Pinga, cachaça, branquinha, marvada…

“Se você é chegado numa branquinha ou amarelinha, aprenda a degustar com categoria esse produto originalmente brasileiro, com classe e moderação!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (68 votes, average: 8.07 out of 10)
Loading...

Garrafas de Cachaça

São inúmeros os apelidos para esse produto originalmente brasileiro, que possui seu nome registrado como CACHAÇA DO BRASIL. Maior ainda é a quantidade de marcas e tipos de cachaça. Cada um escolhe a preferida, agradando o paladar e o bolso também.

Mas como degustar uma boa cachaça? Virando o copo na goela, e batendo forte na mesa? É pode ser, mas se você não tiver com pressa siga as dicas abaixo para escolher o produto que mais lhe agrada.

Visual

Criança olhando uma garrafa de cachaça

A escolha começa na preferência pela branquinha ou amarelinha.

Se a cachaça está turva, já deixe de lado, ela contém mais água do que necessário.

Chacoalhe o copo (levemente), a cachaça deve fazer uma marca “oleosa” por onde passar, e quanto maior a graduação alcoólica mais visível é esta marca. Se não marcar, também é sinal que tem muita água.

A cachaça tem um brilho que é resultado do filtro que foi usada no processo.

Olfativa

Senhor sentindo o cheiro da cachaça

Para comparar várias cachaças utilize sempre a mesma distância entre o nariz e o copo, para dar aquela padronizada.

Quanto maior for a boca do copo mais se perde do aroma, não esqueça isso. As taças que tem uma curvatura maior na base (barriga) e fecha na boca, são as melhores, para sentir o aroma.

Existem duas palavras para qualificar o aroma, franqueza (se ela queima) e limpeza (quando a sente mais suave). Esse aspecto vale somente o gosto pessoal.

Gustativa

Homem de terno degustando a cachaça

A cachaça tem gostos básicos presente no mesmo produto.

Para sentir o sabor doce, a experimente somente com a ponta da língua, o amargo no fundo da boca e acidez nos lados da língua.

A acidez, ao contrário do que muita gente pensa, não está ligada a quantidade de álcool, mas sim aos ingredientes presente no produto.

Analise as sensações bucais:

  • Pungência (Ardência) = Queima?
  • Adstringência = Amarra na boca?
  • Alcoólico = Sua boca seca? (em geral, a mucosa bucal seca quando existe muito álcool)
  • Equilíbrio = Isso tudo combina?

E por último:

Retro-Olfativa

Vários copos de cachaça

Desta vez você vai usar ao mesmo tempo a boca, o nariz e garganta.

Dê aquela golada na marvada, sem exagero e não engula, passe por toda sua boca, antes de engolir inspire pelo nariz, nesta hora muito cuidado para não engasgar principalmente depois de ter experimentado várias, solte o ar quando já tiver engolido tudo.

Vai perceber que fica o gosto em sua boca, analise a qualidade, os sabores e a persistência deste gosto, você deve decidir quanto tempo é bom para que o gosto permaneça.

Essa análise é informal somente para ajudar a conhecer a cachaça que mais lhe agrada. Até a próxima.

Você também gostará desses

Levou um pé na bunda? Beba até segunda! Tomou um pé na bunda? Terminou um relacionamento? Relaxa, você não é o único na lista. Divirta-se com estrofes sobre relacionamentos e bebidas.
Drinks com cachaça: Rouge e Sagatiba Espelho Alguns drinks feitos com cachaça, agora é a vez do Rouge e Sagatiba Espelho, drinks leves e suaves, com frutas refrescantes, bons para serem tomados n...
Cachaças: Um novo ranking pessoal sobre as melhore... Um especialista em cachaça mostra seu ranking pessoal com as 10 melhores cachaças nacionais da atualidade. Confira esta nova lista de deliciosas cacha...
Tiquira. Bebida pra macho Já ouviu falar na Tiquira? Uma bebida típica de Maranhão pouquíssima conhecida no Brasil. É uma aguardente forte e que possui suas lendas locais bem b...
Festas Juninas e suas bebidas típicas Saiba mais sobre as Festas Juninas e suas bebidas típicas. Elas possuem muitas comidas típicas, mas também possui ótimas bebidas etílicas típicas. Tan...
Cachaça Poesia: para beber. E apreciar. Quando poesia e álcool se juntam, podemos ter resultados incríveis. A cachaça Poesia é uma premiada cachaça brasileira que vem fazendo muito sucesso e...

Tags:

Compartilhe:

  • Sérgio Kolosz

    Parabéns!

    Simples e explicativo!

    Já deu até vontade de tomar uma!

  • Uma? Eu diria "umas" hehehe

  • se um dia quiser, faça um review de alguma e manda pra gente Samir 😉

  • Samir

    Sorte a minha de ter parentes em Salinas, quando vou lá sempre trago algumas garrafas das melhores cachaças do Brasil!

  • Samir

    Será uma honra escrever aqui, pode deixar, vou falar um pouco sobre as cachaças daqui de Minas

  • Pinganimim

    Muito obrigado.

    Vamo bebe gente!!!!

  • WilL

    cara …

    eu tomo cachaça e não sabia de tudo isso não….

    mais agora vo conferir uma por uma …

    vlw

  • faça isso will. e qualquer coisa envie pra gente 😉

  • a degustaçao é mto parecida com a do vinho!

    gostei do blog!

  • hum…Essa tá boa!!!!

    vamos beber a vontade.

    Se for dirijir naum beba,se beber me chame…

  • Budega Transcendenta

    Muito bom, ótimo mesmo.

    A B.T. utiliza o seguinte critério para melhor apreciar uma bom caninha: cachaça se aprecia com os cinco sentidos, quando você você estiver sentindo um frenesi, ou chegando perto do nirvana, pode abrir o sorriso, você esta transcendendo.

    Um brinde e um abraço.

  • vcs é demente de enventar pinga retardados filhos da mae

  • joaquim pereira

    A ritualistica para se apreciar uma boa pinga foi sabiamente aqui colocada, porem deixaria um comentario humoristico:
    Nao devemos cheirar a cachaca demais, pois provoca agua na boca e e a agua na boca mascara o verdadeiro sabor da cachaca.

  • Pinga cachaca branquinha marvada.. Keen 🙂

  • asdf

    tudo uns bando de cachaceiro kkkkkk

  • leandro

    já vou começar a degustar só pra saber se essa que eu tenho é boa

  • Nunca experimentei beber assim. Até deu vontade… kkk

    O blog está muito legal

  • Julio A. Leal

    Uma cachaça da boa tem seu valor. Gosto sobremaneira da mesma! Isto é coisa de brasileiro mesmo meu caro.

  • Lu

    Adorei a leitura…onde está esse postador? Não fez nada mais?