MISSA, A festa que virou saga

Festa MISSA da Smirnoff

A Smirnoff convidou o PdB para festa M.I.S.S.A, em Búzios, uma edição especial dessa festa que freqüentemente acontece no Rio de Janeiro. O evento aconteceu no ultimo sábado, dia 23 de abril, porém o Dono do Bar não poderia estar presente, pois já tinha outro evento etílico agendado.

Então convidou a nós, seus “representantes”, Afonso 3D e Bola, para curtirmos e contarmos como foi a tal M.I.S.S.A.

E não estamos falando de rezar!

Almofadas da festa MISSA

E nem de dormir 😉

O 1º passo foi a chegada ao ponto de encontro, em um hotel em Copacabana. A patrocinadora do evento convidou alguns blogueiros, não apenas o PdB, a conhecer a festa e nós todos iríamos de van rumo a Búzios. Até aí… nada de incomum! Mas a van estava premiada! Em um de seus assentos, ao invés de um passageiro, tínhamos um cooler cheio de Smirnoff Black, energéticos, refrigerantes e água.

“Combustível” cheio, tudo pronto. Ou quase…

Afonso e cooler

Coisa linda de Deus!!!

Partimos às 22h! No caminho pegaríamos mais 3 pessoas que também iriam com a gente. A viagem seguia tranquilamente, até que o motorista resolveu pegar um “atalho”! Lógico que se perdeu! Então nosso amigo 3D decidiu fazer o papel do GPS e, naturalmente, acabamos mais perdidos. (nota de um dos editores: nos perdemos por causa do GPS, não por minha causa).

Afonso botando vodka

Isso que eu chamo de interagir

Mais alguns quilômetros de desvio e acabamos nos achando. Achamos os outros elementos e, enfim, conseguimos chegar na festa às 2 horas da manhã. Fato que já tínhamos consumido boa parte da vodka e dos energéticos, fundamentais para a interação e distração da galera da van!

Vamos aproveitar a festa? Talvez…

Gostosas

Vem gente!

Ok! Pensando que a festa iria até o amanhecer, tínhamos tempo suficiente para aproveitarmos e fazer um bom post pra vocês. Isso até ouvirmos a seguinte frase: “Nos encontramos aqui às 5”. Pô… 5 horas?! 4 horas de viagem e 2:30h de festa?! Reclamamos e o pior aconteceu: o horário de encontro mudou para 4:30h. Resolvemos não falar mais nada e irmos nos divertir.

Convidados surpresa?

Equipe de Barman da festa

Opa, quem são vocês?

Depois de um tempo até o pessoal da organização conseguir decidir o que fazer conosco, pois parecia que tinhamos chegado de surpresa, entramos e o show principal havia se encerrado. Havia outro, mas realmente não lembramos quem subiu ao palco (as Smirnoff Black com energético já estavam fazendo efeito).

Cansados? Jamais, vamos zoar todas!

Afonso e Daniel

Vamos "caçar"

Nossos amigos da van, ficaram todos lá no canto, recostados em nossa mesa esperando dar a hora de partir. Enquanto isso, nós ficávamos, sempre com a vodka na mão, “caçando” algo pra fazer, alguém para conversar… E deu certo! Conhecemos várias pessoas e interagimos bastante.

Final de festa…

Daniel e menina

Bela interação, mas temos que ir embora 🙁

Ás 4:30h em ponto (nem percebemos que já estava na hora) fomos pegar mais vodka em nossa mesa e… hora de dar tchau! Esperto foi o Bola, que “fez que ia”, ficou no fim da fila e deu um perdido em todos! Desgraçado! Curtiu mais algum tempo de festa até que a responsável pela van o encontrou e o arrastou com ela.

Afonso dormindo

zzZZZzzZZzzzZZzzzZZZzz

Na volta, todos apagaram e o Bola ficou acordado sozinho. Bebeu toda a Smirnoff Black (que aliás, é uma delícia), todas as águas e todos os refrigerantes que ainda restavam no cooler. Ah… e como não podia deixar de ser… tirou várias fotos das pessoas dormindo!

Pontos positivos

  • A ida na van
  • Conhecer o povo
  • Smirnoff Black.

Pontos a serem melhorados

  • A impressão de que a organização da festa não tinha nem idéia de que estaríamos ali.
  • Pouco tempo na festa

Finalizando

Afonso e Daniel

Dono do Bar, tamojunto 😉

Mas apesar de um pequeno mal entendido na entrada e o pouco tempo de festa, valeu a pena e o Dono do Bar já sabe: sempre que precisar é só chamar!

Aquele abraço!

Você também gostará desses

Bartender é a primeira mulher a ganhar um campeona... As mulheres estão dominando o mundo! E os bares também! Fala meus queridos PdBs! A vodca francesa Grey Goose, promove um concurso de bartenders no Bra...
Ketel One, uma vodka de respeito História da Ketel One, uma vodka holandesa que está entrando no Brasil abusando da sua principal característica, o artesanato. João Jardim e alguns co...
Revista Absolut Word: A Revista Sensorial da Vodka... A vodka Absolut lança uma coleção de revistas de arte chamada Absolut Word. O tema é sobre os quatro sentidos do corpo: audição, olfato, tato, paladar...
Evento de lançamento Stolichnaya Premium O Papo de Bar participou na última quinta-feira, dia 05 de maio, do lançamento da vodka Stolichnaya Premium, que anunciou sua embaixadora, Fernanda Ne...
O #LingerieDay na visão de um degustador de mulher... Um visão etílica de um apreciador de uma boa cerveja e uma boa mulher. Estou falando do #lingerieday, um dia memorável que rola no twitter com mulhere...
Absolut Masquerade. Nova embalagem em Edição Espec... Aproveitando o final de ano e a fama por fazer garrafas e campanhas super criativas, a Absolut lança a Masquerade, com uma garrafa única coberta por p...