O Canalha Inexperiente: Capítulo 6

No primeiro domingo após a minha traumática visita ao urologista, fui a piscina com meus amigos e resolvi questioná-los sobre as fontes de tantas informações que eles tinham sobre a minha vida. Após muito persistir, eu tive a resposta:

Como assim um blog?

Mulher mexendo no laptop

To postando que você é um bostinha

Créditos: Silvio Tanaka

  • – A Talita tem um blog que só fala de você.

Confesso que fiquei assustado. Minhas intimidades eram contadas aos quatro ventos. Desde as minhas manias, aos meus vícios, o tamanho do meu pau, até sobre um peido que eu dei enquanto trepava e tive coragem de botar a culpa nela.

Vamos conferir isso

Eu não demorei com meus amigos e fui ver o tal blog. Além de assustador, ali estava caracterizado que eu brincava com o perigo, pois a mulher era psicopata. Ela narrava sonhos eróticos, posições e se auto-proclamava uma expert em sexo.

É claro que a minha decisão foi de me afastar da maluca. Infelizmente, como uma boa psicótica, ela não deixou barato.

Psicótica macumbeira

Mulher com charuto fazendo cara feia

Saravá!

Créditos: Lucia Simoes

Após duas semanas sem responder suas ligações, e-mails e mensagens, Talita deixou na portaria do meu prédio um despacho de macumba. Rosas brancas, alfazema, alguns colares e uma carta se declarando e dizendo que se mataria caso me perdesse. Eu não era só o amor da vida dela, pelos presentes, Talita me via como Iemanjá.

Um detalhe da carta me deixou mais assustado ainda: Talita perdeu a virgindade comigo.

A FDP era virgem ainda por cima. Ou não…

Ora, todos nós sabemos que meninas virgens são como caviar: “nunca vi, nem comi, só ouço falar”. Por conta disso, não levei fé nas suas palavras.

Minha fama de garanhão foi acabando. Quando me afastei de Talita, ela passou a falar para todas as meninas que eu tinha inúmeras doenças venéreas. Fiquei com a fama de ter o leite estragado. Todas as meninas com quem eu saía se afastaram.

O pior ainda estava por vir

Mulher das cavernas

Talita passou a freqüentar os mesmos lugares que eu. Talvez, tentando me atingir, ela passou a ficar com os meus amigos. Não demorou muito, Talita era a psicótica que fazia a alegria da garotada. Mas só eu não curtia isso.

Num desses encontros “imprevisíveis”, eu me deparo com Talita na mesma boate que eu sempre ia. Bêbada e num estado deprimente, ela veio tentar me agarrar e conquistar com belas palavras:

  • – Me dá um beijo, seu merda!
  • – Não – eu respondi
  • – Não to pedindo. Tô mandando, porra!

Eu empurrei-a gentilmente e resolvi que não ficaria na boate. Entrei numa imensa fila de espera, mas seus ataques não terminaram por aí.

Macumbeira barraqueira, era só o que me faltava…

Mulher com charuto fazendo cara de que vai fazer merda

Você não sabe o que te espera

Créditos: Tha Munhoz

Talita, possivelmente tomada pelo Exú Caveira, começa a gritar para a boate que eu era viado e que dispensava mulher. Não demorou mais que alguns segundos para eu me tornar o centro das atenções. O circo estava formado, e a palhaça da Talita comandava o picadeiro. Por sorte, meus amigos seguraram a bêbada, o segurança da casa me deixou furar fila e eu pude sair.

Na porta da boate, uma gata, muito linda mesmo, daquelas que estampam fundo de tela de tarados, me solta uma pérola:

  • – Pena que todo homem bonitinho é viado.

Não podia ficar quieto.

  • – Mas eu não sou! Ela que é maluca!
  • – Aham, Cláudia, senta lá… – a gata me ironizou

Pronto, não bastava eu ter doenças venéreas, agora as mulheres não acreditavam na minha masculinidade.

Você também gostará desses

50 Tons de Tinder – Encontro 4 Armando conta sua jornada ao sair com a quarta menina do Tinder, um encontro pra lá de engraçado e com gostinho de quero mais.
Ô lá em casa Os problemas de se ter um relacionamento com uma mulher que não bebe. Você não pode ir num boteco, tem que dormir no sofá, entre outras patadas. Confi...
50 Tons de Tinder – Encontro 1 Armando conta como foi o seu primeiro encontro, sua primeira experiência trágica com uma mulher do Tinder. Confira!
A Triste História do Homem Bem Dotado: Capítulo 5... Quinto capítulo da nossa novela etílica. Armando começa a fazer fama depois da loira gostosa, participa de eventos, consegue bastante dinheiro. Mas po...
Eu Tenho Duas Namoradas: Capítulo 6 Sexto capítulo da novela etílica, Eu Tenho Duas Namoradas. Nem tudo são flores, principalmente quando as duas entram na TPM e começam a implicar com o...