Mondial de La Bière – Primeiro Dia

E aí, sagazes consumidores de álcool!? Essa semana o Rio de Janeiro está agitado com a primeira edição do Mondial de La Bière em terras tupiniquins. Mais certo do que o malte na cerveja, estivemos lá no primeiro dia do evento e gostaríamos de passar algumas impressões.

Organização

Mondial de La Bière

Evento mundial, pela primeira vez no Rio de Janeiro

Ponto forte no evento, desde o credenciamento até a entrada, tudo muito organizado, sinalizado e com pessoas bastante receptivas. Nas bilheterias, senti falte de mais número de atendentes, pois grandes filas foram formadas e levei bastante tempo para comprar os tickets.

A disposição dos stands, dos pontos de hidratação e a velocidade do pessoal da limpeza, foi um espetáculo à parte.

Segurança

Outro ponto forte foi a segurança, para todo o lugar que você olhava, tinha um profissional de segurança, supervisionando tudo. O fato do número de ingressos ter sido limitado, também ajudou bastante, contribuindo para o espaço não ficar absurdamente lotado.

A área externa ficou muito bem organizada com mesinhas e um bom espaçamento.

Local

Mondial de La Bière

Mais de 450 rótulos de cervejas do mundo todo.

A mudança de lugar em cima da hora, realmente me assustou, pois esperávamos o evento no porto maravilha, e por causa das obras da perimetral, isso não foi possível.

Mas a área total do novo local (terreirão do samba) foi muito bem diagramada, banheiros limpos, boa iluminação e boa sinalização, não deixaram a peteca cair!

Sorte, Surpresas e Simpatia

3 Coisas marcaram o Mondial de La Bière nesse primeiro dia:

A primeira delas, foi a simpatia do pessoal da cervejaria Insana. Donos de um bom humor invejável, saíram do stand e engataram em altos “Papos de Bar” com a nossa equipe. De clima à futebol, nos divertimos bastante. Aproveitamos para experimentar seu novo lançamento, uma American Pale Ale de primeira.

A segunda, fica com inovação da cervejaria Jeffrey com a refrescante Niña. Uma cerveja com toques de limão siciliano e coentro jogam o drinkability dessa witbier lá em cima.

A terceira, porém não menos emocionante, foi a saga da cervejaria Fraga, que já estava com tudo certo para o lançamento de sua novíssima blonde no evento, não fosse pelo MAPA (registro no ministério da agricultura, que aprova a comercialização das cervejas) que ainda não tinha saído. Mas, às 16:30 do dia do evento, o MAPA saiu, e pudemos conhecer a nova “filha” da cervejaria, uma blonde ale que surpreende logo de primeira com um pouco mais de lúpulo do que o normal da categoria. Realmente muito boa!

Finalizando

Mondial de La Bière

O papo tá bom, mas agora eu vou lá beber mais uma!

Digo e repito pessoal. Para quem puder, faça um esforço e visitem o Mondial de La Bière. São mais de 450 rótulos de cerveja e excelente gastronomia.

Um evento mundial, que merece toda atenção!

Você também gostará desses

Harmonizar cerveja artesanal com pastel Você por acaso já pensou em harmonizar cerveja artesanal com pastel? O Bar do Adão resolveu lançar essa ideia e oferece em seus bares essa harmonizaçã...
Dia da Cerveja Brasileira: Sim ele existe! Veja mais informações sobre como surgiu o dia da Cerveja. Tudo surgiu com uma homenagem ao nobre Rupprecht Loeffler, mestre cervejeiro que faria 92 an...
Heineken Future Bottle: Campanha para criação de u... A Heineken completará 140 anos em 2012 e já começaram sua festa. Lançaram uma campanha onde você pode criar a próxima garrafa da cerveja. Confira!...
Oktoberfest 2010, sobre a festa e como ir de graça... Um pouco sobre a maior festa cervejeira brasileira e como você faturar de graça uma ida com passagem, hospedagem e ingressos pra festa. Aproveite!
Vinho Verde Wine Fest Dias 26 e 27 de maio de 2017 rolará o primeiro Vinho Verde Wine Fest na cidade do Rio de Janeiro. Será no Iate Club e terá várias atrações interessant...
Como foi a Expovinhos Curitiba Veja o que rolou na edição de 2017 da Expovinhos em Curitiba. Muitos vinhos, espumantes, alguns petiscos, dentre outras coisas interessantes. Confira!...