Receitas: Brasato Piemonte

Salve salve amigos e companheiros de mesa de bar. Hoje eu estou inspirada, diria que até iluminada pela aula de cortes de carnes que tive essa semana. Um daqueles momentos em que você agradece ao Papai do Céu por te colocar numa escola onde te ensinam a cozinha praticamente o boi inteiro. Essa foi a sensação da semana que me inspirou nesse prato altamente carnívoro, o Brasato Piemonte.

Daí o mais bacana de tudo. Você vai procurar essa receita em livros ou até mesmo na internet e não vai achar. Sabe por quê? Porque, modéstia à parte, euzinha desenvolvi aqui em casa juntando os conhecimentos aprendidos na escola e a sagacidade brazuca de sempre fazer mais por menos. E por que digo isso? Porque esse prato foi feito com um corte dianteiro do boi, a famosa e desprestigiada carne de segunda, que de segunda categoria não tem nada, na minha humilde opinião.

Uns chamam de raquete, outros de sete da paleta, mas tanto faz como você vai chamá-lo, a verdade é que esse pedaço de carne que fica na parte interna superior da paleta é o super trunfo do dianteiro, que quando bem cortado pelo açougueiro pode passar tranquilamente por medalhão de filé mignon. Reza a lenda italiana que a melhor forma de aproveitá-lo é cozinhá-lo lentamente com um belo vinho.

Ingredientes do Brasato Piemonte

Brasato Piemonte

  • 1 Kg de raquete cortada (não é a de tênis e nem a de ping-pong, ok?) no estilo medalhão
  • Sal grosso, pimenta verde e alecrim a gosto
  • 500 ml de vinho tinto
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • Azeite

Modo de fazer o Brasato Piemonte

  1. Tudo começa com uma bela marinada, de preferencia de um dia para o outro, com todos os ingredientes. Basta colocar a carne e deixar o tempero fazer todo o trabalho;
  2. Aqueça um frigideira e só após ela estar bem quente, adicione o azeite;
  3. Retire a carne da marinada e reserve o caldo, pois vamos usar já;
  4. Sele a carne por mais ou menos 5 minutos de cada lado;
  5. Adicione todo o liquido da marinada, incluindo a cebola, o alho e os temperos e deixe cozinhar por uns 15/20 minutos, sem virar a carne;
  6. A este ponto, o liquido foi reduzido e está pronto para virar um molho mais encorpado. Para isso, basta usar um mixer para triturar a cebola e o alho. Vale a pena triturar também a pimenta verde, mas deixe alguns grãos intactos além do alecrim e louro;
  7. Coloque os pedaços de carne num prato e cubra com o molho e sirva-se à vontade!!!

Finalizando

Pois é amiguinhos, o #EstiloPdB também se preocupa com o seu bolso. Esse corte além de fazer uma baita presença, por se parecer muito com o famoso filé mignon, tem quase 50% do custo do primo rico. É a sua chance de convidar aquela cocota para um jantar romântico e ainda posar de galã 😀

Você também gostará desses

Alcatra na Cerveja Veja os ingredientes, a receita e como preparar um delicioso prato etílico, a Alcatra na Cerveja, um prato fácil e barato de se fazer. Confira a recei...
Como preparar Feijão Amigo Aprenda como fazer um dos petiscos mais pedidos nos botecos, o Feijão amigo. Fácil e rápido de fazer, poucos e deliciosos ingredientes. Confira agora ...
Cebola do Outback com molho de whisky Aprenda a fazer a famosa e deliciosa cebola do Outback, um petisco famoso e apimentado que dá um certo trabalho de fazer, mas que o resultado final va...
Como fazer o Currywurst Aprenda a preparar o prato mais típico da Alemanha, o Currywurst, uma salsicha deliciosa e fatiada preparar na frigideira e que acompanha bem com bata...
Sardinha Frita Veja a receita de como preparar um petisco bem conhecido e adorado por todos que frequentam botecos: a sardinha frita. Com um modo de preparo completa...
Fudge de Jack Daniel’s Conheça o Fudge de Jack Daniel's, um doce feito de açúcar, leite e manteiga, a que se adiciona sabor, que pode ser uma bebida, chocolate ou frutas sec...