Nascimento da cerveja Hi 5 com uma luva

Hi-5: Um cerveja de personalidade própria

“De uma forma muito despretensiosa que nasceu a cerveja que hoje terá seu lançamento oficial, de forma simultânea nos maiores redutos cervejeiros do RJ. A cerveja, desde o começo, mostrou a que veio. Escolheu seu nome e seus fiéis seguidores. Apresento a vocês Hi-5 Black IPA!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (4 votes, average: 9.50 out of 10)
Loading...

Foi de uma forma muito despretensiosa que nasceu a cerveja que hoje terá seu lançamento oficial feito de forma simultânea nos maiores redutos cervejeiros do Rio de Janeiro. A cerveja, desde o começo, mostrou a que veio. Escolheu seu nome e seus fiéis seguidores. Apresento a vocês Hi-5 Black IPA!

Nascimento da cerveja Hi-5

Nascimento da cerveja Hi 5 com uma luva

Nasceu!!!

Numa tarde nublada de sábado, os amigos Bernardo Couto e Salo Maldonado, em companhia de outros amigos e clientes do BeerJack HideOut, se juntaram para festejar a feitura de uma cerveja, cuja receita foi desenvolvida por Bernardo e feita em parceria com Salo. Os amigos acompanharam toda a brassagem, regada a muita cerveja e muito papo animado como de costume.

Dos fundos do convés para todo Brasil

A cerveja pronta agradou gregos, troianos e desertores. Todos aprovaram. E como a própria cerveja decidiu seu destino, escolheu Salo e Bernardo como seus guardiões. Como compartilhar com os brasileiros algo tão bom e que estava tão restrito aos degustadores a bordo do HideOut?

Em parceria com a cervejaria Allegra, decidiram ampliar o alcance da Hi-5. Formaram então a Duas cabeças.

Dos criadores da cerveja Hi-5

Tive uma rápida conversa com ambos, para saber tudo o que rodeou a criação da tal cerveja.

Salo, como surgiu a ideia da Hi-5?

Foi mais uma surpresa do que um projeto em si. Sempre tive vontade de fazer cervejas diferentes, mas os meus amigos que costumam fazer cerveja comigo são mais restritos, mais apegados as fórmulas clássicas. Conversando com o Bernardo, minha ideia inicial era fazer uma smoked porter, um estilo que até aquele momento eu não tinha acesso no mercado nacional e nunca havia experimentado. Acabamos optando por fazer uma Black IPA pra ver no que dava.

O Bernardo criou a receita e eu só sugeri o lúpulo a ser utilizado, no caso o Simcoe, um lúpulo bem cítrico que contribuiu bastante com o amargor e aroma. Fizemos a primeira leva ao vivo, a bordo do HideOut, mais como uma reunião entre amigos. Não tínhamos o airlock e utilizamos uma luva descartável para vedar. A cerveja decidiu seu caminho e se autobatizou. Acho que é o primeiro caso de autobastimo da história cervejeira…hehe

Por que escolheu o Bernardo para esta parceria?

Nós temos ideologias muito similares, pontos de vista de mercado e paladar parecidos também. O Bernardo é também melhor cervejeiro que eu… É meio que um complemento nas competências.

Qual sua visão de mercado cervejeiro nacional?

O mercado cervejeiro está em crescimento constante no Brasil, começando a tomar sua própria forma. Mas ainda deve no campo profissional, digo, na questão de atitude profissional. Ser profissional é diferente de ser formado. Falta orientação nas casas especializadas, cartas de cervejas bem feitas, atendentes mais instruídos.

Acredito que educar o consumidor é a melhor forma de tornar esse crescimento forte, não simplesmente uma bolha. Hoje o consumidor leva em conta preço + gosto pessoal. Mas muitas vezes ele não sabe que o gosto pessoal dele pode ter mais opções. O consumidor está aberto a novas experiências. Nós é que ainda estamos pouco preparados para ajuda-lo a descobrir isso.

Bernardo, há quanto tempo você atua no mercado cervejeiro? E o que te motivou a ingressar no modo profissional em parceria com o Salo?

Faço cerveja há cerca de 2 anos e meio. Fiz o curso do Botto e comecei a fazer cerveja com os amigos. Entrei nessa por vários motivos. Primeiro, por vontade de entrar neste meio, satisfação pessoal. Segundo, oportunidade. Vi que havia um mercado em crescimento e lacunas muito grandes. Assim, quando conheci a cervejaria, disposta a terceirizar a produção, juntaram-se estas vontades.

A cerveja atingiu suas expectativas? Foi um sonho realizado?

Em parte sim, por ter uma cerveja de excelente qualidade no mercado e de receita minha. Mas o sonho realizado virá num momento mais a frente, com uma marca mais consolidada, um portifólio maior.

O Gran finale

Garrafa da cerveja Hi 5

Que beleza

Então, o que antes era privilégio de seletos marujos e de uma tripulação contente, agora fará parte do coração de todos no Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Paraná, lugares escolhidos para serem sede do lançamento simultâneo oficial da cerveja.

Com design de Armando Fontes, da cervejaria Vilã (oh o mundo cervejeiro todo participando do nascimento da Hi-5), ela já está pronta e se apresentará neste dia 02 de Fevereiro, aqui no Rio de Janeiro nos seguintes bares: Beerjack HideOut, Boteco Colarinho e Delirium Café. Todos estão convidados!!!

  • Salo Maldonado é cervejeiro, socio do BeerJack HideOut, Infusion Distribuidora e Cervejaria Duas cabeças.
  • Bernardo Couto é cervejeiro, jornalista, sócio da Cervejaria Duas Cabeças e editor do portal Homini Lúpulo
  • A Hi-5 é uma Black IPA com 6,2% de álcool que vai surpreender você.

Você também gostará desses

Jantar harmonizado Avek + Get Cervejas Especiais O Papo de Bar foi convidado para conhecer a prévia do que será o jantar harmonizado organizado pela Get – Cervejas Especiais no restaurante Avek, em S...
Escolha do nome da Pumpkin Ale da Cervejaria Bier ... A Cervejaria Bier Hoff está lançando uma nova cerveja, do estilo Pumpkin Ale, onde os clientes escolherão o nome dessa cerveja através do Facebook e o...
Newcastle Brown Ale no Omalley’s Pub A cerveja tradicional Newcastle Brown Ale, do Reino Unido, lançou sua campanha num evento no Omalley's Pub. Petiscos com a cerveja serão feitos no Bar...
Mondial de La Bière 2014 O Rio de Janeiro recebe o Mondial de La Bière 2014, que se destaca como o mais importante evento para degustação e difusão da cultura cervejeira do pa...
Visita à fábrica do Grupo Petrópolis Conheça uma das fábricas do gigantesco Grupo Petrópolis, que fica em Teresópolis. Lá é produzida as cervejas da marca Weltenburger, dentre outras bebi...
Harmonizar cerveja artesanal com pastel Você por acaso já pensou em harmonizar cerveja artesanal com pastel? O Bar do Adão resolveu lançar essa ideia e oferece em seus bares essa harmonizaçã...

Compartilhe: