Cachaça no príncipe maluco

Príncipe maluco

“Conheça o Príncipe Maluco, um drink que é uma mistura de vodka, conhaque, whisky, cachaça, guaraná em pó, canela em pau e em pó, cravos da índia e outras iguarias. Servido com uma rodela de limão besuntada no leite condensado e polvilhada numa mistura de canela e guaraná em pó.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (46 votes, average: 8.17 out of 10)
Loading...

Quer beber algo que vai te deixar elétrico por horas, algo que te deixe nos ares em poucos shots, uma porção que te faz aguentar qualquer rave e não é ilícita? Pois bem amigos, essa bebida é o Príncipe Maluco.

A sensação das festas na Bahia. Já faz alguns anos que a bebida surgiu em barraquinhas de ambulantes nas festas, e apesar de muitos dizerem que esse boom foi no verão, seu caro colunista é testemunha de que essa bebida veio mesmo foi nas festas juninas.

Mas o que é Príncipe maluco?

Muitos vão dizer que é a própria urina do capeta, outros que é o elixir do Deus Baco. Cientificamente eu posso dizer que é uma bomba, uma mistura de vodka, conhaque, whisky, cachaça, guaraná em pó, canela em pau e em pó, cravos da índia e mais outras iguarias que podem variar de bruxo pra bruxo. O elixir é servido num copinho de café acompanhando de uma rodela de limão besuntada no leite condensado e polvilhada numa mistura de canela e guaraná em pó.

Ninguém quer dar muitas informações sobre a bebida, medo da concorrência, talvez. Na internet pouco se encontra, porém, soube de fontes fiéis que a infusão descansa alguns dias até estar pronta, mas o que vale a pena mesmo é experimentar.

Minha experiência com o Príncipe maluco

Fui pra um show com uns amigos certa vez e viramos 5 shots de príncipe maluco. O negocio é frenético, assim que a bebida chega no estômago, até a pupila você sente dilatar, a sensação é doida mas você está enérgico e só quer curtir na paz. Curtimos a festa inteira e, acreditem, nem ressaca eu tive.

Limão e canela no príncipe maluco

Créditos: Emilia

Apesar de muitos dizerem que o gosto não é agradável, eu achei bastante ao contrário, pois o cravo e a canela trazem um gosto e aroma bastante encorpado, não se sente nada do álcool que a compõe, e talvez por isso as pessoas consigam tomar tantos shots. Porém, é preciso tomar cuidado segundo ordens médicas, como vocês podem presumir, a bebida é uma mistura de muitos destilados de alto teor alcoólico, o que revela o porquê de você ficar louco tão rápido.

Conheço uma garota que bebeu 30 doses de príncipe maluco, e até a Claudia Leite em cima do trio conseguiu ver ela lá embaixo. A garota não passou bem, o que remete aquela velha história. Reconheçam seus limites sempre, não tem porque fazer uma de macho e querer virar vários e depois ir direto pra um coma alcoólico. Mas se tiverem oportunidade mergulhem fundo nessa bebida, tem um gosto bastante particular e os efeitos são os melhores se consumida de forma responsável.

Mas me digam aí, o que vocês acharam ou o que aprontaram depois de conhecer o príncipe maluco?

Abração, até a próxima.

OBS: Bebida comercializada normalmente por R$1

Você também gostará desses

Bartenders que se cuidem! Robô consegue fazer 2 dr... Um cruzeiro luxuoso da Royal Caribbean, o Anthem of the Seas, tem uma novidade interessante, um robô Bartender que prepara 2 drinks por minuto. Confir...
Pálinka, a bebida oficial da Hungria Conheça a Pálinka, a bebida oficial da Hungria. Uma aguardente muito similar a outras que já conhecemos por aqui, como o Conhaque, Grappa ou a nossa p...
Lei Seca norte americana Você conhece a lei seca norte americana? Não é como a nossa atual lei seca, foi uma lei bem mais severa e impactante no mercado como um todo nos EUA....
Drinks moleculares Uma novidade no mundo das bebidas, os drinks sólidos, drinks moleculares, ou como preferirem, Mixologia Molecular.
ABV – Alcohol by volume – O que é isso... Esse artigo esclarece de uma vez por todas como é feita a medição de álcool em bebidas alcoólicas. Quais são as fórmulas matemáticas usadas para chega...
Algoritmo permite identificar bêbados em multidões... E se existisse uma tecnologia capaz de identificar bêbados em multidões!? Mais fácil controlar baderneiros? Seria invasão de privacidade? Venha debate...

Compartilhe:

  • Saulo Bratfisch

    E a receita!? Fiquei curioso!! hehehehehe

  • katrashy

    Isso tem a mto tempo aqui no Rio de Janeiro, principalmente nas festas juninase o pessoal chama de “Capetão”.