Estréia Dr. Beer: Review Unibroue Chambly de Noire

Nota do Dono do Bar: Hoje eu tenho o enorme prazer de apresentar o Dr. Beer, que será um dos responsáveis por trazer reviews das mais variadas cervejas artesanais, nacionais, importadas, etc. Aguardem novidades. Abraços.

Bom dia a todos! Fui recentemente convidado pelo Dono do Bar a postar algumas humildes contribuições aqui nesse interessante site sobre uma de minhas paixões e de vocês também: uma boa cerveja. Para essa primeira incursão, escolhi uma das melhores cervejas que provei ultimamente, para começar com o pé direito: a saborosíssima Belgian Ale canadense Chambly Noire.

Antes dos dados em si, gostaria de convidar todos os leitores a conhecerem meu trabalho em dr-beer.blogspot.com, beerlog que atualmente está em sua segunda seção sobre estilos de cerveja, hoje com as American Lagers e o estilo Light Lager. Fora isso, há também seções sobre os copos corretos a se utilizarem na hora de se beber uma boa cerveja e também mais de 100 reviews sobre cervejas, os quais devem voltar a serem publicados ainda em maio próximo. Dito isso, vamos aos trabalhos…

Descrição Chambly de Noire

Rótulo cerveja Chambly Noire

Despejada em uma taça de vinho, apresentou espuma de aparência inicial média e aerada, coloração marrom claro e boa formação de colarinho. Seu corpo marrom-escuro, de densidade média e translúcido apresentou reduzida longevidade de espuma. No aroma, notas cítricas, leve presença de álcool e também abacaxi. No delicioso aroma, uma explosão de sabores.

Garrafa e copo da Chambly Noire

Apresentou leves dulçor e amargor no início, tornando-se levemente doce no final, este de curta duração. Pude perceber durante todo o gole um maravilhoso gosto de frutas vermelhas (bastante amora), leve toque de chocolate, toques de vinho colonial e, basicamente, um paladar cítrico. Na boca, fui agraciado com um corpo leve médio, de textura aguada, forte carbonatação e final levemente metálico.

Informações

  • Origem: Canadá
  • Estilo: Belgian Dark Ale
  • Grad. Alc.: 6.20%

Você também gostará desses

Cantillon: o sabor da fermentação espontânea A descrição de uma experiência bem pessoal: a degustação da complexa e rara Cerveja Cantillon Kriek 2002 Lou Pepe (icone do estilo Lambic).
Ionian, a cerveja pra macho! Uma cerveja forte comparando com as bebidas no Brasil em botecos, que geralmente possuem 4.7%, a Ionian possui 7% e vem da Grécia. Com certeza deixa d...
Review Cerveja: Licher Um reviewda Licher, cerveja de trigo alemã, do estilo Hefeweizen. Uma ótima pedida para uma cerveja desse estilo.
Review cerveja: Malheur 10° Mais uma cerveja belga do estilo Belgian Strong Ale no Papo de Bar, dessa vez é a Malheur 10, uma ótima cerveja com excelente formação de colarinho e ...
Review cerveja: Saint Nicholas Blond Ale Depois do review de natal com a Eisenbahn, vamos pra mais uma cerveja natalina, a Saint Nicholas Blond Ale, da cervejaria nacional Bamberg. Muito boa,...
Review cerveja: Brahma Beats Review da conhecida cerveja Brahma, porém numa versão que é somente vendida fora do Brasil, a Brahma Beats. Não muda praticamente nada em relação a ve...