Vamos falar de Marketing, Libertadores da América e Heineken?

Alô, Alô, amigos PdBs! Essa semana houve muito barulho por conta da alteração do calendário da Taça Libertadores da América, comunicado pela Conmebol. Um barulho inútil, ao meu ver, mas como toda mudança radical, gera protestos e uma aversão inicial nas pessoas. Vamos falar de marketing e tentar entender as mudanças na competição mais importante do continente sulamericano.

Mas porque falar sobre isso aqui no PdB?

A primeira coisa que pensei quando li a notícia foi: Agora a Heineken terá interesse em patrocinar o torneio e criar aquelas ações sensacionais por toda América do Sul.

O modelo da próxima Libertadores será quase completamente igual ao da Champions League, que é a maior e mais relevante competição de clubes no mundo. Por que haveríamos de não seguir?

Será?

Será?

Não quero entrar no mérito sobre a qualidade dos clubes que disputam as competições. Na Europa os caras têm mais dinheiro e levam os melhores jogadores do mundo, montando elencos fortíssimos.

Mas esse novo formato poderá valorizar a competição em nível mundial. Fará mais pessoas de mais países olharem, gostarem e acompanharem a Libertadores da América.

Calendário da Libertadores da América

A competição será disputada entre os meses de fevereiro e novembro de cada ano. PERFEITO! O ano já começa com uma competição forte rolando e chegando o final da temporada haverão diversos títulos sendo disputados.

Isso exigirá que as equipes daqui estejam fortes e preparadas para aguentarem uma eventual disputa por dois títulos importantes, como o Brasilerão e a Libertadores da América, por exemplo.

Relação com a Copa Sulamericana

Os times que forem desclassificados no primeira fase da Libertadores, disputarão a Copa Sulamericana. Isso vai aumentar o valor de mercado da Copa Sulamericana e valorizar o time que a conquiste.

A final da Libertadores da América

taça da libertadores da américa

A final, talvez o ponto mais polêmico, será disputada em um única partida em local pré-definido. Como na Champions, o evento será chamado pelo nome da cidade sede e o ano que vai acontecer. Por exemplo: “Caracas – 2017”.

No início será estranho imaginar uma final entre Boca x River na Venezuela, mas com o tempo vamos nos acostumar e ficará mais fácil viajar para esses eventos, já que pode ser algo programado e independente dos times que chegarão à final.

Quando um país sem tradição no futebol, que não tenha em sua cultura aquele amor pelo esporte, for escolhido como sede pode ser que a grande final não tenha tanto brilho, mas ainda acredito que fará bem a esses países receberem o evento e sentirem como é aquilo.

Pode gerar um estímulo para o investimento no futebol, como ocorre com países sede de uma Copa do Mundo.

Marcas patrocinando

heineken champions league

Quando digo que imagino uma Heineken patrocinando a Libertadores da América, uso a marca porque ela é a principal parceira da Champions League, mas pode ser qualquer marca grande que veja potencial no produto.

Para uma Corona, que está em todo o continente, seria incrível! Ter um torneio que dura o ano inteiro e já saber desde o início onde será a final, abre um leque de opções para marcas patrocinadoras.

Isso é muito bom para todos: organizadores, clubes, cidades e marcas. Todos ganham!

Culturalmente, somos acostumados a finais com dois jogos, um em casa e outro fora, somam-se os placares e o melhor sagra-se campeão. Mas é hora de tentar mudar.

É o momento de apoiar e torcer muito por seu clube e para que a competição seja um sucesso! Com isso as premiações serão melhores, a exposição infinitamente maior e o peso de ganhar uma libertadores será incrível!

De quebra o valor de patrocinadores de camisas de clubes pode ainda ser elevado para quem for disputar a Libertadores da América, devido a grande exposição que será gerada.

Finalizando

A Conmebol acertou muito nas mudanças! A Libertadores da América ficará incrível e nós vamos nos acostumar às mudanças.

Minha preocupação é com a CBF e seu calendário louco. Os estaduais terão que ser muito diminuídos e as datas FIFA respeitadas.

Seria algo simples de fazer, se não fosse a CBF um órgão com dirigentes ultrapassados que fazem de tudo para atrapalhar o que deveria ser seu foco: o FUTEBOL.

Sou otimista e já vejo um sucesso absurdo nos próximos ano da competição! Vamos torcer! E você, o que achou das mudanças?

Aquele abraço!

Você também gostará desses

Trabalho ou futebol? Heineken te ajuda a fazer os ... A Heineken inova mais uma vez e une duas paixões mundiais: futebol e cerveja. Conseguiu juntar o trabalho e o futebol numa ideia de convencer chefes a...
Budweiser UFC, a garrafa em homenagem ao UFC A Budweiser lança a Budweiser UFC, uma garrafa em parceria com a Ultimate Fighting Championship, uma Long Neck com a logo do UFC, a Budweiser UFC.
Estúpido é você que mistura bebida e direção! Ops&... A cachaça Sagatiba criou uma excelente campanha contra a combinação bebida + direção, a campanha Isso é estúpido, onde algumas coisas estúpidas são co...
Heineken Room – O quarto da Heineken Heineken Room, um quarto no meio do evento Popload Festival, será uma hospedagem.
Bud lança latinha em homenagem ao Metallica A Budweiser lançou uma lata que homenageia a banda Metallica. E ficou linda!
Heineken vai se instalar no MAC, em São Paulo A Heineken estará no MAC, em São Paulo, apresentando seu projeto, o The Art of Heineken. Primeira vez que uma cerveja "entra" em museu. Confira!