Estréia Dr. Beer: Review Unibroue Chambly de Noire

“Conheçam o Dr. Beer e sua grande estréia no PdB falando sobre a saborosíssima Belgian Ale canadense Chambly Noire.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (8 votes, average: 7.63 out of 10)
Loading...
468x60 - Acessorios

Nota do Dono do Bar: Hoje eu tenho o enorme prazer de apresentar o Dr. Beer, que será um dos responsáveis por trazer reviews das mais variadas cervejas artesanais, nacionais, importadas, etc. Aguardem novidades. Abraços.

Bom dia a todos! Fui recentemente convidado pelo Dono do Bar a postar algumas humildes contribuições aqui nesse interessante site sobre uma de minhas paixões e de vocês também: uma boa cerveja. Para essa primeira incursão, escolhi uma das melhores cervejas que provei ultimamente, para começar com o pé direito: a saborosíssima Belgian Ale canadense Chambly Noire.

Antes dos dados em si, gostaria de convidar todos os leitores a conhecerem meu trabalho em dr-beer.blogspot.com, beerlog que atualmente está em sua segunda seção sobre estilos de cerveja, hoje com as American Lagers e o estilo Light Lager. Fora isso, há também seções sobre os copos corretos a se utilizarem na hora de se beber uma boa cerveja e também mais de 100 reviews sobre cervejas, os quais devem voltar a serem publicados ainda em maio próximo. Dito isso, vamos aos trabalhos…

Descrição Chambly de Noire

Rótulo cerveja Chambly Noire

Despejada em uma taça de vinho, apresentou espuma de aparência inicial média e aerada, coloração marrom claro e boa formação de colarinho. Seu corpo marrom-escuro, de densidade média e translúcido apresentou reduzida longevidade de espuma. No aroma, notas cítricas, leve presença de álcool e também abacaxi. No delicioso aroma, uma explosão de sabores.

Garrafa e copo da Chambly Noire

Apresentou leves dulçor e amargor no início, tornando-se levemente doce no final, este de curta duração. Pude perceber durante todo o gole um maravilhoso gosto de frutas vermelhas (bastante amora), leve toque de chocolate, toques de vinho colonial e, basicamente, um paladar cítrico. Na boca, fui agraciado com um corpo leve médio, de textura aguada, forte carbonatação e final levemente metálico.

Informações

  • Origem: Canadá
  • Estilo: Belgian Dark Ale
  • Grad. Alc.: 6.20%

Você também gostará desses

Review Cerveja: Dado Bier Lager Review de mais uma cerveja nacional, conhecida por alguns e pela grande maioria de cervejeiros artesanais, a Dado Bier, só que no tamanho grande.
Review Cerveja: Eisenbahn Weihnachts Ale Um review especial de natal pros leitores do PdB, a cerveja da vez agora é a Eisenbahn Weihnachts Ale. Provavelmente uma das melhores da família Eisen...
Review Cerveja: Corona Extra Review da mexincana Corona Extra, uma Pale Lager um pouco conhecida no Brasil. Acima da média do mercado nacional, mas com um preço acima de sua quali...
Review Cerveja: Double Chocolate Wells & Youn... Review de uma deliciosa cerveja, a Double Chocolate Stout. Uma cerveja com toques, aromas de chocolate. Baixo teor alcoólico, doce com tons amargos.
Review de Cerveja Way Beer – Belgian Dark Ro... Veja o review feito da cerveja Way Beer Belgian Dark Rollercoaster IPA, uma cerveja bem lupulada, do estilo Belgian Dark IPA e especial da cervejaria ...
Review cerveja: Koninck Gusto 1833 Blond Review da cerveja Koninck Gusto 1833 Blond, da Bélgica no estilo Belgian Strong Ale. Excelente formação de colarinho e reduzida longevidade. Gosto fru...

Compartilhe:

  • beleza, só falta falar nossa língua. ¬¬

  • Dr. Beer

    parabens pelo trabalho. É muito bom ter alguem com essa carga de experiencia ao nosso redor. Teremos sempre uma boa referencia.

    Sobre a cerveja eu nunca tomei mas espero poder provar. A cor dela dentro da taça me fez lembrar da minha Demoiselle de ontem a noite.

    Seja bem vindo.

  • João

    Ahn???

  • Arvro

    O artigo realmente ficou muito bom, mais tenho q concordar com o Elton L. do comentário acima.

    A breja foi muito bem descrita, mas pra quem não tá acostumado com toda essa técnica descritiva, soa um tanto quanto indiferente… talvez uma breve explicação de como é feita a avaliação seria interessante.

  • Guga

    Fiquei com água na boca! Onde encontro essa divindade?