Chopp a metro

História da Oktoberfest em Blumenau + Bebedeira

“A história do surgimento da Oktoberfest, como tudo começou, tragédias, colaborações, música alemã, muito chopp, festa, comemorações e mais chopp.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 6.40 out of 10)
Loading...

Nada vazio não é verdade?

Oktoberfest muito cheia[ /caption]

Foi em 1983 que São Pedro nos ‘’presenteou’’ com uma grande enchente. Tragédia na qual o Rio Itajaí-Açu – rio que corta parte do Vale do Itajaí – esteve quase 16 metros acima do nível normal. Como não estou aqui para falar de tragédias, só me custa lembrar que, depois da cheia do Rio Itajaí, o povo resolveu fazer uma grande festa para animar os moradores e ajudar na construção do que havia sido destruído.

A tal Oktoberfest

A tal festa é a Oktoberfest que traz todos os anos visitantes, colaboradores, música alemã, milhões de litros de chope e, é claro, cifras para a cidade ($$$). Este é o fato que a maioria dos habitantes e turistas conhecem.

Mas como tem sempre alguém que gosta de conspirações, anda rolando pela cidade uma historinha da qual se fala sobre um projeto de Oktoberfest para ser realizado em Outubro (óbvio!), um mês depois do aniversário da cidade, mesmo antes da enchente!

Os pavilhões direcionados a festa já estariam construídos e também decorados, de forma que ninguém pudesse ter acesso ao local. ‘’A cidade sempre possuiu caráter turístico e em qualquer momento ia precisar de um evento importante’’, dizem os conspiradores.

O fim não importa e sim a bebedeira

Chopp a metroCréditos: Cervejagourmet

Mas a história da festa, no fim é o que menos importa. Vale chamar atenção para a ‘brincadeirinha’ mais alegre da festa. Não me refiro aos desfiles germânicos e nem da Garotapéia (gostaram do nome, né?). Falo sobre o Concurso Nacional de Tomadores de Chope em Metro. Esta disputa consiste em fazer o participante beber 1 metro de chope (cerca de 600 ml), o mais rápido possível, sem desperdiçar o ‘conteúdo’.

A competição acontece em todas as noites da festa ás 22h, com um vencedor por noite. No último dia de festa, são divulgados os melhores resultados masculinos e femininos. A mulherada de Blumenau já ganha medalhas de ouro no chope em metro por 23 anos consecutivos. A competição é aberta também para os turistas.

Quem vem beber mais por aqui?

Aliás, ainda dá tempo de você ir de graça para a Oktoberfest com mais dois amigos. Aproveite!

Você também gostará desses

Cerveja para crianças beberem, dia das crianças Os japoneses agora criam uma cerveja para as crianças. Mas claro, sem álcool para não prejudicar nossas crianças e não se ferrarem com a justiça. Conf...
Mulheres: Como ficar bonita usando CERVEJA! Algumas dicas para mulheres fazerem com a cerveja, além de beber. Cerveja serve tanto para pele quanto para os cabelos. Servem até mesmo para fronhas ...
A cerveja a prova de ressaca Cerveja a prova de ressaca! Imagine só beber um monte, e nem um sintoma de ressaca!? Não imagine mais, essa cerveja já existe!
Cerveja em animais mortos e empalhados Imagina uma cerveja fortíssima, passando dos 50% de álcool. Isso mesmo, mais de 50%. Agora imagina essa cerveja com a garrafa revestida por um animal ...
Bebidas que matam! Em Moçambique, na África, 56 pessoas morreram após beber uma cerveja contaminada e em Nova Déli, na Índia, 27 pessoas morreram por causa de um whisky ...

Tags:

Compartilhe:

  • Rafael

    Poderia ter citado onde a festa começou no Brasil, ela nao foi realizada por acaso.
    A festa começou a ser comemorada no Brasil na cidade de Itapiranga – SC e, mais de 10 anos depois, após a enchente, foi realizada no Vale do Itajai para levantar fundos e reconstruir a cidade.

    Se quer falar sobre o inicio da Oktoberfest (no Brasil) isto deve ser explicado, pois a cultura é de que a festa nasceu em Blumenau, quando nasceu na Alemanha (festa da colheita), foi copiada em Itapiranga para levantar fundos e Blumenau apenas aproveitou uma ideia que ja tinha dado certo. Nada contra, mas eu creio que a historia e a tradição devem ser valorizadas.

  • Nada contra, amigo. Mas poderia ter mais informações, fatos históricos, casos, etc.

    Tópico meio fraco…

  • jao

    Faltam varios dados importantes sobre a historia da festa… Fora q o texto tá bem ruinzinho… Tente escrever quando estiver sóbrio…

  • Eduardo Götzinger

    HAHAHA, essa Manuuu, sempre cachaceira.
    Legal o post Manu, estamos aguardando ansiosamente a Oktober 2012!!

    Apenas um comentário historiográfico, hehehe, já havia o desejo de se fazer uma festa da cerveja antes das enchentes de 1983.