E numa tarde em Lisboa…

“Depois de um dia de trabalho colocando pilares de ferro na calçada, portugueses olham pro resultado percebem o grande trabalho realizado...”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 8.80 out of 10)
Loading...
468x60 - Acessorios

Meu nobre camarada Carlos Portuga que me desculpe, mas recebi essa foto por email e não resisti em colocar. Não fique bravo comigo, por favor, é apenas brincadeira 😀

Primeiro olhem a foto, se não perceberem nenhuma anormalidade, leiam o texto abaixo:

Se contarmos, ninguém acredita…

Esses homens estão instalando pilares de ferro numa calçada de concreto em Lisboa, para impedir o estacionamento de carros em frente a um bar. No flagrante desta foto eles estão limpando e terminando o trabalho.

Olhe atentamente a foto e responda à pergunta abaixo:

Quanto tempo você acha que vai levar para perceberem onde está estacionado o furgão deles???

Quem manda trabalhar bêbado? Dá nisso…

Você também gostará desses

Gatinha com cerveja Essa é a gatinha do Dono do Bar, muito esperta. Já sabe abrir a geladeira e pegar sua longneck de cerveja e cuida muito bem dela.
Algumas verdades sobre o álcool Esse texto circula na internet desde os tempos em que Orkut era apenas um funcionário do Google. Obviamente, a autoria é desconhecida e já foi publica...
Lúcidos, a tirinha etílica Primeira postagem das tirinhas do Lúcidos, personagens numa mesa de bar discutindo situações ocorridas na vida real. Confira!
Bêbado e Jumento Coisas de bêbado mesmo, um sujeito dormir do lado de um jumento e uma garrafa de cachaça vagabunda. E fica aquela pergunta: Comeu ou não comeu?
Cervejas com designs inspiradores Cervejaria 21st Amendment contrata o designer Joe Wilson para a criação do design das embalagens das suas cervejas. Uma mistura de bom humor com a his...
Bêbada apaixonada por uma árvore Uma menina aparentemente bêbada numa festa começa a abraçar e se "relacionar" com uma árvore, abraçando, dando tapa, brigando, beijando. O que a bebid...

Tags:

Compartilhe:

  • E depois ainda dizem que a Loira é que é burra.
    Adorei tanto que fiz referência no meu blog.
    Bjin da Loira

  • Carlos Portuga

    ahahahahahaahah meu amigo DB e vc acha que eu ia ficar bravo com mais uma destas babacadas dos portugas? Antes de vir pra Suiça mtas destas eu vi.Como um dia me chamaram pra eu tirar o meu carro que estava a impedir dos caras da perfeitoria de colocar asfalto num rasgo de estrada (largura) pois eu tirei e fiquei observando.Depois de 1h de espetaculo, eles la terminaram e pra meu espanto vi que o caminhao deles estava na direçao do dito buraco, pois nao é que eles ao irem embora passaram por cima do asfalto novo deixando as marcas dos rodados do caminhao?Nem se preocupem em postar fotos assim eu so dou gargalhadase ao mesmo tempo lembro ai no Brasil MT que se trabalha um pouco da mesma forma.
    Paises irmaos né?ahahhaah abraços.

  • Luis

    Boas, passei por este site por acaso e tenho algumas coisas a dizer sobre este artigo. Primeiro sou de Lisboa e não conheço este lugar onde foi fotografado a imagem, a começar por aquelas setas de indicação que no geral são brancas (indicam as localidades, ou castanhas (indicam centros históricos) e nunca azuis. O pilares de ferro também não me parecem ser iguais aos de Lisboa, mas o mais escandaloso é o piso, a calçada portuguesa que é das coisas mais originais e tradicionais que temos em Portugal e vocês brasileiros utilizam-na no Rio de Janeiro, onde são filmados, fotografados e vistos por este mundo fora e acreditam que esta imagem é de Lisboa? Podemos dizer que sim, mesmo sabendo que não é! Vocês brasileiros acham-nos burros?
    Sabiam que fomos maioritariamente nós os portugueses que colonizámos o Brasil? Que exploramos a vossa riqueza para nosso e para vosso proveito? Sim os portugueses fizeram muitas coisas más mas naquela altura quem não fez? Somos actualmente um povo de emigrantes muita gente sai de cá para trabalhar para fora (Brasil, França, Inglaterra, Austrália, Japão, China, Angola, etc) actualmente mais licenciados e mestrados, mas também recebemos muitos imigrantes, principalmente brasileiros, a maioria sem formação superior, sempre vos respeitámos como pessoas que procuravam uma melhor qualidade de vida. Acreditem em nós que nós acreditamos em vocês!