Daiquiri Receita e como preparar um famoso drink, o Daiquiri (ou daikiri). Com uma bela história vindo de Cuba e bem fácil de ser feito, levando rum claro, suc...

Tags:

Compartilhe:

  • Kir é sempre delííícia!

  • Ok, esse drink é o meu favorito, então….favoritei o video aqui.
    Adoro por ser um drink simples e sofisticado.
    ho ho ho, sem falar q eu mega dei essa sugestão!!

    bjao meninos e meninas!
    Alê
    @cervejaeesmalte

    • O licor de cassis dá aquele sabor sensacional… Não gosto de espumante, mas com o licor de cassis ficou sensacional…

  • ps. adorei a fotinha de cerva no meu comentário!!!
    @cervejaeesmalte

  • Murilo

    espero q a cereja nao de gosto, senao to fora… mas parece ser uma boa opcao

    • Nem dá Murilo, é mais por enfeite mesmo… 😉

  • Garota Ressaca

    Esse é um dos meus preferidos… me deu até vontade de fazer um agora pra fechar bem o domingão! 🙂

  • muita massa.. gostei muito

  • Winnie

    Tenho duas variações bem famosinhas pra acrescentar aí:
    a primeira é substituir o champanhe por vinho branco (ou espumante); a segunda é substituir a cereja (que é chuchu cozido com groselha, rs) por lichia.
    Na verdade, normalmente, o Kir Royal já é com essas duas variações. O Kir com champanhe, é só Kir 😉

  • François

    Só para corrigir: a substituição não foi do Cassis, como escrito no texto, e sim do vinho branco. O Champagne entrou no lugar do vinho para fazer a perfeita parceria com o Cassis.

    • barMANIAC

      Boa, amigo!
      Obrigado pela colaboração! 😉

  • Izio

    Vc é barman mesmo, cara? Ao ver você abrindo a garrafa, fiquei tão… impressionado! Rsrsrsrs…

    • barMANIAC

      Sou sim… E você é humorista mesmo, cara? Também fiquei impressionado com a sua…. Contribuição! Rsrsrsrs…

  • Benito Rosa

    Meu caro, o que sobra dessa receita simples e gostosa, sinceramente, é a tua simpatia. Agora, se cada vez que abrires uma garrafa de espumante tiveres que usar uma faca, por favor. Não faça isso, nunca! Pelo bem de teus dedos – e já deves saber disso – o espumante tem que ser gelado no balde, certo. Ao abrir, use um pano para cobrir a garrafa, segurança apenas, e puxe o “lacinho”da gaiola, afrouxe, e gire a gaiola e a rolha juntamente. É só afrouxar um pouco o arame da gaiola naquela parte debaixo do gargalo da garrafa, segure a garrafa pelo fundo, firme, e com a outra mão gire calmamente. A rolha e a gaiola sairão intactas e sem estou algum. É só praticar. Podes também retirar a gaiola, sem usar a faca, mantém o dedo polegar encima da rolha, puxe aquele lacinho da gaiola, afrouxe, retire a gaiola sempre segurando o dedo polegar encima da rolha. Tirada a gaiola, com o polegar e o indicador, faça tipo uma turques, e vai girando, pressioando para baixo, girando…girando….quando sentires que a rolha está quase saindo, vai inclinando para um lado,devagar, até sentir que o oxigênio vai saindo. Verás que ficarás com a rolha na mão, sem estouro algum. Use sempre um pano, guardanapo e vais fazer uma mágica, mostrando para os amigos a rolha entre o pano sem estouro. Palmas e ovação. Tim, tim. (Benito)