Devaneios Etílicos: não gourmetizem nossas mulheres!

“”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (19 votes, average: 9.00 out of 10)
Loading...

A falta do que fazer é um item fundamental na vida de um homem, praticamente um artigo de luxo. O ócio criativo que nos abençoa sempre traz consigo algumas considerações bizarras sobre a vida. Naturalmente, essa viagem do baixo intelecto, quando produzida a partir de um cérebro que corresponda ao princípio extintivo de um ser humano XY, tende a acabar em… seres humanos XX.

Outro dia, ignorando parcialmente qualquer pudor advindo de um estado civil que nos incapacite um rodízio sexual intenso, topei na timeline de uma rede social com um post de uma amiga. Sabe… você, independente de estar solteiro ou casado, vendendo saúde ou em coma, sempre passa o olho e fala; – poooourra, fulana tá boa, hein. Ah, se eu pudesse. Deu uma melhorada bacana!

Mulher nua com uma taça de vinho

Ato contínuo, você não resiste, entra no perfil dela e vê que além de muito mais gostosa, ela vive solteira. Como assim? – você se pergunta – continuando a fuçar cada vez mais. De modo quase instantâneo, você vê que a conta não fecha. Ela era gata, gostosinha, curtia várias paradas maneiras, era interessante e tava em todas. Daquelas que espancavam na cerveja e depois fechavam a noitada num podrão contigo.

Suas respostas são respondidas rápido depois desse apanhado de coisas! Fuçando as fotos, você vê que não faltam selfies no espelho da academia, roupa embalada a vácuo multicolorida, polainas e hashtags saudáveis. #esmagaquecresce #resolvimudar #nopainnogain e tantas outras não faltam nas postagens. Tudo isso vem acompanhado de frases motivacionais tão profundas quanto os reservatórios hídricos de São Paulo. E você pensa…

– Ah, mas ela só tá malhando! Que mal há nisso?

Mais uma fuçada na timeline… outras fotos revelam fotos de comida, muitas fotos! Também recheadas de hashtags. As comidas não são as mesmas da noitada, não mesmo! E todas geralmente vem acompanhadas de suas respectivas receitas! Mais ou menos 95% dessas receitas, contam com a adição de scups de whey protein. Os podrões de outrora, os maravilhosos petiscos e tanta iguarias provenientes da baixa culinária da boemia carioca são esquecidos e, sempre que possível, condenados! Você ainda pondera…

Homens e mulheres se paquerando no bar

– Mas era legal ir pro boteco com ela!

Nessa hora, ela reduz tuas ilusões a pó com mais fotos… agora de eventos badalados. Roupas meticulosamente calculadas substituíram aquele sex appeal casual que ela sempre teve, tudo parece tão programado quanto uma série na academia. A cervejinha agora não pertence mais, dá barriga! Vodca com energético, ou algum destilado com suco.

Você finge que acha legal e pensa. Porra, mas beber num prejudica esse culto ao corpo? É, prejudica, mas se fosse eu, como eu iria conseguir aguentar ter trocado meu conteúdo por um upgrade de embalagem? Essa parece ser a resposta. Você fecha o perfil e reconhece que ela tá mais gostosa, mesmo lamentando sequer reconhecer a pessoa que você estimava.

Nessa hora, se comprometido, você valoriza aquela celulite da patroa; se procurando alguém interessante, você prefere aquela tal menina do samba na Pedra do Sal ou a garota do aplicativo, com tatuagens de vídeo game. E até solteiro e só querendo uma sacanagem, você pensa: – Será que vale o tanto de baboseira que vou ouvir? Como ela vai me olhar se eu pedir uma batata com calabresa?

Mulheres no bar

Ainda não entendi, pode até ser recalque do gordo, mas quem convenceu essas mulheres de que essa troca é válida? Entrar dentro dos padrões que alguém esquisito estipulou e abandonar uma essência tão bacana? Equilíbrio, galera! Era mais legal quando as mulheres achavam chocolate e não carnivor ou whey protein a melhor coisa do mundo. Ainda prefiro – e acho que sou parte de uma maioria – a imperfeição e a fartura de um corpo normal, com belo cérebro, ao desinteresse instantâneo que as covers da Gabriela Pugliesi me fazem sentir.

Que me perdoem as meninas da academia, mas presença no bar é fundamental. Pela beleza das mulheres ‘normais’!

Petisque: a porção mais gostosa do bar! Faça isso a dois! Com chopp OU BOA CERVEJA! E sem culpa!

Você também gostará desses

O #EstiloPdB O que você acha de aproveitar as boas coisas da vida e viver sempre de bem com tudo? A ideia é boa né!? Então aprenda um pouco mais sobre o #EstiloPdB...
Dia Internacional da Mulher – O dia delas Dia 08 de março, dia internacional da mulher, uma data a ser comemorada e brindada por tudo que elas têm conquistado e ainda vão conquistar. Parabéns!...
Vamos falar de mulher e cerveja? Vamos falar de comportamento, feminismo, machismo, mulher e cerveja? As mulheres ainda não recebem o respeito que merecem e vamos debater sobre esse p...
Antes as mulheres cozinhavam como as mães, hoje el... Nossos parabéns ao Dia Internacional da Mulher, essas que são a coisa mais importante do mundo, com a cerveja logo atrás na disputa. Veja nossa homena...
Peculiaridades de um bar – As amigas Não há nada mais bonito nesse mundo que mulheres. Principalmente se forem mulheres em um bar, conversando, brincando, sorrindo, bebendo uma cerveja, t...
O que NÃO falar no primeiro encontro? Você sabe como proceder num primeiro encontro? O que falar, como abordar? Veja algumas dicas do que não fazer na hora do primeiro encontro com aquela ...

Compartilhe:

  • Coolbastard

    Dá p fazer os 2. Academia e beber. Gente bitolada numa coisa só é ruim. Gente viciada em academia q não bebe e q qnd sai pede por whey no bar nao dá. Eu faço academia e bebo TODOS (eu disse tooooodos! Rsrs) os dias. A breja faz parte da minha dieta. Lógico q não dá p ficar enchendo a cara de batata frita com breja e nao querer ter barriga, então eu deixo de comer, mas NUNCA de beber!