É possível que o álcool aumente a qualidade de vida?

“Recentes pesquisas, mostram que o consumo frequente, mas moderado de álcool, pode trazer benefícios para o ser humano, a longo prazo. E você, acredita que tudo que é feito moderadamente tende a trazer vantagens e benefícios para a sua vida?”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (2 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Mais uma terça feira, e com ela um artigo que já vem chegando com o um quê de polêmica. Beber frequentemente, por 14 anos, e ainda sim ter maior qualidade de vida do que quem é abstêmio? Pode isso diretoria?

O estudo

Menina cercada de livros por todos os lados

É só terminar de ler esses aqui, e já vou ter a resposta

Créditos: Vanessa Paxton

O estudo incluiu 5.404 coroas simpáticos (50 anos ou mais) do Canadá, e era embasado da seguinte forma: Durante 14 anos (iniciados entre 1994 e 1995) os pesquisadores faziam perguntas sobre a quantidade de álcool utilizada, e a saúde dos nobres amigos, em intervalos de 4 anos.

O resultado

Livro com uma lupa em cima

Ah, sabia que eu ia achar uma resposta…

Créditos: Clémence Pacault

31% dos participantes, reduziu o consumo de álcool durante o período total de 14 anos, mas o mais surpreendente, é que a qualidade de vida diminuiu de maneira mais acentuada, nessa galera que diminuiu o consumo de álcool.

É importante lembrar que a qualidade de vida diminuiu pra todos de uma certa forma, pois todos tinham mais de 50 anos…

A pegadinha

Sérgio Mallandro

Ráááááá!

O Dr. Harvey Finkel, da Boston University Medical Center aponta um detalhe que nos parece fugir aos olhos num primeiro momento. Talvez mais importante do que a diminuição do álcool, o fato da pessoa diminuir a ingestão de álcool possa nos dar alguma pista de uma diminuição na qualidade de vida.

“Quando as pessoas envelhecem, mesmo desconsiderando os obstáculos médicos, interações sociais geralmente diminuem, o que leva a menos vontade de beber e menos oportunidades para beber”, disse Finkel, em um comunicado.

Finalizando

conclusao

Créditos: Nikola Bliznakov

Tudo bem que esse estudo me parece meio furado no cruzamento do álcool com a qualidade de vida. Mas uma coisa ficou muito clara para mim.

“A interação social gerada pelo fato de você tomar uns drinks uma vez na semana, são extremamente importantes para a qualidade de vida. Então, mexam essas suas bundas da cadeira uma vez por semana, e vão beber com seus amigos! Não é pra encher a cara, mas é pra passar um tempo de qualidade com as pessoas que você gosta. Faz bem tanto pra você, quanto pra elas!” – McLovin, Drunk

See you all in another dimension

Você também gostará desses

O Anti-Wingman: Da Derrota à Vitória Você está on fire, tudo da certo pra você, mas seu amigo está muito louco e queimando seu filme. Conheça a técnica do Anti-Wingman, e salve a sua noit...
Antes as mulheres cozinhavam como as mães, hoje el... Nossos parabéns ao Dia Internacional da Mulher, essas que são a coisa mais importante do mundo, com a cerveja logo atrás na disputa. Veja nossa homena...
16 Momentos para beber Veja 16 momentos ideias para beber uma cerveja, whisky, vinho, qualquer bebida com seus amigos. Conhece mais outro? Nos fale agora!
Amor é cerveja, sexo é tequila. O que é o amor e sexo pra você? Veja a diferença entre as bebidas, quais que têm mais a ver com o amor e quais que têm mais a ver com o sexo. Qual voc...
Esquina, a relíquia carioca Vamos falar de uma relíquia carioca para nós, bebedores de cerveja: a esquina. Muito não se fala sobre ela, mas as esquinas cariocas sempre têm um bar...
ENEB – o ENEM dos bares O ENEB, Exame Nacional da Experiência nos Bares, são algumas questões que devem ser respondidas para que o relacionamento nos bares seja sempre bom....

Tags:

Compartilhe:

  • Carlos Eduardo Correa Braga

    Talvez a diminuição do consumo de álcool seja na verdade a consequência da diminuição da qualidade de vida e não a causa.

    • Exato, foi o que quis dizer com “Talvez mais importante do que a diminuição do álcool, o fato da pessoa diminuir a ingestão de álcool possa nos dar alguma pista de uma diminuição na qualidade de vida.”

      Obrigado pela leitura Carlos Eduardo…