Pastel de cachaça, aprenda a fazer

Fala galera! Muito bom estar com vocês aqui toda quinta e ainda deixar sua vida com um gostinho de quero mais. Como de costume, sempre trago histórias do meu cotidiano com a #EquipePdB e essa começa com um pastel de cachaça.

A história do QG e pastel de cachaça

Porção de pastel de cachaça

Créditos: Bier Hoff

Quando o antigo QG (Quartel General) da #EquipePdB era na Glória. Todo domingo rola a famosa feira livre da Glória. A Equipe ia praticamente todos os domingos para a feira, mas claro, nem sempre pra comprar frutas e legumes, pois acordávamos meio ressaqueados/bêbados. Por isso, nossa primeira parada era na barraca do pastel com caldo de cana/garapa.

Quase a nossa igreja, íamos tomar um caldo de cana e comer vários pastéis para curar a ressaca. E era assim, quase sempre, os nossos domingos. E com esse saudosismo que começamos nossa receita hoje, que é uma variação do pastel tradicional, só que é um pastel de cachaça.

Ingredientes do pastel de cachaça

Porção de pastel de cachaça

Créditos: Ivam Grambek

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chá de óleo
  • 1 colher de sopa sal
  • 1 ovo
  • 1/2 dose de pinga
  • 1 colher de chá vinagre
  • 250 ml de água

Modo de preparo do pastel de cachaça

  1. Misture os ingredientes em uma tigela e amasse com as mãos
  2. Sove bem a massa sobre uma superfície lisa enfarinhada
  3. Utilize um rolo para esticar a massa e deixá-la na espessura desejada
  4. Corte a massa no tamanho que quiser fazer os pastéis
  5. Recheie e frite em óleo bem quente.

Você pode rechear com o que você quiser, fica a seu critério. Use muçarela, ou carne moída, ou frango com catupiry, mas eu recomendo rechear o pastel de cachaça com carne seca, fica bom pra “carai”.

E pra beber com o pastel de cachaça?

Pastel com caldo de cana

Créditos: Mariana Montenegro

Olha, serei sincero e pela primeira vez vou recomendar um caldo de cana junto com esse pastel, pois ele já leva cachaça na massa, então já está no ponto. E é bom porque já ajuda quase que instantaneamente a curar a ressaca 🙂

Finalizando

E sabe como acaba essa história que eu estou te contando hoje? Depois que acabávamos de comer e fazíamos nossas compras, passávamos na banca de peixe, aí sempre tinha alguém (eu) que falava que queria comer sardinha na brasa.

Por coincidência o dono do bar debaixo do QG não cobrava a gente pra fazer o peixe, apenas tínhamos a árdua tarefa de mandar algumas cervejas. Imagina como que acabava o domingo?

Isso mesmo amigo, até semana que vem. Fiquem bem que agora vou tomar mais uma..

Damásio traz mais uma ai!

Você também gostará desses

Croquete de carne do Alemão, cremoso Confira como preparar o clássico e delicioso Croquete de carne do Alemão. O petisco é bem gostoso e leva cerveja no seu preparo, o que o deixa mais go...
Frango KaO: o frango do KFC do The Butcher Veja como se prepara o famoso frango frito, e empanado, um sucesso de vendas do KFC. E nosso cozinheiro mostra como preparar, todos os ingredientes. A...
Um bolinho de bacalhau perfeito Veja a receita e como preparar um bolinho de bacalhau perfeito. Dicas para o bolinho não quebrar, ficar aberto, dessalgar o bacalhau e comer o bolinho...
Coca-Cola Frita Conheça uma grande novidade, a Fried Coke, que nada mais é que um petisco feita com coca-cola frita, creme de leite, canela e xarope sabor Coca. Confi...
Receita: Moela de Boteco Aprenda a preparar um digno prato de boteco, a nobre moela. Um prato simples, barato e muito saboroso. Essa nossa versão é preparada junto com uma cer...
Salada de Boteco O vencedor do Comida Di Buteco de 2016 foi uma salada, pasmém. Nós chamamos de Salada de Boteco, quase um insulto para os petiscos clássicos dos botec...