O tipo de bêbado que você não precisa ser

“Baladas são legais para dançar, beber, ficar com os amigos, se divertir. Porém, existem homens que passam do limite da bebedeira e desrespeitam as mulheres. Não seja desse tipo.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (7 votes, average: 9.71 out of 10)
Loading...

Olá meus queridos amigos botequeiros. Depois de passar um final de semana osso, resolvi vir até a este maravilhoso canal etílico e falar sobre um assunto muito sério: comportamentos bêbados desprezíveis.

Falta de educação na balada

Bom, eu sou o tipo de criatura que prefere bar a balada. Depois que ~cresci~, ambientes muito cheios, com música muito alta, luzes te cegando e com raríssimos lugares para fixar a bundinha e ali ficar, não tem sido coisas muito atrativas pra mim e eu geralmente acho um saco. Porém, contudo e entretanto: eu amo dançar. E por esse mesmo motivo, às vezes eu abro mão do conforto em prol de alguma diversão de fazer as pernas doerem de tanto saracotiar. Até aí, justo.

Então, este final de semana resolvi ser cabeça aberta, deixar meu preconceito com certos ambientes em casa e fui parar numa balada sertaneja. E bom, posso dizer que tive uma das piores experiências baladísticas da vida – e longe por ser pelo estilo de música.

homem agarrando mulher

Pois bem, cheguei no lugar já de madrugada, e era visível o grau alcoólico de muitos rapazes, o que eu considero normal. O que não achei normal foi a insistência em forçar algumas situações. Dificilmente eu me sinto acuada pelos homens e costumo lidar muito bem quando quero cortar um cara. Mas nesse caso, eles eram bem insistentes. Então, vamos lá citar algumas das coisas que vão te fazer parecer um completo idiota, caso você tenha a brilhante ideia de assumir tal papel:

Não insista

A insistência, caras, ela é um saco. Uma coisa é você tentar chegar na menina, chamar pra dançar ou trocar uma ideia e ela dar alguma abertura pra uma aproximação. Outra coisa é ela dizer não, e você insistir, tentar de novo, ela continuar dizendo não e você continuar forçando a barra e pior: tentar tirar satisfação do por que ela não quer dançar contigo. Meu amigo, isso simplesmente não te interessa.

Não tente comprar as meninas com bebidas

Eu realmente não posso generalizar o comportamento feminino, mas falo pelo que eu vivencio ou pela experiência de amigas mais próximas: se estamos bebendo na balada, de boa e felizes, estamos fazendo isso porque gostamos, queremos e tempos dinheiro para pagar o que consumimos. Oferecer uma bebida é gentil e temos todo o direito de recusar ou aceitar, mas querer de todo jeito que a gente beba a sua cerveja/vodka/ou whisky porque você acha que vamos te dar bola porque você está pagando é absolutamente burro. A moça não aceitou, de novo: não insista.

Não estamos caçando

Esse não é o caso

Créditos: Cragin Spring

Meus amigos queridos, nós, mulheres muitas vezes saímos de casa apenas pela diversão viu. E se nos sentimos atraídas por alguém, pelo menos vamos estabelecer um contato visual com o moço. Mas não é porque estamos desacompanhadas, só entre meninas, que estamos loucas pra arrumar macho, as coisas não funcionam assim. Então vir com um papo tosco de “ai, mas você é tão bonita, por que não tem namorado?” é machista e imbecil. Você não é o salvador da pátria responsável por tentar “desencalhar” as moçoilas. Ficamos com alguém quando queremos, estamos a fim e ponto final.

Contato físico

passando mao bunda

É complicado falar do contato físico porque em lugares muito cheios ele acaba sendo inevitável e você sempre encostará nas pessoas. Porém, sabemos reconhecer MUITO BEM a sua mão ogra AFOFANDO nossa bunda, peito e deslizando pela cintura. CARA, NÃO, APENAS NÃO. Quem você pensa que é nesse planeta pra sair pegando em quem você não conhece? É nojento, é ofensivo, é repugnante e se você faz isso é um completo idiota! Deveria estar no zoológico, não na balada. Puxar pela mão, pegar no cabelo, puxar o braço também é escroto. Apenas não seja assim.

Brigas

Eu acho que eu nem precisava falar o quanto brigar na balada é absolutamente repulsivo, seja lá qual for o motivo. Você não será visto como mais macho, você não conquistará as mulheres, você não terá nada de positivo com isso. Só se passará por mais um babaca incurável. Realmente eu não consigo entender qual o motivo de fazer o circo e passar por palhaço em confusão, e meus amigos, eu fico completamente chocada quando vejo algo assim. Se eu pudesse pedir uma coisa de coração da Dona Cervejeira aqui, eu pediria: tente pensar com o seu cérebro, mesmo depois de algumas doses.

Finalizando

Queridos, vamos falar sério uma coisa aqui: todos nós gostamos de beber, dar risada e nos divertir. Quando reunimos com amigos, saímos para encher a cara, dançar, festar, contar lorota é para comemorarmos esse lindo momento de estarmos juntos. Mas é sempre bom lembrar que o álcool é um perigo para aqueles que não sabem usar e muitas tragédias acontecem por minutos bêbados de bobeira. E pior: tragédias não só com você, mas com pessoas que você gosta ou até aquelas que você nem conhece.

Sério mesmo que você quer ser a pessoa que vai estragar a noite de todos? Ou ferrar com a vida de alguém?

Nós gostamos dos bêbados legais, aquele que se divertem, dançam, brincam, são engraçados, contam histórias e não fazem mal a ninguém. Então, por favor, só peço uma coisa pra vocês: não sejam esses bêbados escrotos, obrigada!

Você também gostará desses

Cerveja: as mulheres também bebem Quem disse que beber cerveja é um esporte para homens? As mulheres também bebem e muito bem todos os tipos de cerveja e gostam.
Cafajeste: Toda mulher precisa de um Deveria ser uma regra do mundo feminino, toda mulher precisa sim de um cafajeste. Não de um, mas vários. O cafajeste te trata e te come bem. Isso faz ...
Esquenta, um jogo de bêbado Mais um joguinho divertido de bêbado, pra variar. Você é representado por um copo de uma bebida, preferencialmente tequila. Veja mais detalhes!
Manual do Bêbado Post de utilidade pública que você, leitor do Papo de Bar não pode deixar de ler. São regras muito úteis e divetidas!
Cerveja Kriek Boon: Um sabor feminino numa bebida ... Você acha que cerveja não é pra mulher assim como futebol não é? Então confira a Kriek Bonn, cerveja doce, bem nos moldes das mulheres.
Ouvir você é linda é bom… Pra uma mulher é sempre bom ouvir um você é linda, mas melhor que isso é saber que ela é importante, faz falta numa mesa de bar com seus amigos. Conco...

Compartilhe: