This is Malbec World Day, baby

“Dia 17 de abril é o Malbec World Day, dia celebrado em diversos países em homenagem ao tipo de uva de Bordeaux. Veja o que rolou no evento em Salvador.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (4 votes, average: 7.50 out of 10)
Loading...

Fala galera. Faz um tempinho que não dou as caras, mas hoje voltei em grande estilo, porque hoje é dia do Malbec World Day, bebê. Enfim, para quem não está por dentro, Malbec é um tipo de uva nativa da região de Bordeaux, na França, mas que encontrou na Argentina características que tornaram seu plantio possível, além do quê, as uvas deste tipo plantadas na Argentina são muito melhores que o Malbec de Bordeaux, o que resulta numa produção de vinhos de excelente qualidade.

Desde o ano de 2010 o governo argetino, através de seu consulado juntamente com a Wines of Argentina, promove o Malbec World Day, um evento cheio de elegância que ocorre simultaneamente nas principais cidades do mundo reunindo produtores, distribuidores, empresários donos de bares, restaurantes, a mídia e, é claro, apreciadores. O objetivo do evento para além da comemoração é promover os vinhos Argentinos que correspondem a bem mais da metade da produção do tipo Malbec no mundo.

E quando é esse Malbec World Day?

vinho penedo borges no Malbec World Day

A comemoração ocorre no dia 17/04, porém aqui em Salvador-BA, foi antecipada para o inicio desta semana, mais especificamente na terça-feira. Eu compareci e posso garantir meus amigos, valeu muito a pena. O Cônsul Argentino sabe recepcionar, a reunião aconteceu em um dos mais lindos hotéis de Salvador, no salão as típicas mesas de queijos, pães e doces como era de se esperar marcavam a parte das gordices da festa. Destaque para o doce de leite incrível que de tão saboroso lembrou minha ultima viagem a Minas Gerais. Para abrilhantar, inúmeros estandes de incontáveis empresas exibindo cerca de 70 rótulos de Malbec dos mais frescos vinhos de entrada a vinhos mais encorpados que trazem ao consumidor experiências palatáveis quase que estética como fez questão de expor minha amiga, a jornalista Regina Bochicchio.

Virou enólogo?

Obviamente eu não sou nenhum enólogo, aprecio muito, entretanto, não avancei meu paladar e olfato a esses extremos, por isso resolvi perguntar aos amigos lá presentes quais suas respectivas impressões ao que estava sendo exposto. O Sérgio Mota, apreciador de vinhos há 10 anos, me trouxe todos os argumentos técnicos necessários e me dividiu os melhores em algumas categorias:

Revelação do Malbec World Day

Como revelação da noite ele elegeu o VINITERRA SELECT MALBEC-CARMENERE 2013. Nunca tinha experimentado um corte de Malbec com Carmenere antes e me confessou que gostou da mistura. Escuro quase negro que tinge a taça. No seu aroma, frutas negras, cassis e blueberry, aromas adocicados e terrosos. Na boca um leve adocicado, com tudo sentido no aroma, nada que incomode. Equilibrado, de corpo médio, acidez, álcool e taninos muito bem integrados.

Melhor custo-benefício do Malbec World Day

De melhor custo benefício da noite ele indica VISTALBA CORTE C 2012. Com o preço de aproximadamente R$55 ele entrega muito mais que seu preço. De cor rubi com reflexos violetas, aromas intensos de frutas negras e vermelhas secas, chocolate e no fundo eucalipto. Na boca as frutas se mostram em compotas, com os taninos redondos e acidez e álcool muito bem integrados.

Melhor vinho da noite do Malbec World Day

O vinho da noite para o Sérgio foi o VISTALBA CORTE A MCMXLVIII 2010. Seu preço não atrai a todos, mas definitivamente é disparado o melhor vinho apresentado. Um grande vinho Mendocino, de cor rubi profundo, com aromas bem pronunciados de frutas vermelhas bem maduras, cassis, chocolate meio amargo e baunilha muito bem vivos e intensos. Na boca é opulento, que preenche toda a boca, é elegante e extremamente equilibrado e sedutor, seus taninos redondos e prolongados, e acidez e álcool na medida certa.

Outras opiniões sobre o Malbec World Day

gimenez rilli

O professor do curso de sommelier da UNIRB, o querido Alexandre Takei, também me deu sua opinião:

“No geral, gostei muito do nível da prova, que mostrou vinhos equilibrados desde às linhas de entrada (de perfil mais leve e frutado) até os produtos top de linha. Me surpreendeu muito o late harvest da Suzana Balbo, pois nunca havia provado um exemplar tinto. Ele traz os aromas da malbec, fruta e um leve toque floral, aliado a um dulçor e untuosidade intensos, mas que não deixam o vinho enjoativo. Me lembrou alguns bons vinhos do Porto Ruby”.

A também apreciadora de vinhos e colunista do jornal A tarde, minha amiga Regina Bochicchio, também teve seu coração arrebatado pelo Suzana Balbo late harvest:

“Eu fiquei surpresa com o late harvest da Susana Balbo. Primeiro porque eh um tinto de colheita tardia, eu só conhecia brancos. Segundo porque eh muito aromático e saborosíssimo. Doce na medida certa, sabor peculiar. Como todo vinho de sobremesa, tem grau alcoólico alto. Mas não sobra na boca, é equilibrado. Gostei muito. Tirando que Susana Balbo eh referencia”.

E o que você achou, Don Diego?

Devo confessar que também fui arrebatado pelo late harvest da Susana Balbo. E olha que eu não gosto de bebidas doces, mas aquele doce estava super no ponto, equilibrado de forma única.

mesa de frios do Malbec World Day

A degustação já havia chegado ao fim, mas a noite estava longe de acabar. Na varanda do hotel, de frente para o mar, fomos servidos de mais uma garrafa pelo grande Angelo Canto, representante do Susana Balbo. Engatamos uma boa conversa sobre como o mercado de vinhos vem crescendo em regiões como o Norte-Nordeste do país e como é importante o papel da mídia nesse crescimento. Por fim, tivemos que voltar a realidade dos pobres mortais e cada um seguir pra sua casa, e o mais importante todos de TÁXI.

Finalizando

Galera, espero que vocês tenham gostado, o evento realmente foi incrível e mostrou que Salvador tem público e sede de reuniões como essa. Meus sinceros agradecimentos a Emilia, do consulado Argentino, que fez o convite ao PdB, a Regina Bochiacchi e o professor Alexandre Takei pela aula sobre Malbec e como apreciar um bom vinho e o querido Sergio Mota pelas observações.

Abraço.

Você também gostará desses

BGourmet 2008 – O lado B da Bossa Nova. Que tal um espaço Gourmet com vários vinhos e cursos diversos relacionados a comidas? Foi isso mesmo que a Brastemp organizou no final de outubro.
Newcastle Brown Ale no Omalley’s Pub A cerveja tradicional Newcastle Brown Ale, do Reino Unido, lançou sua campanha num evento no Omalley's Pub. Petiscos com a cerveja serão feitos no Bar...
Burn, Sagres e Amstel: 1 semana, 2 eventos, 3 lanç... Ocorreu dois eventos pra lançamento de três cervejas no Rio de Janeiro: a Burn Baby Burn, Sagres e a Amstel. Grandes eventos, boas cervejas. Confira a...
Degusta Beer and Food Acontecerá o primeiro Degusta Beer and Food separado do evento Brasil Brau. Evento especializado em gastronomia e cervejas artesanais que acontece dia...
Diageo World Class Competition 2014 Veja o que rolou no evento Diageo World Class Competition de 2014, uma competição nacional pra grande final, no Reino Unido e de padrão mundial de dri...

Tags:

Compartilhe: