Cachaça Poesia: para beber. E apreciar.

Marca da Cachaça Poesia

Pra curar sua paixão, beba pinga com limão;
pra curar sua amargura, beba pinga sem mistura;
contra dor de cotovelo, beba cachaça com gelo; (…)
Autor desconhecido

Fala, sedento!

É neste clima de verso e prosa que eu venho falar para você da minha mais recente e agradável surpresa. Do jeitinho que eu gosto: bem leve, com aquele cheiro inconfundível de cana que acabaram de cortar, cristalina e que deixa um gosto muito bom no final. A cachaça Poesia é uma cachaça que logo de cara dá a sensação de estar bebendo um pouquinho de roça. Você fecha os olhos e até sente aquele clima gostoso.

Sensação de roça…

Copo da cachaça Poesia

A Poesia é uma maravilha de Munhoz, no sul de Minas (pertinho da minha terra natal) e é feita com muito capricho desde 2003 por Anselmo Bueno e sua família. Esse belíssimo destilado é feito de forma artesanal e o cuidado com a produção vai desde o plantio da cana, que não passa por queima, até a água utilizada no processo, que vem de uma fonte protegida pela mata atlântica.

É uma cachaça tão bem feita que você pode beber sem medo da ressaca – que foi o que eu fiz. O processo de destilação é muito cuidadoso e eu não percebi nenhum resíduo, não senti o gosto meio metalizado que muitas cachaças apresentam por aí. Ela também não tem gosto amadeirado por ser armazenada em jequitibá. Assim, eu pude sentir somente o sabor da cana e mais nada. Excelente.

Poesia na alma

Caixa com a cachaca Poesia

Convidei alguns amigos e apresentei a Poesia a eles. Depois de algumas doses, o consenso foi geral: é uma cachaça que tem poesia na aparência, no aroma e no sabor. Foi uma experiência inigualável de uma cachaça que realmente faz jus aos prêmios que recebeu. Eu gostei tanto que já garanti mais algumas garrafas para a minha coleção e tenho certeza que você vai querer fazer o mesmo assim que puder.

Mas não se esqueça: vai devagar na cana e nunca, jamais dirija depois de beber. Como diria um amigo da família do Anselmo: “Calma. Tem que ter poesia”. Não por acaso, é o slogan da cachaça.

Até a próxima!

Você também gostará desses

Cachaça João Andante Conheça a cachaça João Andante, do interior de Minas Gerais, como não poderia deixar de ser uai. Uma cachaça deliciosa e suave e com muita cultura na ...
Volúpia, você conhece essa cachaça? Conheça a Volúpia, uma cachaça artesanal de origem da Paraíba e que tem se renovado bastante no mercado e possui seu processo de fabricação artesanal....
Festas Juninas e suas bebidas típicas Saiba mais sobre as Festas Juninas e suas bebidas típicas. Elas possuem muitas comidas típicas, mas também possui ótimas bebidas etílicas típicas. Tan...
Tiquira. Bebida pra macho Já ouviu falar na Tiquira? Uma bebida típica de Maranhão pouquíssima conhecida no Brasil. É uma aguardente forte e que possui suas lendas locais bem b...
Mangue Seco promove mais uma edição do Clube Cario... O Mangue Seco vai promover mais uma edição do Clube Carioca da Cachaça na quarta-feira, dia 19 de outubro de 2016, com ingresso custando R$15
Jeremy veio, viu e bebeu! Neste post Jeremy Joseph conta ao PdB sua engraçada saga etílica em um churrasco onde ele apresenta a Cachaça Jacutinga.